Publicidade

"Nenhuma chantagem vai ter resultados", diz Putin sobre motim do grupo Wagner

Presidente russo fez primeiro pronunciamento após rebelião de grupo paramilitar

"Nenhuma chantagem vai ter resultados", diz Putin sobre motim do grupo Wagner
Vladimir Putin fez pronunciamento sobre motim do grupo Wagner (Kremlin/Divulgação)
Publicidade

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez seu primeiro pronunciamento, nesta 2ª feira (26.jun), após motim liderado pelo grupo paramilitar Wagner. Os mercenários ameaçaram marchar na direção do Ministério da Defesa alegando que o exército russo havia atacado um de seus acampamentos. A rebelião, que durou 24h, acabou após acordo entre o Wagner, que luta na guerra da Ucrânia, e o governo russo.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Eles queriam que os russos lutassem uns contra os outros. Eles sonharam em se vingar pelos próprios fracassos no front, durante a chamada contraofensiva, mas eles calcularam mal. Nenhuma chantagem vai ter resultados. Toda a sociedade russa, todos estávamos unidos pela responsabilidade e pelo destino da nossa terra mãe. Desde o começo houve esforços para neutralizar a ameaça do motim armado", discursou Putin.

Putin ainda afirmou que os paramilitares que se rebeleram têm as seguintes opções: fazer um acerto com o Ministério da Defesa para continuar nos combates, largar as armas e retornar para suas famílias ou irem para a Bielorrússia. 

Mais cedo, nesta 2ª, o líder do grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin afirmou que a rebelião não tinha como objetivo derrubar o governo de Putin e era direcionada a generais do Ministério da Defesa do país.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
vladimir putin
grupo wagner
rússia
guerra na ucrânia

Últimas notícias

ENGANOSO: Lula não foi excluído de foto do G7 que mostra apenas os líderes dos países-membros

ENGANOSO: Lula não foi excluído de foto do G7 que mostra apenas os líderes dos países-membros

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora ao vivo: Toffoli diverge sobre maconha, Lula critica presidente do BC e mais notícias do dia

Brasil Agora ao vivo: Toffoli diverge sobre maconha, Lula critica presidente do BC e mais notícias do dia

Confira esses e outros assuntos que são destaques nesta sexta-feira (21)
SBT News na TV: Polícia indicia mãe, irmão e mais 9 pessoas no caso da ex-sinhazinha Djidja Cardoso

SBT News na TV: Polícia indicia mãe, irmão e mais 9 pessoas no caso da ex-sinhazinha Djidja Cardoso

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta sexta-feira (21); assista!
Mega-Sena acumula e chega a R$ 86 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 86 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 79 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 40 mil cada
Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Ação durou pouco mais de duas semanas em propriedades rurais na região do Pantanal
Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Silvia Waiãpi é acusada de utilizar recursos do Fundo Campanha para pagar o procedimento. Confira entrevista ao Poder Expresso
Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Segundo as novas normas, a satisfação do consumidor será um dos critérios de avaliação
Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Segundo as investigações, o grupo atuava em 15 estados
Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

"Por cinco meses, passei por isso", desabafou parlamentar que teve a bolsa encharcada
Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Prisões foram em cinco diferentes cidades do estado de São Paulo
Publicidade
Publicidade