Publicidade

Violência contra idosos: quase 500 por dia são vítimas de abusos no Brasil

Este sábado (15) marca o dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa

Violência contra idosos: quase 500 por dia são vítimas de abusos no Brasil
Idoso, com cabelos grisalhos, cobre o rosto com a mão | Eduardo Bovo/EBC|
Publicidade

Uma idosa morreu após ser deixada para passar fome, abandonada, vítima de condições precárias e desumanas impostas pelo próprio filho, em São Paulo. A sentença de quatro anos e 8 meses foi mantida pelo Tribunal de Justiça, segundo comunicado divulgado neste sábado (15).

“Ficou evidente que o filho da vítima deixava-a sozinha, em situação de perigo, não deixava os profissionais de saúde terem acesso à vítima, impedindo que ela continuasse os tratamentos necessários. Além disso, não a levava para consultas para realização de exames pré-operatórios e impedia a cuidadora de fornecer informações sobre a situação da vítima. Impossibilitava, inclusive, sua irmã de comparecer ao local para prestar auxílio à mãe, que estava muito debilitada. Ele ainda, deixou de fornecer alimentação, mantendo a vítima em condições precárias e desumanas, em local sujo e sem cuidados básicos de higiene. Agravando seu quadro de saúde e resultando em sua morte.”, afirmou o juiz Fabiano da Silva Moreno.
Idoso caminha em corredor escuro | Tomaz Silva/Agência Brasil
Idoso caminha em corredor escuro | Tomaz Silva/Agência Brasil

Justamente neste sábado se marca o dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. O abuso sofrido pela senhora vítima do próprio filho não se trata de um caso isolado no Brasil, e sim um problema social que tem crescido.

Nos cinco primeiros meses deste ano, o país registrou 74.239 denúncias de violências contra a pessoa idosa, um aumento de 38%, comparado ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos.

Em média, quase 500 idosos por dia estariam passando por um cenário de desrespeito aos direitos humanos. Dessas denúncias, 64.868 (87%) são de casos em que vítimas com idade avançada passaram por uma situação de abandono, agressão, maus-tratos e/ou até mesmo tortura.

Veja as denúncias por estado:

Canais de denúncia

Caso um idoso seja vítima de violência, ele próprio ou uma pessoa que tiver conhecimento do crime pode telefonar para o disque 100. Não é necessário se identificar.

O serviço de atendimento — coordenado pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos — é gratuito, sigiloso e opera 24 horas por dia, todos os dias da semana, inclusive nos fins de semana e feriados.

Também é possível registrar a denúncia no site da Ouvidoria, aplicativo para smartphones Direitos Humanos, aplicativo Telegram (basta digitar na busca “Direitoshumanosbrasil”) e WhatsApp no número (61) 99611-0100.

O canal também possui atendimento em Língua Brasileira de Sinais (Libras). As denúncias após registro são encaminhadas aos órgãos competentes para apuração.

Os cidadãos podem buscar ajuda, orientação e denunciar em outros locais, a exemplo das unidades básicas de saúde (UBS) e delegacias de polícia.

Para situações de risco iminente de violência, ligue para o telefone 190 da Polícia Militar do seu estado

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Idoso
Violência
Vítima
Brasil
Crime
Justiça

Últimas notícias

Goleira do Brasil no handebol ganha mais de 80 mil seguidores após estreia nas Olimpíadas

Goleira do Brasil no handebol ganha mais de 80 mil seguidores após estreia nas Olimpíadas

Gabi Moreschi foi o grande destaque da seleção brasileira na vitória conta a Espanha
Poder Expresso: tensão entre Lula e Maduro leva aliados a temer escalada de declarações

Poder Expresso: tensão entre Lula e Maduro leva aliados a temer escalada de declarações

Esta edição também repercute a entrevista exclusiva da ministra da Mulher, Cida Gonçalves, ao Perspectivas
IPCA-15: preços aumentam 0,30% julho, mas alimentos seguram alta; veja os itens que ficaram mais baratos

IPCA-15: preços aumentam 0,30% julho, mas alimentos seguram alta; veja os itens que ficaram mais baratos

Alta foi impulsionada pelos setores de Transporte (+1,12), Habitação (+0,49%) e Saúde e Cuidados Pessoais (+0,33%)
Pessoas estão usando o ChatGPT para regular o sono: prática é confiável? Entenda

Pessoas estão usando o ChatGPT para regular o sono: prática é confiável? Entenda

Segundo postagens, ferramenta indica quantidade ideal de ciclos do sono por noite; veja como dormir bem
Brasil bate Nigéria em estreia tímida nas Olimpíadas de Paris

Brasil bate Nigéria em estreia tímida nas Olimpíadas de Paris

Com gol decisivo de Gabi Nunes e assistência de Marta, Seleção supera primeiro desafio por placar mínimo de 1 a 0 no futebol feminino
Alckmin diz que reforma tributária estimula investimentos e exportação

Alckmin diz que reforma tributária estimula investimentos e exportação

Vice-presidente da República discursou na abertura do Fórum de Comércio e Inovação Coreia-ALC, no Rio de Janeiro
PF apreende R$ 15 mil em dinheiro falso e faz buscas contra suspeito de envolver menor de idade em esquema

PF apreende R$ 15 mil em dinheiro falso e faz buscas contra suspeito de envolver menor de idade em esquema

Mandado de busca e apreensão foi realizado em Cariacica, Espírito Santo, e faz parte da fase ostensiva da Operação Mico Leão
PF intima líder do MBL a depor em inquérito que apura suposta difamação contra Lula

PF intima líder do MBL a depor em inquérito que apura suposta difamação contra Lula

Renan Santos deve ser ouvido em setembro; movimento contesta acusações
Polícia pede prisão preventiva de suspeitos de matar motorista de aplicativo

Polícia pede prisão preventiva de suspeitos de matar motorista de aplicativo

Felipe Gambeta Malheiro e Gustavo Moreira Cardozo são acusados de provocar acidente que resultou na morte de Ednaldo de Souza Mendes, no dia 13 de julho
Brian Rodríguez: atacante uruguaio cobiçado pelo Corinthians é investigado por estupro

Brian Rodríguez: atacante uruguaio cobiçado pelo Corinthians é investigado por estupro

Caso teria ocorrido em maio, no México. Time paulista está disposto a pagar 5 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do atleta
Publicidade
Publicidade