Publicidade

Parlamento russo aprova lei que proíbe propaganda LGBT entre adultos

Norma engloba redes sociais, mídia e livros e pode resultar em multa de até 5 milhões de rublos

Parlamento russo aprova lei que proíbe propaganda LGBT entre adultos
Publicidade

O Parlamento da Rússia aprovou, nesta 5ª feira (24.nov), a última leitura do projeto de lei que proíbe a promoção de "conteúdos LGBT" em todas as mídias do país. Inicialmente, a proposta englobava apenas as propagandas voltadas a crianças e adolescentes, mas o texto foi alterado e inclui, agora, pessoas de todas as idades. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Com a nova lei, qualquer conteúdo que seja considerado como promoção da homossexualidade pode resultar em multas altas. Segundo o parlamento, a taxa ficou estipulada em 100 mil rublos para moradores e até 1 milhão de rublos para entidade legais. Para meios de comunicação, a multa pode chegar até 5 milhões de rublos.

No caso de propagandas feitas por estrangeiros, a ação pode resultar em 15 dias de prisão, bem como a expulsão do país. "Hoje, o LGBT é um elemento da guerra híbrida e nessa guerra híbrida devemos proteger nossos valores, nossa sociedade e nossos filhos", disse Alexander Khinstein, um dos autores do projeto de lei.

Agora, a proposta deve ser revisada pela Câmara Alta do Parlamento para, em seguida, ser assinada pelo presidente russo Vladimir Putin. Caso seja sancionada, a lei englobará, além da mídia, todos os conteúdos compartilhados em redes sociais, filmes e livros.

+ Presidente da Moldávia culpa Rússia por apagões no país

Ainda que a proposta não esteja em vigor, em outubro, a Rússia multou o TikTok em 3 milhões de rublos por conter "vídeos com temas LGBT". Na justificativa, o Tribunal Distrital de Tagansky de Moscou afirmou que a plataforma estava "promovendo valores não tradicionais, feminismo e representação distorcida dos valores sexuais tradicionais". 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
parlamento
russia
aprova
lei
proibe
propagadnda
lgbt
crianças
multas
midia
redes sociais
livros
filmes

Últimas notícias

Laudo diz que mulher acusada de envenenar parentes tinha “total consciência” de atos

Laudo diz que mulher acusada de envenenar parentes tinha “total consciência” de atos

Amanda Partata ofereceu alimentos envenenados a quatro pessoas e duas morreram; crime foi registrado em Goiânia, em dezembro do ano passado
Boulos recebe dois milhões de interações nas redes, ganhando de Tabata e Nunes

Boulos recebe dois milhões de interações nas redes, ganhando de Tabata e Nunes

No intervalo de 30 dias, o prefeito de São Paulo conseguiu 170 mil interações; militância de Bolsonaro ainda não aderiu a Nunes
FALSO: É falso que Lula tenha inaugurado obra da transposição do São Francisco já inaugurada por Bolsonaro

FALSO: É falso que Lula tenha inaugurado obra da transposição do São Francisco já inaugurada por Bolsonaro

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mega-Sena acumula pela oitava vez e prêmio vai a R$ 72 milhões

Mega-Sena acumula pela oitava vez e prêmio vai a R$ 72 milhões

Apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h00 de quinta-feira (18)
Greve em universidades: governo espera chegar a acordo com professores na sexta-feira (19)

Greve em universidades: governo espera chegar a acordo com professores na sexta-feira (19)

Categoria reivindica reestruturação de carreira e recomposição salarial
Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Latrell Brito usava empresas dele e de laranjas para simular concorrência em contratações de prefeituras alvos da Operação Munditia
Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (16)
Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Ex-presidente dos EUA é acusado de subornar atriz pornô durante período eleitoral; júri será composto por 12 pessoas
Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Decisão faz parte do inquérito que investiga empresário por suposta obstrução de Justiça e incitação ao crime
+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Publicidade
Publicidade