Publicidade

"A natureza está chegando a um momento limite para reverter o quadro", afirma Margareth Menezes

Ministra participou da COP 28 e disse que todas as ferramentas da cultura devem ser usadas para conscientizar sobre mudanças climáticas

"A natureza está chegando a um momento limite para reverter o quadro", afirma Margareth Menezes
Publicidade

A ministra Margareth Menezes, enfatizou o papel da cultura para a conscientização às mudanças climáticas e seu potencial de comunicação e sensibilização da população em uma entrevista à Agência de Notícias dos Emirados - WAM durante a COP 28 em Dubai, nos Emirados Árabes. 

Menezes exaltou o esforço do presidente Lula sobre a importância de se preservar o meio ambiente, "Eu acho que isso vem de uma mobilização muito grande do presidente Lula, de buscar unir essa força, que é um ativo importante para a humanidade, e para buscar uma consciência em relação a isso, como poderemos fazer, o que poderemos fazer para preservar a natureza, porque quem precisa da natureza em pé somos nós, a floresta em pé para gente poder viver.

Sobre o atual momento, a ministra disse ser preciso "chamar a consciência do que está realmente acontecendo, da necessidade de preservar" e que "estamos chegando a um momento de limite, a natureza está chegando a um momento limite para reverter o quadro". 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Questionada sobre como a cultura e seus meios podem auxiliar na conscientização da população, afirmou que todas as ferramentas devem ser utilizadas "Tudo que nós pudermos usar do escopo da cultura, o audiovisual, o cinema, chamando a todos para nos unirmos para esse grande momento de virada em relação à natureza nós temos que aproveitar", afirmou. 

A ministra se mostrou esperançosa de que haja uma mobilização global e as ideias discutidas se materializem, "É preciso que realmente a gente aproveite o potencial do que significa isso, a união de todos os países no mundo". Ela voltou a exaltar o papel da cultura para sensibilizar as pessoas, "a cultura é feita de gente, a cultura é uma coisa viva e eu acho que por isso a cultura é uma grande ferramenta pra gente conseguir chegar no sentimento das pessoas".

Em relação ao papel que o Brasil pode desempenhar em relação à preservação e a sustentabilidade, Margareth Menezes disse que, "O Brasil tá na liderança de combustível sustentável, combustível verde. E temos as experiências dos povos originários, temos as experiências dos povos quilombolas e uma juventude que pode nos auxiliar muito nesse momento".

O combate às desigualdades sociais também foi um tema abordado pela ministra, que exaltou as ações do Ministério da Cultura na execução de projetos com cotas para fortalecer a cultura afro-brasileira, a cultura quilombola e dos povos originários, dando representatividade para essas pessoas. Sobre o papel da mulher, disse que, "a experiência feminina pode auxiliar muito nesse momento de reflexão que o mundo está precisando" e encerrou a entrevista pedindo união, fé, esperança. 

Assista à íntegra da entrevista:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbt news
margareth menezes
ministra
cultura
cop 28
dubai
mulher
ministério da cultura
wam
emirados árabes

Últimas notícias

Reforma tributária: entenda cinco pontos do projeto de regulamentação

Reforma tributária: entenda cinco pontos do projeto de regulamentação

Haddad entregou ao Congresso primeira proposta elaborada pelo governo; uma das novidades é o IVA, imposto que unifica cinco tributos
Número de professores temporários supera o de concursados no DF e outros 14 estados

Número de professores temporários supera o de concursados no DF e outros 14 estados

Dados foram apresentados em nova pesquisa do Todos pela Educação
Suspeito de matar psicóloga em Natal é preso

Suspeito de matar psicóloga em Natal é preso

Homem é servidor do Tribunal de Justiça do RN; vítima foi encontrada morta e amarrada
AO VIVO: China envia três astronautas à estação espacial Tiangong nesta quinta (25)

AO VIVO: China envia três astronautas à estação espacial Tiangong nesta quinta (25)

Programa chinês pretende levar nave tripulada à Lua até 2030; Ye Guangfu, Li Cong e Li Guangsu integram o lançamento de hoje
PM acusado de matar esposa e enteada em Goiás vai a júri popular

PM acusado de matar esposa e enteada em Goiás vai a júri popular

Crime foi registrado em 2022, em Rio Verde (GO); autor de disparos teria poupado outra criança para causar “sofrimento grande”
Júri popular do bicheiro “Piruinha” será realizado nesta quinta (25)

Júri popular do bicheiro “Piruinha” será realizado nesta quinta (25)

José Caruzzo Escafura, de 94 anos, é acusado de mandar matar comerciante em 2021 no Rio de Janeiro por dívida de quase meio milhão de reais
Petrobras decide sobre dividendos extraordinários e elege novo Conselho de Administração nesta quinta (25)

Petrobras decide sobre dividendos extraordinários e elege novo Conselho de Administração nesta quinta (25)

Retenção do pagamento, em março, provocou fritura do presidente da estatal, Jean Paul Prates; com aval de Lula, CA propõe distribuição de 50%
Governo libera segunda parcela do Programa Pé-de-Meia; veja quem recebe

Governo libera segunda parcela do Programa Pé-de-Meia; veja quem recebe

Iniciativa tem como objetivo diminuir evasão escolar e desigualdade social entre jovens
SP: Grave acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa 4 mortos

SP: Grave acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa 4 mortos

Carro com três ocupantes foi prensado entre carretas; motorista de caminhão também não resistiu
Lula sanciona lei que reconhece blocos de Carnaval como manifestação da cultura nacional

Lula sanciona lei que reconhece blocos de Carnaval como manifestação da cultura nacional

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (25)
Publicidade
Publicidade