Publicidade

Tarcísio promete punir funcionários que participarem de greve nesta 3ª

Governador de SP disse que decisão judicial sobre funcionamento do Metrô e da CPTM deve ser cumprida

Tarcísio promete punir funcionários que participarem de greve nesta 3ª
Reprodução
Publicidade

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), afirmou que irá identificar e punir os funcionários do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que aderirem à greve desta 3ª feira (28.nov). A paralisação começou à 0h e ocorre em conjunto com a Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp).

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Para não prejudicar a população, a Justiça determinou que 80% dos serviços do Metrô e 85% da CPTM deverão operar nos horários de pico, com 60% nos demais períodos, sob pena de multas diárias de R$ 700 mil e R$ 600 mil aos respectivos sindicatos. Segundo Tarcísio, a ideia é "sancionar" os funcionários que descumprirem a decisão judicial.

"O que a gente vai fazer dessa vez? Vamos designar os servidores que terão de cumprir a ordem judicial. Quem vai ter que cumprir aquele percentual? (Serão os servidores) A, B, C, D. Vamos fazer essa designação. Porque é importante a gente descobrir quem descumpriu a ordem judicial. Não o sindicato, não a coletividade. Qual é o servidor que se recusou a cumprir a ordem judicial", disse o governador, sem especificar a punição.

A greve conjunta, a segunda em dois meses, acontece como forma de protesto contra o plano de privatizações do governo paulista para o Metrô e a CPTM. Trabalhadores da Sabesp também resolveram cruzar os braços, uma vez que a proposta de desestatização da companhia já foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). 

Durante a coletiva, Tarcísio descartou a possibilidade de liberar as catracas do sistema de transporte sobre trilhos -- ideia proposta pelos grevistas. "Não temos como controlar o fluxo. Se acontecer um acidente, teremos falhado. É o motivo pelo qual nenhum governo libertou a catraca. E nós também não vamos liberar", justificou.

+ SP muda datas do Provão Paulista devido à greve de metroviários

Estima-se que 4,6 milhões de passageiros sejam prejudicados pela greve no Metrô e na CPTM. Em meio ao cenário, o governo paulista decretou ponto facultativo nesta 3ª feira, enquanto a capital suspendeu o rodízio de veículos. As frotas de ônibus, por sua vez, funcionarão com reforço para auxiliar o trajeto da população.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
brasil
tarcisio
promete
punir
funcionarios
participarem
greve
metro
cptm
sabesp
privatizaçao
decisao judicial
horarios de pico
sao paulo

Últimas notícias

Ex-policial e advogada são condenados por obstruir investigações do assassinato de Marielle Franco

Ex-policial e advogada são condenados por obstruir investigações do assassinato de Marielle Franco

Rodrigo Ferreira e Camila Nogueira mentiram à polícia sobre planejamento do crime. Vereadora e motorista Anderson Gomes foram mortos em março de 2018
Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

Para Mendonça, lei das saidinhas não pode retroagir em prejuízo ao preso

O ministro confirmou o direito à saída temporária de um preso de Minas Gerais que havia perdido o benefício após as mudanças feitas pelo Congresso
Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Polícia prende nove pessoas envolvidas em furtos e roubos durante enchentes no RS

Diversos objetos, que haviam sido levados de comércios no município Eldorado do Sul, foram recuperados
Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Especialistas chamam atenção para doenças respiratórias e leptospirose em meio a caos no RS

Segundo ministra da Saúde e médico da Marinha, proximidade das pessoas em abrigo favorece casos de “doenças oportunistas”
Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Sistema de distribuição de gás da Argentina entra em estado de emergência

Mais de 300 indústrias tiveram o fornecimento cortado; prioridade é atender casas, hospitais e o comércio
Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Israel afirma que guerra na Faixa de Gaza deve durar, ao menos, até o fim do ano

Governo israelense alega que esse é o prazo mínimo para aprofundar as "conquistas" e destruir a capacidade militar do Hamas
Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Argentina compra carga da Petrobras para lidar com escassez de gás

Temperaturas mais baixas do que o habitual já haviam aumentado a demanda, sobrecarregando o sistema no país
TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

TSE mantém condenação do ex-governador do RJ Anthony Garotinho por crime eleitoral

Além de inelegibilidade, ele foi condenado a 13 anos e 9 meses de prisão
Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Morre o humorista Joaquim Lopes Salgado, de "A Praça é Nossa"

Carismático, divertido, com a arte de fazer graça nas veias, Joaquim marcou o público através de sua trajetória em programas humorísticos do SBT
Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

O presidente do CNJ discorda do corregedor nacional de justiça, Luis Felipe Salomão, que chegou a determinar o afastamento cautelar dos envolvidos
Publicidade
Publicidade