Publicidade

Número de crianças e adolescentes nas redes sociais cresce; especialistas alertam para uso consciente

Pesquisa feita com estudantes mostra que um quinto deles acessou a internet pela primeira vez antes dos seis anos

Número de crianças e adolescentes nas redes sociais cresce; especialistas alertam para uso consciente
Publicidade

O uso das redes sociais por crianças e adolescentes vem crescendo de maneira preocupante nos últimos anos. Uma pesquisa feita com estudantes mostra que um quinto deles acessou a internet pela primeira vez antes dos seis anos. Especialistas reforçam a importância da família para incentivar um uso mais consciente do mundo digital.

Assim como acontece com adultos, as redes sociais exercem fascínio em crianças e adolescentes. “Acho que o entretenimento que gera nas redes sociais, passar o tempo, né?", diz Beatriz Ruiz de Melo, de 12 anos.

A relação com o universo das redes sociais está começando cada vez mais cedo. A última pesquisa sobre o tema, feita pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, com 2.704 estudantes, mostra que 24% deles acessaram as redes antes dos seis anos de idade, na chamada primeira infância. Além disso, 95% da população entre 9 e 17 anos, o equivalente a 25 milhões de brasileiros, navegam na internet diariamente.

Especialistas alertam que o uso cada vez mais prematuro e frequente das redes sociais é nocivo ao desenvolvimento emocional e social das crianças e adolescentes, porque pode causar dependência e desencadear uma série de problemas, como afetar a saúde mental e física.

“A gente vê crianças que vão desenvolver menos habilidades sociais, crianças que vão desenvolver menos habilidades de psicomotricidade. Os quadros de ansiedade, estresse, e estados depressivos aumentam", explica o psiquiatra da infância e adolescência, Gustavo Estanislau.

No entanto, proibir a abertura de contas nas redes sociais para menores de 14 anos, como prevê uma lei sancionada esta semana no estado americano da Flórida, pode não ser a melhor opção. Para o médico, uma boa alternativa é moderar o uso.

“Os pais têm que funcionar como um filtro dessas atividades, não só do ponto de vista de conteúdo, mas também do ponto de vista de quantidade e tempo de tela", complementa.

A mãe de Beatriz e pedagoga Luciana Fontanetti Ruiz, revela que é isso que procura fazer para que a filha cresça antenada, mas sem os riscos do exagero.

“Você não tem como proibir porque ela vai ficar fora de um mundo, todos os amigos têm. Então, a gente procura mesclar e explicar para ela o quanto faz mal se ela exagerar”, revela.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Redes Sociais
Internet
Alerta
Saúde
saúde mental
pré-adolescentes
Adolescente

Últimas notícias

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Presidente da Câmara disse que decisão foi confirmada pelas empresas Amil e Unimed
Redução do IDH no Brasil: Pnud se preocupa com “custo da inação” em meio às crises

Redução do IDH no Brasil: Pnud se preocupa com “custo da inação” em meio às crises

Catástrofes climáticas e crises sanitárias podem impactar no IDH do país; capacidade da governança de um estado é uma forma de gestão de crise, diz entidade
Dia mundial do hambúrguer: de lanche tímido importado a versão gourmet brasileiríssima

Dia mundial do hambúrguer: de lanche tímido importado a versão gourmet brasileiríssima

Data celebra alimento que, hoje, não é apenas um tipo de refeição, mas parte da identidade gastronômica brasileira
Campeão olímpico Thiago Braz é suspenso por doping e está fora das Olimpíadas

Campeão olímpico Thiago Braz é suspenso por doping e está fora das Olimpíadas

Decisão foi anunciada nesta terça-feira (28) pela World Athletics, entidade máxima do atletismo mundial
Publicidade
Publicidade