Publicidade

AL descarta proposta de desapropriar área atingida por mina para transformar em parque

Não houve consenso sobre a medida em reunião na qual foi assinada a chamada Carta de Alagoas, com cobrança à Braskem sobre adoção de medidas

AL descarta proposta de desapropriar área atingida por mina para transformar em parque
Reunião realizada por Paulo Dantas com prefeituras e representantes de vítimas da Braskem (Thiago Sampaio/Agência Alagoas)
Publicidade

Em reunião com prefeituras de 13 municípios da região metropolitana de Maceió, representantes das vítimas da Braskem e representantes da prefeitura da capital alagoana, nesta 2ª feira (11.dez), o governador Paulo Dantas (MDB) lançou uma proposta, para discussão, sobre o Estado desapropriar toda a área afetada pelo afundamento da mina nº 18 da empresa e criar, na região, "um grande parque estadual". Entretanto, não houve consenso sobre a medida entre os participantes do encontro, e o governo descartou a sugestão.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Nós temos conversando com os nossos técnicos, com a equipe do governo, para nós desapropriarmos toda a área que foi afetada pelo crime da Braskem e nós criarmos um grande parque estadual, a exemplo do que nós temos em São Paulo, por exemplo, como o Parque Ibirapuera. Devolver esse patrimônio em memória das vítimas, devolver para o povo de Maceió e para o povo de Alagoas", disse Paulo Dantas inicialmente.

Depois, ele ressaltou que a medida estava sendo sugerida aos participantes da reunião: "Quando nós iniciamos a reunião, nós deixamos claros que nós iríamos colocar alguns pontos para serem deliberados. Para nós tratarmos aqui durante a reunião se todos concordam com determinada ação ou projeto. Então, nós não decidimos. Isso é uma proposta que foi colocada à mesa da desapropriação para transformar num grande parque estadual".

A informação de que a proposta foi descartada após não haver o consenso foi confirmada ao SBT News pela assessoria de imprensa do governo de Alagoas. 

Por outro lado, na reunião, Paulo Dantas, representantes de prefeituras da região metropolitana de Maceió, representantes das vítimas da Braskem e um defensor público assinaram a chamada Carta de Alagoas. No documento, que será entregue à empresa e ao poder públicos, reforçam a cobrança para que a Braskem adote medidas urgentes para mitigar os efeitos do desastre ambiental na capital alagoana e fazem outras reivindicações.

Conforme o governo de Alagoas, a reunião foi convocada por Paulo Dantas "para dar transparência das decisões que são tomadas no sentido de proteger as vítimas do desastre provocado pela Braskem".

A carta assinada traz 11 reivindicações, elaboradas por causa da crise. Confira:

Carta de Alagoas

+ Prefeito de Maceió viaja a Brasília em busca de ajuda com situação de mina da Braskem

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
brasil
alagoas
carta
braskem
medidas
afundamento
mina
proposta
governador
paulo dantas
reunião
assinatura
parque
desapropriação
noticiais
guilherme-resck

Últimas notícias

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Ao programa Perspectivas, presidente tucano reclamou do extremismo político no Brasil atualmente
Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Fantasia de presidiário, algema de pelúcia de sex shop e sapatos rasgados estão entre os itens; doações de roupa foram suspensas pelos Correios
Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Presidente diz que fim da isenção seria injusto com pessoas mais pobres e que "bugigangas" vendidas em sites asiáticos não competem com produtos nacionais
Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Projeto de Lei Complementar prevê quarentena de quatro anos para juízes, promotores, policiais e militares que quiserem concorrer em eleições
"Espero que não transformem a tragédia do RS em palanque político", diz Marconi Perillo

"Espero que não transformem a tragédia do RS em palanque político", diz Marconi Perillo

Presidente do PSDB afirmou ao Perspectivas que torce por parceria entre Paulo Pimenta e Eduardo Leite
Caso Anic Herdy: celular dela foi usado após sumiço

Caso Anic Herdy: celular dela foi usado após sumiço

Aparelho estava na casa de Lourival Fadiga, polícia crê que advogada sabia de todo o plano
Irmãos gêmeos são presos após sequestrar influenciadora no Rio de Janeiro

Irmãos gêmeos são presos após sequestrar influenciadora no Rio de Janeiro

Dupla foi cercada em um motel na zona oeste, na quarta-feira (22)
PF mira financiadores do 8 de janeiro em cinco estados na 27ª fase da Lesa Pátria

PF mira financiadores do 8 de janeiro em cinco estados na 27ª fase da Lesa Pátria

Na nova etapa, 20 endereços em SP, PR, MT, GO e RO são alvos de buscas e apreensões; dois investigados serão monitorados por tornozeleira eletrônica
PF faz operação contra quadrilha especializada em fraudes contra INSS no Rio

PF faz operação contra quadrilha especializada em fraudes contra INSS no Rio

Agentes cumprem nove mandados de prisão e nove de busca e apreensão de alvos suspeitos de desviar R$ 8 milhões
Personal trainer é preso após afastar biquini de aluna durante atendimento

Personal trainer é preso após afastar biquini de aluna durante atendimento

Homem ainda tocou partes íntimas da vítima; crime de importunação sexual foi registrado em Goiás
Publicidade
Publicidade