Publicidade

PF instala gabinete de crise para identificar autores de atos criminosos

Grupo coordena as ações para conter os vândalos no DF e fará levantamento para punir envolvidos

PF instala gabinete de crise para identificar autores de atos criminosos
Atos
Publicidade

A Polícia Federal (PF) instalou um gabinete de crise para coordenar as ações e identificar os autores dos atos criminosos de ataques ao Congresso, ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Planalto, registrados neste domingo (8.jan), em Brasília.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Na tarde deste domingo, grupos táticos da PF de vários estados foram mobilizados, por ordem do diretor-geral, delegado Andrei Passos Rodrigues. Eles vão dar apoio às forças de segurança em Brasília.

Os golpistas chegaram na capital federal no início da manhã e marcharam até a Praça dos Três Poderes, onde invadiram e depredaram os prédios-sede do Executivo, do Legislativo e do Judiciário. 

Em nota divulgada na noite deste domingo, a PF informou que equipes iniciaram as apurações e perícias nos locais dos crimes: o Palácio do Planalto, o Congresso e o STF. O objetivo é "identificar os responsáveis pelos atos de vandalismo, inclusive com sistemas de identificação facial". Boa parte dos golpistas usava bandeiras do Brasil e protestava contra a eleição do presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e derrota do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Segundo a PF, foi mobilizado também o Grupo de Bombas e Explosivos para varreduras dos locais onde os vândalos estiveram.

"A segurança do presidente da República também será reforçada, incluindo rotas e instalações", informou a PF.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
pf
df
stf
congresso
planalto
vandalismo
bolsonaristas

Últimas notícias

Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Brasil registrou, em média, seis crianças desaparecidas por dia em 2022, diz Ministério da Justiça

Relatório tem objetivo de "compreender a fundo os padrões, causas e áreas de maior incidência dos desaparecimentos"
Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

Galeria de fotos de ex-presidentes deve ser reinaugurada em breve no Palácio do Planalto

O espaço foi destruído em 8 de janeiro de 2023, quando golpistas invadiram sedes dos Três Poderes, em Brasília
Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Cinco pessoas morreram no acidente; investigações sobre a expedição continuam nos Estados Unidos
Justin Timberlake é preso em Nova York

Justin Timberlake é preso em Nova York

Cantor foi detido por estar dirigindo embriagado e está sob custódia da polícia local
Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Estudo também destaca mais de cinco mil mortes classificadas como "ocultas", quando a causa não foi esclarecida
Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Homem teve fotos e vídeos divulgados nas redes sociais como se fosse assaltante
Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Presidente admitiu acordo para cobrar 20% de PIS/Cofins em projeto do Mover; petista também falou sobre derrota no PL das "saidinhas"
Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Projeto visa construir unidade energética em uma antiga usina de carvão em Wyoming para atender a crescente demanda por eletricidade do país
Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Para presidente, debate é "cru" e assunto deveria ser razões que motivam necessidade do procedimento: "Estamos retrocedendo nesta pauta"
Publicidade
Publicidade