Publicidade

Médico nega atestado para mãe que precisa cuidar do filho doente

Profissional estava na lista de pediatras de unidade, mas não tem a especialidade; mulher afirma que fará um boletim de ocorrência

Médico nega atestado para mãe que precisa cuidar do filho doente
Ainda na consulta, a mãe da criança rebateu os argumentos: "Onde você está estudando, pelo amor de Deus!" | Reprodução
Publicidade

Um médico, que se passava por pediatra em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Cambé, no Paraná, negou atestado para mãe que precisava cuidar do filho doente.

A mulher trabalha como porteira, e o filho de 5 anos precisaria ficar sozinho em casa. Incrédula, a mulher filmou o médico dizendo que "não teria problema" deixar a criança só: "Olha, mas qual que é o risco que tem de ficar em casa sozinho?", questionou, ainda afirmando que a criança poderia "ficar assistindo televisão". "

A criança estava com febre alta e sofrendo com problemas respiratórios. A mãe precisou passar com outra médica da UPA para conseguir o atestado, mas gravou o atendimento com o médico anterior.

Ainda na consulta, a mãe da criança rebateu os argumentos: "Onde você está estudando, pelo amor de Deus!". O suposto médico citou uma "lei" que permitiria deixar o menor sozinho.

Esse suposto profissional, que estava na lista de pediatras, na verdade não tinha especialidade na área, sendo apenas clínico geral. A mãe afirmou que vai fazer um boletim de ocorrência sobre o caso e a prefeitura já abriu uma sindicância para apurar a conduta do médico.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Saúde
Brasil
Paraná
Unidade de Pronto Atendimento

Últimas notícias

Putin elogia Coreia do Norte por apoio em guerra contra Ucrânia

Putin elogia Coreia do Norte por apoio em guerra contra Ucrânia

Presidente russo também alfinetou países ocidentais, dizendo que o plano de isolar Moscou não funcionou
Corpo de Jacqueline Laurence será velado no Teatro Tablado, no RJ, nesta terça-feira (18)

Corpo de Jacqueline Laurence será velado no Teatro Tablado, no RJ, nesta terça-feira (18)

Cerimônia ocorrerá das 10h e 14h e será aberta ao público; crematório será reservado aos familiares
Nota Fiscal Paulista libera R$ 34,7 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 34,7 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em fevereiro de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
Coreia do Sul volta a fazer disparos de advertência após norte-coreanos cruzarem fronteira

Coreia do Sul volta a fazer disparos de advertência após norte-coreanos cruzarem fronteira

Militares recuaram após os tiros; Seul acredita que violação não foi intencional
SBT News na TV: chuvas voltam ao RS e provocam novos alagamentos

SBT News na TV: chuvas voltam ao RS e provocam novos alagamentos

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta terça-feira (18); assista!
Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Números são maiores que os registrados em todo o ano de 2023
STF recebe queixa-crime de Bolsonaro contra Janones por crime de injúria

STF recebe queixa-crime de Bolsonaro contra Janones por crime de injúria

Deputado chamou ex-presidente de “assassino”, “miliciano” e “ladrãozinho de joias”; imunidade parlamentar foi rejeitada
Caixa libera parcela do Bolsa Família para beneficiários com NIS final 2

Caixa libera parcela do Bolsa Família para beneficiários com NIS final 2

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Supremo confirma prorrogação das cotas em concursos públicos por unanimidade

Supremo confirma prorrogação das cotas em concursos públicos por unanimidade

Após validade expirada, novo projeto para Lei de Cotas tramita no Congresso Nacional com mudanças
Problemas de saúde podem estar relacionados com a falta de sono, diz pesquisa

Problemas de saúde podem estar relacionados com a falta de sono, diz pesquisa

Estudo também mostrou que rugas, olheiras e flacidez na pele são algumas das consequências de se dormir menos de 7 horas por noite
Publicidade
Publicidade