Publicidade

Homem é executado com mais de 50 tiros ao sair de festa na zona oeste do Rio

Vítima seria membro de uma milícia que disputa o comando da região

Homem é executado com mais de 50 tiros ao sair de festa na zona oeste do Rio
Publicidade

Um homem foi executado a tiros no bairro Magali, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, no último domingo (20.fev). Identificado como Edivaldo Barbosa da Costa Neto, de 41 anos, a vítima seria responsável pelas vans irregulares na região e faria parte de uma milícia.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A Polícia Civil acredita que a execução possa estar relacionada a uma guerra entre integrantes da milícia de Danilo Dias Lima, o Tandera - da qual a vítima faria parte - e a milícia comandada por Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho. Ambos querem o controle do território na zona oeste, depois da morte de Wellington da Silva Braga, o Ecko, que era irmão de Zinho.

Imagens de câmera de segurança registraram o assassinato. Pelo menos quatro homens  aparecem efetuando inúmeros disparos contra a vítima, que está caída no chão. O crime aconteceu na Rua Antônio Dias, Edivaldo seria ex-presidiário, morador do Vila Nova. Ele estava em uma BMW blindada, mas teria saído para pegar o carregador do celular em um salão de festas, quando foi alvo dos criminosos.

A Delegacia de Homicídios da Capital, informou que a perícia foi realizada e que a investigação está em andamento para identificar a autoria e a motivação do crime.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
sbt-noticias
ecko
zinho
tandera
milícia
crime
execução
morte
rio de janeiro

Últimas notícias

Número de furtos aumenta mais de 20% no estado de São Paulo

Número de furtos aumenta mais de 20% no estado de São Paulo

Em 2023, foram registrados106 mil crimes do tipo a mais do que em 2021
Phoenix FIP vence leilão bilionário do Governo de SP para privatização da Emae

Phoenix FIP vence leilão bilionário do Governo de SP para privatização da Emae

Com proposta de R$ 1,04 bilhão, grupo assume controle acionário da Empresa Metropolitana de Águas e Energia
Sete em cada dez brasileiros acreditam que povos indígenas precisam de mais proteção, diz pesquisa

Sete em cada dez brasileiros acreditam que povos indígenas precisam de mais proteção, diz pesquisa

Grande parte dos brasileiros acredita que os povos originários foram e são pouco protegidos
Após reunião com Lula, líder do governo diz que projeto que dá aumento a juízes pode “quebrar o país”

Após reunião com Lula, líder do governo diz que projeto que dá aumento a juízes pode “quebrar o país”

Encontro ocorreu após convocação de emergência de líderes e ministros para tratar de pautas-bomba e arrefecer rusgas com a Câmara
Defensoria Pública da União exige indenização de R$ 1 bilhão do X (antigo Twitter)

Defensoria Pública da União exige indenização de R$ 1 bilhão do X (antigo Twitter)

Ação civil apresentada à Justiça Federal atribui à empresa de Elon Musk facilitação do "ódio político e racial"
Extrema pobreza atinge menor nível histórico em 2023, estima FGV

Extrema pobreza atinge menor nível histórico em 2023, estima FGV

Cálculo é do economista Marcelo Neri, diretor da FGV Social, a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PnadC), do IBGE
Mulher é arremessada de carro durante assalto na Zona Sul de Natal

Mulher é arremessada de carro durante assalto na Zona Sul de Natal

Assim que a vítima entrou no carro, assaltantes agiram com violência, puxando a vítima para fora do veículo
“Proibição não impede consumo”, diz associação da indústria sobre decisão da Anvisa

“Proibição não impede consumo”, diz associação da indústria sobre decisão da Anvisa

Associação Brasileira da Indústria do Fumo critica decisão que mantém proibição para fabricação, comercialização e transporte de cigarros eletrônicos
Santa Catarina terá chuva de meteoros neste final de semana

Santa Catarina terá chuva de meteoros neste final de semana

Fenômeno poderá ser visto a olho nu; melhor data para observação será na noite do dia 22 para 23 de abril
'Entrei em estado de choque', diz vítima que foi abusada e torturada por mais de 20 horas no Rio

'Entrei em estado de choque', diz vítima que foi abusada e torturada por mais de 20 horas no Rio

Imagens mostram vítima correndo após conseguir deixar o prédio; veja momento da prisão de acusado
Publicidade
Publicidade