Publicidade

Número de deslocados internos bate recorde mundial e chega a 71,1 milhões

Crise climática e violência continuam sendo principais influências para aumento da cifra

Número de deslocados internos bate recorde mundial e chega a 71,1 milhões
Cifra de 2022 representa um aumento de 20% em relação ao registrado no ano de 2021, quando foram contabilizadas 59,2 milhões de pessoas | Governo da Ucrânia
Publicidade

O avanço da crise climática e a promoção de conflitos prolongados, como a guerra na Ucrânia e as batalhas no Sudão, continuam levando milhares de pessoas a fugir de casa. Dados do Centro de Monitoramento de Deslocamento Interno (CMDI), divulgados nesta 5ª feira (11.mai), apontam que, apenas em 2022, o número de deslocados internos atingiu 71,1 milhões, quebrando mais um recorde mundial. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A cifra representa um aumento de 20% em relação ao registrado no ano de 2021, quando foram contabilizadas 59,2 milhões de pessoas. Segundo o CMDI, quase três quartos dos deslocados vivem em 10 países, incluindo Síria, Afeganistão, República Democrática do Congo e Sudão - que continuam enfrentando conflitos internos. Na Ucrânia, a invasão russa provocou quase 17 milhões de deslocamentos.

Número de deslocados no mundo (em milhões) | Reprodução/CMDI

"A guerra na Ucrânia também alimentou uma crise global de segurança alimentar que atingiu mais duramente os deslocados internos. Esta tempestade minou anos de progresso feito na redução da fome e da desnutrição global", disse Jan Egeland, secretário-geral do Conselho Norueguês para os Refugiados, acrescentando que 75% dos países com deslocados internos enfrentam crise de segurança alimentar.

Apesar dos conflitos representarem 28,3 milhões de deslocamentos em 2022, a crise climática continua prejudicando ainda mais as populações. Durante o período, 32,6 milhões de pessoas precisaram fugir de desastres naturais, como inundações e secas, sendo 7,4 milhões apenas do continente africano. 

+ França pede à UE que rotule grupo russo Wagner como organização terrorista

"Há uma necessidade crescente de soluções duradouras para atender à escala dos desafios enfrentados pelas pessoas deslocadas. Isso abrange a expansão da assistência monetária e programas de subsistência que melhoram a segurança econômica dos deslocados internos, até investimentos em medidas de redução de riscos que fortalecem a resiliência de suas comunidades, " avalia Alexandra Bilak, diretora do CMDI.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
numero
deslocados
internos
bate
recorde mundial
71 milhoes
guerras
crise climatica
ucrania
sudao
aquecimento global
camila-stucaluc

Últimas notícias

Moro chama de "boatos exagerados" possibilidade de cassação e elogia Judiciário

Moro chama de "boatos exagerados" possibilidade de cassação e elogia Judiciário

Para ex-juiz da Lava Jato, decisão unânime do TSE foi "técnica e independente"; senador pediu fim do que chamou de "espírito de revanchismo"
Homem é preso após filmar partes íntimas de jogadoras de vôlei

Homem é preso após filmar partes íntimas de jogadoras de vôlei

Crime foi registrado durante a Liga das Nações, no Rio de Janeiro, no estádio Maracanãzinho
Mercedes de dentista é um dos carros envolvidos em suposto racha que causou acidente em SP

Mercedes de dentista é um dos carros envolvidos em suposto racha que causou acidente em SP

Outro veículo bateu em moto e deixou motorista e passageira que estava na garupa internados na UTI; ela teve a perna amputada
Quaest: avaliação negativa de Lula entre deputados sobe 9 pontos e vai a 42%

Quaest: avaliação negativa de Lula entre deputados sobe 9 pontos e vai a 42%

Levantamento ouviu 183 parlamentares, cerca de 35,6% da Câmara; margem de erro é de 4,8 pontos percentuais
Pivotando: Conheça a trajetória de Marcelo Cherto, o pioneiro das franquias no Brasil

Pivotando: Conheça a trajetória de Marcelo Cherto, o pioneiro das franquias no Brasil

O fundador e presidente do Grupo Cherto conversou com João Kepler no 39º episódio do videocast do SBT News; assista!
Rio Grande do Sul está em alerta de perigo para tempestades; estado tem 161 mortes pelas chuvas

Rio Grande do Sul está em alerta de perigo para tempestades; estado tem 161 mortes pelas chuvas

Estão previstas chuvas de até 100 milímetros por dia e ventos intensos, que podem chegar a 100 km por hora
Tornado nos Estados Unidos deixa ao menos 12 feridos

Tornado nos Estados Unidos deixa ao menos 12 feridos

Governo alerta para mais atividades climáticas intensas nos próximos dias; hospital ficou destruído
Errou e apagou a mensagem só para você no WhatsApp? Agora dá para consertar

Errou e apagou a mensagem só para você no WhatsApp? Agora dá para consertar

Desfazer o "apagar para mim" é útil para quem publicou alguma imagem que não deveria
Filhote de cobra naja do Instituto Butantan está desaparecido

Filhote de cobra naja do Instituto Butantan está desaparecido

Órgão reforçou que tem o antídoto, caso o animal ataque alguém, mas especialistas acreditam que o réptil já esteja morto
Dia do Abraço: quais são os benefícios de abraçar, segundo a ciência

Dia do Abraço: quais são os benefícios de abraçar, segundo a ciência

História da data surgiu a partir da experiência de um homem que passava por um momento difícil após ter o noivado interrompido
Publicidade
Publicidade