Publicidade

Servidores do Ibama paralisam atividades para reivindicar reestruturação de carreira

Profissionais cobram do Governo Federal um reajuste salarial e melhoria das condições de trabalho

Servidores do Ibama paralisam atividades para reivindicar reestruturação de carreira
Publicidade

Servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deram início a uma paralisação de atividades da autarquia, nesta semana, para reivindicar a reestruturação da carreira de especialista em meio ambiente, um fortalecimento das instituições ambientais federais e a melhoria das condições de trabalho dos servidores do instituto.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Os participantes da paralisação enviaram uma carta ao presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, para comunicar que a fariam. No documento, explicaram que, a partir de 1º de janeiro, concentrariam seus esforços "exclusivamente" em atividades burocráticas internas e, assim, todas as atividades finalísticas do instituto que dependam de ações externas de campo, como operações de fiscalização ambiental na Amazônia e em terras indígenas, e vistorias de processos de licenciamento ambiental, poderiam ser prejudicadas.

Os servidores ressaltaram ainda que tomaram a decisão de fazer a paralisação devido à "ausência de uma resposta objetiva e apoio do Governo Federal e do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) diante da proposta de reestruturação da carreira de especialista em meio ambiente". Entre os pontos que compõem a proposta, está um reajuste salarial.

Os profissionais apelaram, na carta, para que o MGI tome medidas imediatas para retomar o processo de negociação com a Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista de Meio Ambiente (Ascema), representação formal dos servidores, "onde se discute a reestruturação da carreira de especialista em meio ambiente, o fortalecimento institucional e a melhoria das condiçoes de trabalho dos servidores".

Na tarde de terça-feira (2.jan), o diretor da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista de Meio Ambiente (Ascema), Wallace Lopes, disse, no X, que todas as atividades externas realizadas por mais de 1.100 servidores estavam interrompidas.

Em nota de posicionamento sobre a paralisação, o MGI diz que reinstalou, no início de 2023, a Mesa Permanente de Negociação com os servidores públicos e que "o primeiro acordo fechado foi o reajuste linear de 9% para todos os servidores, inclusive para os do Ibama, além do aumento de 43,6% no auxílio alimentação".

Ainda conforme a pasta, no segundo semestre do ano passado, "teve início o debate sobre reajuste para o ano de 2024". "Como parte desse processo, foram abertas 21 mesas específicas para tratar de algumas carreiras. Somente no âmbito das mesas específicas, sete acordos para reestruturação de carreiras já foram fechados".

A recomposição da força de trabalho na Administração Pública Federal, para recuperar a capacidade de atuação do governo para a execução de políticas públicas, prossegue a nota, "é pauta prioritária do Ministério da Gestão, que vem atuando dentro do possível e dos limites orçamentários para atender às demandas dos órgãos e entidades do Executivo Federal".

O Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) também se manifestou. "O MMA está em diálogo com o MGI para que seja apresentado um cronograma das próximas etapas de negociação com servidoras e servidores do ministério, do Ibama, do ICMBio e do Serfiço Florestal Brasileiro. A reestruturação das carreiras ambientais é uma prioridade para o MMA", pontua a pasta em nota enviada à reportagem.

No X, na terça-feira, Wallace Lopes afirmou que o reajuste salarial de 9% anunciado no ano passado "não repõe nem a inflação de 2021, que foi de 10,06%". "E sabe qual o valor de reajuste está previsto no orçamento para este ano? ZERO!".

Ele prosseguiu: "E a questão salarial é apenas uma das coisas que compõem a nossa proposta de reestruturação da carreira. A maioria dos pontos não tem qualquer impacto financeiro e continuam sem resposta por parte do governo. Para nós, isso representa um imenso desrespeito com o serviço público".

De acordo com o Wallace, os servidores que aderiram à paralisação estão lutando por seus direitos e pela melhoria da qualidade do serviço que prestam para a sociedade.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
Governo
Meio Ambiente

Últimas notícias

Barbeiro transforma ponto de taxi em barbearia após perder comércio em Porto Alegre

Barbeiro transforma ponto de taxi em barbearia após perder comércio em Porto Alegre

No dia 4 de maio deste ano, Laio viu tudo o que tinha ficar embaixo d'água, inclusive sua residência
Com hospitais alagados, gestantes e recém-nascidos são atendidos em abrigos no RS

Com hospitais alagados, gestantes e recém-nascidos são atendidos em abrigos no RS

Uma das crianças atendidas tem 11 dias de vida e nem chegou a usar o enxoval, que foi totalmente perdido nas enchentes
Imposto de renda: 17 milhões de contribuintes ainda não entregaram declaração; veja dicas

Imposto de renda: 17 milhões de contribuintes ainda não entregaram declaração; veja dicas

No dia 31 de maio, encerra-se o prazo para declarar o IRPF 2024; escritórios de contabilidade têm ampliado a capacidade de atendimento
Enquanto o Sul do Brasil enfrenta os efeitos da chuva, outras partes do mundo sofrem com a seca

Enquanto o Sul do Brasil enfrenta os efeitos da chuva, outras partes do mundo sofrem com a seca

No México, por exemplo, mais de 22 milhões de pessoas podem ficar sem água nas próximas semanas
Santa Catarina recebe mais de 400 famílias afetadas pelas chuvas no RS

Santa Catarina recebe mais de 400 famílias afetadas pelas chuvas no RS

Estado vem fazendo um mapeamento para distribuir auxílios conforme a demanda de cada um dos gaúchos
Irã mata 7 pessoas na forca; ONG denuncia aumento de execuções

Irã mata 7 pessoas na forca; ONG denuncia aumento de execuções

Penas teriam sido aplicadas neste sábado (18); das 7 vítimas, 2 seriam mulheres
Flores são projetadas no Cristo para lembrar combate ao abuso sexual de crianças

Flores são projetadas no Cristo para lembrar combate ao abuso sexual de crianças

Ação faz parte da campanha de mobilização nacional. Do início de 2024 até agora, o Disque 100 recebeu mais de 11 mil denúncias
Chuvas no RS: Força-tarefa encontra galão de água sendo vendido a R$ 80

Chuvas no RS: Força-tarefa encontra galão de água sendo vendido a R$ 80

Ação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) contra preços abusivos autuou 65 estabelecimentos
Municípios do RS discutem plano para dar novas moradias aos afetados pelas chuvas

Municípios do RS discutem plano para dar novas moradias aos afetados pelas chuvas

Relatório da Confederação Nacional dos Municípios aponta que mais de 100 mil casas foram danificadas ou completamente destruídas
Cantor Arlindinho denuncia que filha de 9 anos foi vítima de racismo em escola

Cantor Arlindinho denuncia que filha de 9 anos foi vítima de racismo em escola

Filho de Arlindo Cruz relatou o fato nas redes sociais; escola se manifestou por meio de nota
Publicidade
Publicidade