Publicidade

Palestinos famintos cercam caminhões de ajuda humanitária na Faixa de Gaza

Pela primeira vez desde o início da guerra a ajuda entrou pelo território israelense

Palestinos famintos cercam caminhões de ajuda humanitária na Faixa de Gaza
Caminhões levando ajuda humanitária para a Faixa de Gaza
Publicidade

Aliados europeus de Israel voltaram a pedir um cessar-fogo neste este domingo, 17 de dezembro, após uma série de tiroteios, incluindo a morte acidental de três reféns israelenses. Também ocorrerem protestos no país para a retomada das negociações com os líderes do Hamas em Gaza. Nesta segunda-feira (18), o  Secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, fará uma visita ao país. Washington expressa um crescente desconforto com as baixas civis, mesmo enquanto fornece apoio militar e diplomático.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A guerra que já dura 10 semanas devastou grandes partes do norte de Gaza, matou milhares de civis e levou a maioria da população para a parte sul do território sitiado, onde muitos estão em abrigos lotados e acampamentos de tendas. Cerca de 1,9 milhão de palestinos - cerca de 90% da população de Gaza - fugiram de suas casas.

Segundo o governo de Israel, pela primeira vez a ajuda humanitária passou diretamente de Israel para Gaza neste domingo, com 79 caminhões entrando por Kerem Shalom. Outros 120 caminhões entraram via Rafah, juntamente com seis caminhões transportando combustível ou gás de cozinha, disse Wael Abu Omar, porta-voz da Autoridade de Passagens Palestinas.

+ Acompanhe a cobertura da guerra em Israel

Os palestinos estão sobrevivendo com uma pequena quantidade de ajuda humanitária. Dezenas de pessoas desesperadas cercaram os caminhões de ajuda, forçando alguns a parar, derrubando caixas de mantimentos e as carregando.

As equipes humanitárias afirmam que ainda está longe de ser suficiente. "Você não pode entregar ajuda sob um céu cheio de ataques aéreos", disse Juliette Touma, porta-voz da agência da ONU para refugiados palestinos, em redes sociais, enquanto a agência estimava que mais de 60% da infraestrutura de Gaza foi destruída na guerra.

O Primeiro-Ministro Benjamin Netanyahu afirmou que Israel "continuará lutando até o fim", com o objetivo de eliminar o Hamas, que desencadeou a guerra com seu ataque em 7 de outubro ao sul de Israel e prometeu trazer de volta os aproximadamente 129 reféns. 

*Com informações da agência Associated Press. 

+ Naufrágio deixa pelo menos 61 refugiados mortos na Líbia

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
mundo
israel
palestina
guerra
ajuda humanitária
fome
onu
estados unidos
aliados europeus

Últimas notícias

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Compras internacionais: Câmara aprova taxação de 20% em valores até US$ 50

Proposta estabelece imposto para compra em sites internacionais, como Shein, AliExpress e Shopee
JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Publicidade
Publicidade