Publicidade

Heineken anuncia saída da Rússia após ser vendida por um euro

Estratégia de retirada da cervejaria holandesa conclui-se depois da transferência para o Grupo Arnest

Heineken anuncia saída da Rússia após ser vendida por um euro
Heineken se junta a outras empresas que deixaram a Rússia
Publicidade

A Heineken anunciou sua decisão de encerrar suas operações na Rússia, culminando na venda simbólica de seus negócios por apenas um euro (R$ 5,27). O comunicado oficial, emitido nesta 6ª feira (25.ago), sinaliza a conclusão de um processo iniciado em março de 2022, no qual a cervejaria holandesa transferiu suas atividades para o Grupo Arnest, uma empresa russa.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

+ Rússia multa Reddit em US$ 20 mil por não remover conteúdo sobre guerra

+ Ucrânia comemora 32º Dia da Independência sob ataque russo

Dolf van den Brink, CEO da Heineken, comentou sobre os desafios enfrentados pela empresa ao longo desse processo: "Os eventos recentes destacam as dificuldades que grandes indústrias enfrentam ao deixar o mercado russo". 

Como parte do acordo, a segurança no emprego dos cerca de 1.800 colaboradores da Heineken na Rússia foi assegurada pelo Grupo Arnest por um período de três anos.

Heineken vende operação na Rússia e deixa país | Reprodução/Heineken

Em termos financeiros, a Heineken antecipou uma perda de cerca de 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,58 bilhão) associada a essa estratégia de saída. A decisão foi tomada após a empresa ter reiterado seu compromisso em evitar a nacionalização de suas operações russas. A cervejaria destacou duas principais razões para a saída: preocupações com os interesses das partes envolvidas e o risco de o governo se beneficiar da apropriação forçada de ativos empresariais significativos.

Empresas que também suspenderam as operações na Rússia

Google, Microsoft, Mastercard, Visa, PayPal e outras suspenderam suas operações no país. Em 2022, o governo russo também bloqueou o acesso ao Facebook, Instagram e Twitter. No entanto, neste caso, moradores locais usam dispositivos de Virtual Private Network (VPN) para burlar a máquina de censura de Putin para poder acessar os aplicativos de redes sociais.

+ Guerra na Ucrânia impacta startups e empresas da Rússia

+ Netflix, Apple e outras empresas pausam operações na Rússia; veja lista

Desde que a Rússia anunciou a ofensiva na Ucrânia, dezenas de empresas suspenderam as atividades no país, como resposta ao governo. McDonald's, Coca-Cola, L'Oreal, Ferrari, Adidas, a rede de cafeterias starbucks e a montadora Ford estão entre as marcas que decidiram sair do país.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
noticias
russia
ucrania
guerra
cerveja
heineken
dolar
empresas
david-trindade

Últimas notícias

Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Mulher estava desaparecida há oito dias; ela saiu de Piracicaba, no interior de SP, e foi para o Mato Grosso do Sul
Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Policial foi morto com tiros da própria arma durante briga na zona leste de SP; dono do local também foi detido
Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Mendonça Filho (União Brasil-PE) quer reverter mudanças feitas pelo Senado no texto e que votação ocorra antes do recesso parlamentar
André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

O ministro, que já compõe a corte eleitoral como substituto, ocupará a cadeira deixada por Alexandre de Moraes
Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Foram necessárias 16 equipes do Corpo de Bombeiros para combater as chamas; ninguém se feriu na tragédia
CONTEXTUALIZANDO: Hotel em que Lula ficou na Itália tem diárias de até R$ 2,5 mil, e não de mais de R$ 71 mil

CONTEXTUALIZANDO: Hotel em que Lula ficou na Itália tem diárias de até R$ 2,5 mil, e não de mais de R$ 71 mil

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: STF volta a julgar porte de maconha, fogo no Pantanal e mais notícias do dia

Brasil Agora: STF volta a julgar porte de maconha, fogo no Pantanal e mais notícias do dia

Confira esses e outros destaques no programa matinal do SBT News, com apresentação de Murilo Fagundes e comentários de Iasmin Costa
STF retoma julgamento sobre descriminalização da maconha nesta terça (25)

STF retoma julgamento sobre descriminalização da maconha nesta terça (25)

Os ministros estão a um voto de derrubar o caráter criminal do porte da erva para consumo próprio; faltam votar Luiz Fux e Cármen Lúcia
SBT News na TV: Cidades do Rio Grande do Sul entram em alerta para novas inundações

SBT News na TV: Cidades do Rio Grande do Sul entram em alerta para novas inundações

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta terça-feira (25); assista!
Condenado por matar pai e madrasta, Gil Rugai passeia com família e amigos durante saidinha

Condenado por matar pai e madrasta, Gil Rugai passeia com família e amigos durante saidinha

SBT acompanhou com exclusividade a rotina de Gil Rugai durante sua última saída temporária do presídio
Publicidade
Publicidade