Publicidade

Em carta, Milei diz a Lula que não vai entrar no Brics

Ofício também foi enviado para presidentes de outros países do bloco, como Rússia, Índia, China e África do Sul

Em carta, Milei diz a Lula que não vai entrar no Brics
Publicidade

O presidente da argentina, Javier Milei, informou, por carta, que o país não fará mais parte do Brics. O ofício foi enviado no último dia 22 de dezembro para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e representantes de outros países que compõe o bloco.

Como justificativa para a decisão, Milei disse que a política externa de seu governo "difere em muitos aspectos" do que era praticado pelo ex-presidente Alberto Fernández, que negociava a integração da Argentina ao grupo econômico a partir de 1º de janeiro de 2024.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

“Algumas decisões tomadas pela gestão anterior serão revisadas. Entre elas encontra-se a criação de uma unidade especializada para a participação ativa do país nos Brics”, escreveu o presidente argentino

Além do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul receberam o comunicado. Ao longo do ofício, Milei escreve para cada um dos cinco representantes dos países do bloco que é compromisso do governo argentino "a intensificação dos laços bilaterais", com foco no "aumento dos fluxos de comércio e de investimentos”.

A Argentina era um dos cinco países que poderiam ser incluídos no bloco, após reunião entre os países membros em agosto. Na ocasião, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito e Irã também foram citados.

Durante sua campanha eleitoral, o presidente argentino já havia manifestado o interesse em não entrar no Brics a partir do ano que vem, mas ainda não havia falado sobre o assunto depois que assumiu a presidência.

Apesar de recusa, Milei enviou pedido à OCDE logo após assumir mandato

Dias depois de tomar posse como presidente da Argentina, Milei enviou uma carta à Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) para incluir a Argentina no grupo "o mais rápido possível".

O bloco econômico decidiu aceitar que o país se candidatasse para entrar no bloco ano passado. O Brasil também está na lista de "membros em potencial". Atualmente, 38 países fazem parte do bloco, a maior parte deles na Europa e na América do Norte. Até o momento, o Chile e Colômbia são os únicos representantes sul-americanos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Argentina
Brasil
Lula

Últimas notícias

SBT News na TV: Gol suspende transporte de animais por 30 dias após morte de cachorro

SBT News na TV: Gol suspende transporte de animais por 30 dias após morte de cachorro

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (24); assista!
STF condena mais 11 pessoas por atos golpistas do 8/1 e total sobe para 207

STF condena mais 11 pessoas por atos golpistas do 8/1 e total sobe para 207

Penas foram fixadas entre 11 e 17 anos de prisão, além de R$ 30 milhões em danos morais coletivos
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimento virtualmente; depósito inclui Auxílio Gás
Estudantes e professores protestam contra cortes na educação na Argentina

Estudantes e professores protestam contra cortes na educação na Argentina

Mobilização recebeu apoio de setores da oposição em todo o país
Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Segundo a empresa, a suspensão é "para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação" do caso
Perfis de bolsonaristas no X bloqueados pelo STF usaram canal de bate-papo para fazer lives "clandestinas"

Perfis de bolsonaristas no X bloqueados pelo STF usaram canal de bate-papo para fazer lives "clandestinas"

PF identificou que acusados de integrar milícia digital fizeram, dos EUA, transmissões ao vivo, por canais inativados judicialmente
Polícia desarticula quadrilhas especializadas em roubos a condomínios

Polícia desarticula quadrilhas especializadas em roubos a condomínios

Investigações pegaram criminosos que atuavam em 5 estados, se passavam por moradores e ostentavam nas redes sociais
Polícia prende integrantes de quadrilha envolvida na morte de empresário, em SP

Polícia prende integrantes de quadrilha envolvida na morte de empresário, em SP

Caso aconteceu em setembro do ano passado; criminosos usavam aplicativos de namoro para atrair as vítimas
Empresária condenada por matar o marido com um tiro na nuca se entrega à polícia em SP

Empresária condenada por matar o marido com um tiro na nuca se entrega à polícia em SP

Crime aconteceu em janeiro de 2013, na Zona Leste de São Paulo; Andressa Ramos de Araújo foi condenada a 13 anos e seis meses de prisão
Câmara aprova continuidade de benefício para o setor de eventos com impacto de R$ 15 bilhões

Câmara aprova continuidade de benefício para o setor de eventos com impacto de R$ 15 bilhões

Andamento do programa emergencial contrariou pedido do governo e valerá para 30 atividades econômicas. Texto segue para o Senado
Publicidade
Publicidade