Publicidade

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução para garantir ajuda humanitária em Gaza

Texto aprovado, no entanto, não exige o fim imediato dos bombardeios no território palestino

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução para garantir ajuda humanitária em Gaza
Publicidade

Após duas semanas de negociação e muitos adiamentos, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma resolução para garantir o aumento de ajuda humanitária à população da Faixa de Gaza. O texto aprovado, no entanto, não exige o fim imediato dos bombardeios no território palestino.

O número de mortos -- estimado em 20 mil pelo Ministério da Saúde de Gaza, controlado pelo Hamas -- é avalizado pelas Nações Unidas e pode ser muito maior por causa dos milhares de desaparecidos que ainda estão sob os destroços.

A ofensiva israelense fica mais forte à medida que aumenta a pressão por uma trégua. Nesta sexta, moradores do campo de refugiados de Bureij foram orientados a deixar a região.

Mesmo com uma nova pausa nos bombardeios, as condições poderão não ser as mesmas das do mês passado, quando centenas de israelenses e palestinos foram libertados.

O Hamas divulgou um comunicado confirmando que não aceita devolver reféns se não houver um cessar-fogo permanente. Do outro lado, Israel avisa que a guerra só vai acabar quando o país atingir seus objetivos: destruir o grupo palestino e libertar todos os sequestrados.

No Conselho de Segurança da ONU, a frase que pedia o fim imediato das hostilidades foi retirada do texto aprovado. Com abstenção da Rússia e dos Estados Unidos e 13 votos a favor, o braço mais poderoso das Nações Unidas aprovou apenas o aumento da ajuda humanitária para os palestinos.

O representante do Brasil, embaixador Sérgio Danese, defendeu a libertação dos reféns e a proteção de alvos civis e lembrou que isso não é apenas uma questão ética ou moral, mas respeito às leis internacionais.

A ajuda que entra no território palestino é controlada pelos israelenses, que afirmam que não há fome em Gaza, bem diferente do que diz a ONU, que aponta que a fome extrema já atinge mais de 25% da população.

Na batalha de versões, alguns fatos são incontestáveis. Nem o Hamas, nem Israel tem condições de negar o alto custo dessa guerra para aqueles que não moveram peça nenhuma pra que ela acontecesse.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Mundo
Guerra
Israel
Hamas
Palestina
ONU

Últimas notícias

Buscas por presidente do Irã: drone localiza fonte de calor; vice diz que resgate fez contato com vítimas

Buscas por presidente do Irã: drone localiza fonte de calor; vice diz que resgate fez contato com vítimas

Líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, discursou e tentou tranquilizar população sobre ausência de informações concretas
Tony Ramos passa por mais uma cirurgia no cérebro

Tony Ramos passa por mais uma cirurgia no cérebro

Ator de 75 anos foi submetido ao segundo procedimento neste domingo (19)
Processo que pode cassar mandato de Chiquinho Brazão deve ser concluído na Câmara até julho

Processo que pode cassar mandato de Chiquinho Brazão deve ser concluído na Câmara até julho

Apontado como mandante do caso Marielle, deputado será notificado no presídio em Campo Grande e terá dez dias para se defender no Conselho de Ética
Rio Grande do Sul alcança a marca de 135 prisões em meio às enchentes

Rio Grande do Sul alcança a marca de 135 prisões em meio às enchentes

48 ocorrências foram de roubos e furtos de pessoas afetadas pelos temporais, afirma Secretaria de Segurança Pública do estado
Neblina e montanhas dificultam localização do helicóptero do presidente do Irã

Neblina e montanhas dificultam localização do helicóptero do presidente do Irã

Agência oficial do país chegou a afirmar que aeronave havia sido localizada, mas mudou versão
Sobe para 157 o número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul

Sobe para 157 o número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul

88 pessoas seguem desaparecidas e 806 foram resgatadas feridas; mais de 2,3 milhões foram afetadas em todo o estado
Propostas que colocam meio ambiente em risco avançam no Congresso, alerta Observatório

Propostas que colocam meio ambiente em risco avançam no Congresso, alerta Observatório

Coordenadora da ONG afirma que, se aprovados, projetos resultarão em “mais emissões de gases de efeito estufa”
Tribunal julga nesta segunda (20) ação decisiva contra Assange

Tribunal julga nesta segunda (20) ação decisiva contra Assange

Corte britânica analisa garantias dos EUA para extradição. Lula defende ativista nas redes sociais
Justiça determina vistoria de pet shop em que animais morreram afogados em Porto Alegre

Justiça determina vistoria de pet shop em que animais morreram afogados em Porto Alegre

Decisão tem como objetivo verificar existência de animais ainda vivos no local; loja disse que animais não sobreviveram à enchente
Elenco do SBT recebe pessoalmente doações para o Rio Grande do Sul

Elenco do SBT recebe pessoalmente doações para o Rio Grande do Sul

Patrícia Abravanel e Ratinho estiveram neste domingo (19) na sede da emissora para campanha de ajuda às vítimas das enchentes
Publicidade
Publicidade