Publicidade

CPMI pede responsabilização de ex-ministro da Defesa e de dois ex-comandantes das Forças Armadas

Paulo Sérgio Nogueira, Garnier Santos e Marcos Freire Gomes aparecem em relatório da comissão com pedidos de responsabilização

CPMI pede responsabilização de ex-ministro da Defesa e de dois ex-comandantes das Forças Armadas
CPMI pede responsabilização de ex-ministro da Defesa e de dois ex-comandantes das Forças Armadas ()
Publicidade

O general Paulo Sérgio Nogueira, ex-ministro da Defesa de Jair Bolsonaro (PL), e os dois ex-comandantes da Marinha e do Exército na gestão do ex-presidente estão na lista com pedidos de responsabilização feitos pela senadora Eliziane Gama (PSD-MA) no relatório final da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro. Ao todo, o documento sugere indiciamento de oito generais e do almirante Almir Garnier Santos.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Nogueira, que antes de ser ministro também comandou o Exército na gestão Bolsonaro, é acusado de associação criminosa, abolição violenta do Estado democrático de direito e golpe de Estado.

Ele era um dos ministros com quem Bolsonaro mais se encontrou depois do resultado das urnas em 30 de outubro do ano passado. A pedido do ex-presidente, o então ministro da Defesa teria articulado a realização de várias reuniões com os comandantes das Forças Armadas no mês de novembro. Em acordo de delação firmado entre o tenente-coronel Mauro Cid e a PF, o ex-braço direito de Bolsonaro confirmou aos agentes da PF a realização de reuniões no Palácio da Alvorada para discutir um plano de golpe.

Os dois ex-comandantes da Marinha e do Exército aparecem na lista com recomendações para responsabilização por motivos diferentes. A acusação mais grave foi feita contra o almirante Almir Garnier Santos, que teria sido o único nas reuniões com Bolsonaro a demonstrar disposição em participar de uma ruptura institucional.

Por isso, a CPMI pede o indiciamento por associação criminosa, abolição do estado democrático de direito e golpe de Estado. Já a acusação contra o general Marcos Freire Gomes, ex-comandante do Exército, foi feita por prevaricação.

O relatório da CPMI sustenta que o militar morava a poucos metros da Praça dos Cristais, onde foi montado o acampamento golpista. Segundo o documento elaborado por Eliziane Gama, o militar deixou de praticar ato de ofício para satisfazer interesse ou sentimento pessoal por simpatia em relação aos manifestantes que estavam cometendo crimes militares. 

Da cúpula militar no fim da gestão Bolsonaro, o único que se livrou das acusações foi o brigadeiro Baptista Júnior, que era o comandante da Aeronáutica. Quando assumiu o cargo em 2021, foi considerado o mais próximo e o maior defensor das bandeiras do ex-presidente. Apesar desse rótulo, o ex-comandante da aeronáutica pós-eleição evitou as manifestações públicas sobre o resultado das urnas e os acampamentos em frente às unidades militares.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
noticias
cpmi do 8/1
8 de janeiro
atos golpistas
congresso
política

Últimas notícias

Balões com lixo enviados pela Coreia do Norte caem em complexo presidencial da Coreia do Sul

Balões com lixo enviados pela Coreia do Norte caem em complexo presidencial da Coreia do Sul

Autoridades descartaram risco de contaminação por itens; provocação aumenta tensão entre países
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 5

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 5

Recurso pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Bombeiros combatem seis focos de incêndios florestais no Pantanal (MS)

Bombeiros combatem seis focos de incêndios florestais no Pantanal (MS)

Fogo se intensificou no fim de semana por conta das condições climática
"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

Maduro também perguntou ao público: "Vocês querem que chegue ao poder um Milei? Que chegue um Bolsonaro?"
Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Cinco pessoas acertaram a quina e levaram R$ 51.676,02 cada
Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Presidente francês disse que só tomará decisão após Jogos Olímpicos
"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

Com uma história repleta de mistérios, confusões, diversão, amor e fé, a trama promete conquistar toda a família brasileira
Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Formação da comunidade foi acordada nesta terça-feira (23), na China
Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Estudo publicado na revista Nature Geoscience mostra que há indícios de produção do gás mesmo sem fotossíntese
Eduardo Campos vai receber título de cidadão paulistano 10 anos após a morte

Eduardo Campos vai receber título de cidadão paulistano 10 anos após a morte

Prefeito de Recife, João Campos representará o pai na cerimônia
Publicidade
Publicidade