Publicidade

Senadores fazem um minuto de silêncio pela morte de Rita Lee

Cantora e compositora faleceu aos 75 anos, em São Paulo

Senadores fazem um minuto de silêncio pela morte de Rita Lee
Participantes de comissão fazem minuto de silêncio (Reprodução/TV Senado)
Publicidade

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, e o senadores e demais pessoas que participam da audiência pública na qual Dino presta informações sobre os planos e a agenda estratégica da pasta, na Comissão de Segurança Pública, nesta 3ª feira (9.mai), fizeram um minuto de silêncio em respeito à morte de Rita Lee.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A informação sobre a morte da rainha do rock brasileiro foi comunicada aos demais senadores por Randolfe Rodrigues (Rede-AP). "Acaba de falecer Rita Lee, rainha do rock brasileiro. Eu acho que merece de todos nós todas as homenagens. É uma das maiores personalidades do nosso país, personalidade da música brasileira. Poderia dizer fundadora do rock nacional", afirmou o líder da oposição no Congresso.

A cantora e compositora morreu, aos 75 anos, em São Paulo. A artista lutava contra um câncer de pulmão, diagnosticado em 2021. É considera uma das mulheres mais influentes do país.

Veja também:

CONFIRA A COBERTURA DA MORTE DA 'RAINHA DO ROCK', RITA LEE

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
congresso
brasil
cultura
música
morte
cantora
compositora
rita lee
minuto de silêncio
senadores
flávio dino
comissão
guilherme-resck

Últimas notícias

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Propostas de reajuste para as duas categorias foram aprovadas por 89 votos a 15
Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Ensaio clínico apontou que uma injeção semestral de lenacapavir deu proteção total contra o vírus
Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

O ministro da Saúde saudita, Fahd bin Abdurrahman Al-Jalajel, disse que 83% das mortes são de peregrinos não autorizados
CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

Luis Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, abriu processo disciplinar contra desembargador Ivo de Almeida, afastado pelo STJ
“Achei que ela estava morta”, diz mãe após filha ser atacada por XL American Bully, no Reino Unido

“Achei que ela estava morta”, diz mãe após filha ser atacada por XL American Bully, no Reino Unido

A garota teve ferimentos em todo o corpo e espera por terapia há mais de um ano
Manifestantes voltam às ruas neste domingo contra projeto que equipara aborto a homicídio

Manifestantes voltam às ruas neste domingo contra projeto que equipara aborto a homicídio

Além de pressionar pelo arquivamento do projeto, os protestos criticaram o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL)
Publicidade
Publicidade