Publicidade

FALSO: Site não noticiou repreensão de Alexandre de Moraes a ACM Neto

Metrópoles classifica ação como "criminosa"; Neto foi a Brasília para audiência com presidente do TSE

FALSO: Site não noticiou repreensão de Alexandre de Moraes a ACM Neto
Montagem aponta que Moraes repreendeu ACM Neto por ter se autodeclarado pardo | Foto: reprodução / WhatsApp
Publicidade

FALSO | É falsa a reprodução de uma reportagem do portal Metrópoles (DF), que circula em grupos de WhatsApp, noticiando que o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, teria repreendido o candidato a governador da Bahia pelo União Brasil, ACM Neto, por ter se autodeclarado pardo no registro de candidatura junto à Justiça Eleitoral.


O QUE FOI INVESTIGADO?: A mensagem circula em grupos de WhatsApp e foi compartilhada no Instagram pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB), que, posteriormente, apagou a publicação. O conteúdo falso aponta que o candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto (União), teria sido repreendido pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes. 

No print, consta que a suposta matéria foi assinada pela repórter Manoela Alcântara, o que não aconteceu. No subtítulo, está escrito que Moraes teria dito a seguinte frase: "você devia ter vergonha de se declarar pardo para conseguir mais verba do fundo eleitoral".

Também no conteúdo falso, o primeiro parágrafo da reportagem que não foi veiculada narra o seguinte:

"O ex-prefeito de Salvador recorreu ao atual presidente do TSE, Alexandre de Moraes, para chamar atenção em relação às recentes punições sofridas na Justiça Eleitoral da Bahia, porém levou uma invertida do magistrado que citou sua autodeclaração como pardo de incoerente, sugerindo um possível crime eleitoral".

Onde foi publicado: WhatsApp e Instagram.

Alcance da publicação: Publicação com vários compartilhamentos no aplicativo de mensagens WhatsApp é sinalizada como "encaminhada com frequência", apontando que a mensagem foi espalhada para outros usuários. Além disso, não é possível analisar o alcance de envio, porque o aplicativo é um sistema criptografado, não sendo possível o acesso aos dados.
 

Saiba mais:


CONCLUSÃO DA VERIFICAÇÃO:

É falsa a mensagem compartilhada no aplicativo de mensagens WhatsApp que afirma que o candidato a governador da Bahia, ACM Neto (União), foi repreendido pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, por ter se autodeclarado pardo no registro de candidatura junto à Justiça Eleitoral.

Para o SBT News de Fato, falso é o conteúdo ou informação inventada, que foi alterada, sofreu edições para mudar seu significado original e divulgado para espalhar uma falsidade ou mentira.

COMO VERIFICAMOS?

A reportagem do SBT News de Fato consultou o portal Metrópoles, plataforma vítima do conteúdo falso, que assegurou não ter publicado o referido conteúdo. 

"O texto intitulado "Em encontro tenso, ACM Neto foi repreendido por Alexandre de Moraes" nunca foi publicado pelo Metrópoles. A grosseira montagem feita com a marca da empresa e a assinatura da repórter responsável pela cobertura de Judiciário do veículo foi inventada, escrita e divulgada por desconhecidos, de maneira irresponsável e criminosa. O Metrópoles repudia o uso de sua credibilidade por quem tenta usar a marca para disseminar fake news", pontuou o site.

Afinal, o que aconteceu?

Na última 3ªfeira (20.set), houve uma audiência entre ACM Neto, aliados e Alexandre de Moraes, em Brasília. O candidato reclama de decisões do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) contra seu grupo político. O conteúdo do encontro, no entanto, não foi divulgado à imprensa.


Por que investigamos

SBT News De Fato investiga conteúdos suspeitos que viralizaram nas redes sociais sobre as eleições de 2022. Conteúdos falsos ou enganosos que envolvem candidatos, ou o processo eleitoral, podem influenciar na compreensão da realidade e na imagem construída pelos eleitores sobre o político ou as eleições. A escolha sobre o candidato deve ser tomada com base em informações verdadeiras e confiáveis.


SBT News De Fato

SBT News De Fato o serviço de checagens, verificação de fatos e educação midiática do SBT. O objetivo é ser um núcleo de orientação e de informações ao público em relação ao conteúdo espalhado e distribuído na internet e pelas redes sociais. Nesta primeira fase, o grupo vai atuar no combate a desinformação durante o período das eleições gerais deste ano.  A escolha sobre o candidato deve ser tomada com base em informações verdadeiras e confiáveis. Por isso, o SBT News De Fato conta com uma equipe de jornalistas profissionais do SBT, regionais e afiliadas. São eles: SBT SPSBT RioSBT ParáSBT RSSBT DF, TV Aratu (BA), SBT MT (MT), TV Tambaú (PB), TV Jornal (PE), Jornal do Commercio (PE), TV Allamanda (RO), TV Norte (AM, AC e RR), TV Cidade Verde (PI) e TV Ponta Verde (AL). Clique aqui e saiba mais


>> João Brandão e Matheus Caldas são repórteres do Aratu On, portal da TV Aratu.
>> TV Aratu, afiliada SBT na Bahia, é integrante do SBT News de Fato. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalsbtnews
sbtnews
acm neto
alexandre de moraes
acm neto negro
eleições na bahia
portalnews
aratuon
tvaratu
acm
neto
alexandre
moraes
de-fato
defato
eleicoes
stf

Últimas notícias

Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

O ministro confirmou o direito à saída temporária de um preso de Minas Gerais que havia perdido o benefício após as mudanças feitas pelo Congresso
Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Diversos objetos, que haviam sido levados de comércios no município Eldorado do Sul, foram recuperados
Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Segundo ministra da Saúde e médico da Marinha, proximidade das pessoas em abrigo favorece casos de “doenças oportunistas”
Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Mais de 300 indústrias tiveram o fornecimento cortado; prioridade é atender casas, hospitais e o comércio
Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Governo israelense alega que esse é o prazo mínimo para aprofundar as "conquistas" e destruir a capacidade militar do Hamas
Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Temperaturas mais baixas do que o habitual já haviam aumentado a demanda, sobrecarregando o sistema no país
TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

Além de inelegibilidade, ele foi condenado a 13 anos e 9 meses de prisão
Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Carismático, divertido, com a arte de fazer graça nas veias, Joaquim marcou o público através de sua trajetória em programas humorísticos do SBT
Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

O presidente do CNJ discorda do corregedor nacional de justiça, Luis Felipe Salomão, que chegou a determinar o afastamento cautelar dos envolvidos
Poder Expresso: militares relatam drama de doenças associadas às chuvas no RS

Poder Expresso: militares relatam drama de doenças associadas às chuvas no RS

Ministério da Saúde (MS) se prepara para aumento significativo nos casos de leptospirose no Rio Grande do Sul
Publicidade
Publicidade