Publicidade

Sisu 2024: inscrições abrem na segunda (22); saiba como usar sua nota

A edição deste ano vai oferecer 264.360 vagas, distribuídas entre 127 instituições de ensino superior do país. Confira

Sisu 2024: inscrições abrem na segunda (22); saiba como usar sua nota
sisu 2024
Publicidade

Começa na segunda-feira (22) as inscrições para o primeiro semestre de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona os estudantes para vagas em instituições públicas de Ensino Superior. Os interessados têm até o dia 25 de janeiro para se inscrever no portal Acesso Único, do Ministério da Educação.

+ Enem 2023: notas já estão disponíveis, veja como consultar

O Sisu faz a seleção dos alunos com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgada na última terça-feira (16). A edição deste ano vai oferecer 264.360 vagas em 127 instituições de Ensino Superior do país. Quem quer participar do processo seletivo deve ter feito o Enem 2023 e não pode ter zerado a nota da redação.

Veja abaixo dicas de como utilizar sua nota no Sistema de Seleção Unificado.

Até quantas opções de curso posso escolher?

É preciso escolher até duas opções de curso superior, ofertadas por instituições públicas, e se encaixar no limite da oferta de vagas – que leva em consideração a nota do Enem. Podem ser cursos diferentes numa mesma universidade ou cursos em instituições de ensino diferentes.

Como aumentar as chances de passar?

Segundo Edmilson Motta, coordenador do curso Etapa, a primeira opção de curso que o estudante deve indicar é a que ele mais deseja, independentemente da concorrência. A segunda opção pode ser um curso menos concorrido. Isso faz com que o candidato tenha mais chances de passar.

Como usar a nota de corte a meu favor?

Uma vez por dia, o site do Sisu calcula a nota de corte de cada curso oferecido, que é modificada de acordo com a nota de quem se inscrever para a vaga. A dica do coordenador é ficar atento ao site do SISU, já que candidatos podem alterar suas opções quantas vezes quiserem, até o prazo final de inscrição. O que deve ser levado em consideração é a classificação parcial de cada curso, que aponta se o aluno tem chance de conseguir a vaga na chamada regular ou não. O sistema é feito para que os estudantes possam reavaliar as escolhas e aumentar suas chances de ingressar no Ensino Superior.

Qual o peso das notas?

Cada universidade adota um sistema de pesos diferente. No caso de medicina, o coordenador do Etapa traz um exemplo para o SBT News. Na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a prova de matemática tem peso 2, mas, na Universidade Federal Fluminense (UFF), o peso é 1. O candidato pode consultar os pesos de cada nota nos sites das universidades que oferecem as vagas, nos editais dos processos seletivos e no termo de adesão ao Sisu.

Se não for selecionado, o que fazer?

Quem não for selecionado em nenhuma das opções indicadas no ato de inscrição ainda pode disputar uma das opções de curso por meio da lista de espera.

A manifestação de interesse deve ser realizada no período de 30 de janeiro a 7 de fevereiro, também pelo site do Sisu.

Cronograma do Sisu para o primeiro semestre de 2024:

  • Período de inscrições - 16 a 24 de fevereiro
  • Divulgação do resultado da chamada regular - 30 de janeiro
  • Matrícula da chamada regular - 1 a 7 de fevereiro
  • Prazo para participar da lista de espera - 30 de fevereiro a 7 de fevereiro
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Educação
Brasil

Últimas notícias

"Últimas ações de Israel em Rafah não cruzam linha vermelha", dizem EUA

"Últimas ações de Israel em Rafah não cruzam linha vermelha", dizem EUA

Governo afirmou que ainda não viu danos extensos ou grande número de mortos deixados por ofensiva israelense
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Publicidade
Publicidade