Publicidade

Médico colombiano acusado pela morte de paciente durante lipo é preso

Cirurgião plástico fez procedimento em vítima no Rio de Janeiro; mulher morreu por hemorragia causada por perfuração no intestino

Médico colombiano acusado pela morte de paciente durante lipo é preso
Publicidade

O cirurgião plástico colombiano Heriberto Ivan foi preso acusado pela morte de uma paciente após um procedimento estético, no Rio de Janeiro. Ele estava em casa, em Jacarepaguá, quando foi detido, na manhã de quinta-feira (11).

+ Laudo do IML conclui que youtuber morreu por overdose de cocaína

Lindama Benjamim de Oliviera, de 59 anos, morava em Cabo Frio e foi à capital para fazer uma lipoaspiração com o colombiano Heriberto Ivan Aris Camacho, em marco de 2023, em uma clínica na Barra da Tijuca. A mulher teve complicações causadas por uma perfuração no intestino e morreu horas depois do procedimento por conta da hemorragia.

Segundo a Justiça do Rio, o médico assumiu o risco de morte ao demorar para transferir a paciente para um hospital. Lindama sofreu uma parada cardíaca e morreu na ambulância, enquanto era levada ao centro médico.

A decisão ainda aponta que o médico cometeu um “grave homicídio qualificado”. A defesa do médico tem dez dias para apresentar provas e testemunhas.

O registro no Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj) do colombiano ainda está aberto, mas a família da vítima entrou com uma representação para suspender o documento. A defesa do cirurgião, na época da morte da paciente, afirmou que a inocência do cliente seria provada com as investigações.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Crime
Prisão
Cirurgia Plástica
Médico
Rio de Janeiro

Últimas notícias

SBT News na TV: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

SBT News na TV: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (29); assista!
"Últimas ações de Israel em Rafah não cruzam linha vermelha", dizem EUA

"Últimas ações de Israel em Rafah não cruzam linha vermelha", dizem EUA

Governo afirmou que ainda não viu danos extensos ou grande número de mortos deixados por ofensiva israelense
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Publicidade
Publicidade