Publicidade

Líder religioso é denunciado por importunação sexual contra 6 mulheres em MG

Expedito Moisés também é acusado de estupro de vulnerável de uma das vítimas, que era menor de idade da época do crime

Líder religioso é denunciado por importunação sexual contra 6 mulheres em MG
Publicidade

Um líder religioso foi denunciado por importunação sexual contra ao menos seis mulheres, em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira. O "Pai de Santo" Expedito Moisés dos Santos, de 43 anos, também é acusado de estupro de vulnerável de uma das vítimas, que era menor de idade na época do crime.

Uma das mulheres, que prefere não ser identificada, conta sobre o dia em que foi assediada sexualmente por Expedito. "No final do ano passado, nós estávamos em uma casa de show, onde ele chegou até mim, forçando um beijo, [pediu] que eu desse alguma chance... e eu recuando, falando que não, que ele estava confundindo as coisas. Logo após a saída dessa casa noturna, ele continuou me mandando mensagem", ela relata.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Prints de conversas por um aplicativo de mensagens mostram o "Pai de Santo" sugerindo um encontro com uma outra fiel, de forma insistente. Após as negativas dela, o homem pediu desculpas, alegando estar alcoolizado.

A agressão contra outra vítima teria acontecido anos, em 2017, quando ela tinha apenas 13 anos. "Ele pediu uma carona para o meu pai. Ele estava sentado do meu lado esquerdo, meu irmão do meu lado direito, e minha mãe e meu pai na frente. Mas, aí ele começou a passar a mão no meu seio. Eu tirava e ele colocava a mão de novo", ela relata.

Segundo a defesa das vítimas, os assédios aconteciam por meio das redes sociais. "Temos a plena convicção de que existem muitas outras vítimas, que não tiveram a coragem de vir a tona e fazer o relato. É importante que essas mulheres saibam que a polícia e a justiça estão à disposição, e que tem punição para esse crime sim", afirma o advogado Matheus Célio Ferreira.

A Polícia Civil informou que já foram ouvidos depoimentos e que diligências também foram realizadas. O caso, que corre em segredo de justiça, é investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Juiz de Fora.

Ainda de acordo com a polícia, Expedito foi ouvido e negou as acusações. A equipe de reportagem do SBT tentou contato com a defesa dele, mas não teve resposta.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Polícia
Crime
Minas Gerais

Últimas notícias

Brasil Agora: Lula cobra prioridades para o RS; TSE retoma julgamento de Moro

Brasil Agora: Lula cobra prioridades para o RS; TSE retoma julgamento de Moro

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta terça-feira (21)
ChatGPT: após queixa, OpenAI suspende uso de voz parecida com a de Scarlett Johansson

ChatGPT: após queixa, OpenAI suspende uso de voz parecida com a de Scarlett Johansson

Atriz disse que negou convite para participar de projeto e que ficou chocada com semelhança
Governo federal prorroga Desenrola Brasil até 19 de julho

Governo federal prorroga Desenrola Brasil até 19 de julho

Programa garante desconto médio de 83% e parcelamento especial para renegociação de dívidas; veja como aderir
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta terça-feira (21)

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 37 milhões nesta terça-feira (21)

Apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até as 19h
SP: Virada Cultura arrecada 10 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul

SP: Virada Cultura arrecada 10 toneladas de donativos para o Rio Grande do Sul

Itens foram levados para o Banco de Alimentos da prefeitura e devem ser enviados em breve para o estado gaúcho
Após morte do presidente, Irã marca eleições para 28 de junho

Após morte do presidente, Irã marca eleições para 28 de junho

Primeiro vice-presidente permanecerá no cargo até realização do pleito
SBT News na TV: RS confirma primeira morte por leptospirose

SBT News na TV: RS confirma primeira morte por leptospirose

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta terça-feira (21); assista!
“Faria tudo novamente”, diz adolescente que matou família por causa de celular

“Faria tudo novamente”, diz adolescente que matou família por causa de celular

Jovem foi detido após confessar o crime para a polícia; pai, mãe e irmã foram atingidos por tiros na cabeça e nuca
PGR denuncia 9 envolvidos em bloqueios de rodovias em 2022

PGR denuncia 9 envolvidos em bloqueios de rodovias em 2022

Atos ocorreram em protesto ao resultado das eleições presidenciais; acusados podem responder por associação criminosa e tentativa de golpe
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 3

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 3

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Publicidade
Publicidade