Publicidade

Alesp começa a analisar proposta de privatização da Sabesp nesta 2ª

Texto já recebeu aval de três comissões da Casa e é defendido pelo governador Tarcísio de Freitas

Alesp começa a analisar proposta de privatização da Sabesp nesta 2ª
Reprodução
Publicidade

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) começa a analisar, a partir das 16h30 desta 2ª feira (4.dez), o projeto de lei que autoriza a privatização da Sabesp - companhia de água e esgoto do estado. A proposta foi enviada pelo próprio governador, Tarcísio de Freitas (Republicanos), no dia 18 de outubro, em regime de urgência.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A análise do projeto pelo plenário acontece poucas semanas após o texto receber aval das comissões de Constituição, Justiça e Redação; Finanças, Orçamento e Planejamento; e Infraestrutura. Desde que começou a tramitar na Casa, a proposta recebeu 173 emendas, bem como quatro substitutivos contrários à desestatização da companhia.

"O Estado tem o poder de veto, não é uma privatização como a da Enel, que quem manda é o privado. É uma desestatização em que o Estado continua tendo sua força", explicou o deputado Barros Munhoz (PSDB), responsável pelo relatório apresentado nas comissões.

A privatização da Sabesp vem sendo defendida por Tarcísio desde o período de campanha eleitoral, no ano passado. A ideia é vender parte das ações pelo modelo de oferta pública e permanecer com uma participação acionária menor, mas ainda relevante, permitindo vetos em decisões importantes, como mudança de nome, atividade econômica ou limite máximo de votos por acionistas.

De acordo com o governador, entre as diretrizes para a desestatização da Sabesp está a universalização do saneamento básico nos municípios atendidos, incluindo áreas rurais e núcleos urbanos informais. Outro ponto é a redução da tarifa cobrada pela companhia, por meio de um fundo especial a ser criado pelo estado.

+ Além da Sabesp, Tarcísio planeja outras 14 privatizações em SP

Apesar de soar positivo, a proposta é criticada por funcionários da Sabesp, que argumentam que a privatização pode encarecer e piorar o serviço de saneamento básico no estado. Os trabalhadores já realizaram três paralisações contra a desestatização da empresa neste ano. A última ocorreu na 3ª feira (28.nov), juntamente com funcionários do Metrô e da Companhia Paulista dos Trens Metropolitanos (CPTM).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
brasil
alesp
começa
analisar
privatizaçao
sabesp
comissoes
aval
tarcisio de freitas
como funciona
diretrizes
protestos
sao paulo
saneamento basico

Últimas notícias

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Receita Federal cria ferramenta de proteção do CPF; saiba como usar

Recurso impede que o CPF da pessoa seja incluído de forma indevida em quadro societário de empresas
Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Reoneração gradual da folha de pagamento pode ser votada na primeira semana de junho, diz Efraim

Senador Jaques Wagner deve incluir acordo referente aos municípios no mesmo Projeto de Lei
Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Volta a chover forte no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira

Serra Gaúcha pode ter temperatura abaixo de zero durante o final de semana
Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Contra a desinformação, Threads ganha verificação de fatos

Microblog da Meta tem parceria com mais de 100 agências de checagens de fatos no mundo
Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Mísseis russos matam 7 pessoas na segunda maior cidade da Ucrânia

Estados Unidos devem anunciar cerca de R$ 1,42 bilhão em novas artilharias e munição para os ucranianos
Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Ministério Público se manifesta contra soltura de motorista de Porsche que matou um em acidente

Parecer foi protocolado um dia após a defesa do empresário pedir na Justiça pela revogação da prisão
Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Datena tem a última chance de ser protagonista no PSDB, diz Perillo

Ao programa Perspectivas, presidente tucano reclamou do extremismo político no Brasil atualmente
Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Voluntários mostram itens "bizarros" e estragados que são doados para o RS

Fantasia de presidiário, algema de pelúcia de sex shop e sapatos rasgados estão entre os itens; doações de roupa foram suspensas pelos Correios
Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Lula diz que deve vetar taxação de importados se projeto for aprovado no Congresso

Presidente diz que fim da isenção seria injusto com pessoas mais pobres e que "bugigangas" vendidas em sites asiáticos não competem com produtos nacionais
Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Novo Código Eleitoral será votado em 5 de junho na CCJ do Senado, diz Marcelo Castro

Projeto de Lei Complementar prevê quarentena de quatro anos para juízes, promotores, policiais e militares que quiserem concorrer em eleições
Publicidade
Publicidade