Publicidade

Twitter Blue: o que se sabe até agora sobre a versão paga

Inicialmente Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Japão, Nova Zelândia e Austrália terão acesso à modalidade

Twitter Blue: o que se sabe até agora sobre a versão paga
Rede Social Twiter
Publicidade

O Twitter, Rede Social comprada por Elon Musk, anunciou recentemente uma nova categoria de uso: o Twitter Blue, em versão paga. Basicamente, é um serviço de assinatura premium e oferece o que eles chamam de selo azul - que dá a condição de identificar contas verificadas por seus legítimos donos. Por ora, apenas usuário dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Japão e Nova Zelândia e Austrália terão acesso e não há informações se o plano chegará ao Brasil. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo comunicado da empresa, quem usar o Twitter Blue pelo pacote anual (US$ 84 - -R$ 420, aproximadamente) será beneficiado por descontos. O valor mensal é de US$ 8 (R$ 40, aproximadamente). Portanto, o desconto, será de US$ 12 (R$ 60, aproximadamente). 

O Twitter Blue não é tão novidade assim para quem usa a rede. O selo, lançado em 2021, era usado, por figuras públicas ou empresas. Mas foi logo interrompido, pois pessoas anônimas começaram a criar contas falsas para se passar por celebridades. 

Então, para esta versão premium, o Twitter promete criar um novo processo de verificação para evitar contas fakes, tendo como base o número de telefone do usuário. Também devem ser disponibilizadas algumas outras vantagens, tais como edição de tweets e publicação de vídeos mais longos. Dúvidas sobre o uso também podem ser tiradas na própria página da Rede Social.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

twitter
twitter blue
redes social
tecnologia
portalnews
sbtnews

Últimas notícias

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Professores de ensino básico e técnico de instituições federais aceitam acordo e anunciam fim da greve

Propostas de reajuste para as duas categorias foram aprovadas por 89 votos a 15
Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Testado na África, novo medicamento contra HIV alcança 100% de eficiência

Ensaio clínico apontou que uma injeção semestral de lenacapavir deu proteção total contra o vírus
Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

Número de peregrinos mortos na Arábia Saudita passa de 1.300

O ministro da Saúde saudita, Fahd bin Abdurrahman Al-Jalajel, disse que 83% das mortes são de peregrinos não autorizados
CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

CNJ vai apurar esquema alvo da Polícia Federal de venda de sentenças no TJ paulista

Luis Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, abriu processo disciplinar contra desembargador Ivo de Almeida, afastado pelo STJ
Publicidade
Publicidade