Publicidade

Chefe da Otan visita Turquia para discutir adesão de Finlândia e Suécia

Integração dos países foi assinada em julho deste ano e depende da ratificação dos 30 aliados

Chefe da Otan visita Turquia para discutir adesão de Finlândia e Suécia
Visita de Stoltenberg ao território turco deve durar três dias e contará com uma reunião com o presidente Recep Tayyip Erdogan | Reprodução/Twitter jensstoltenberg
Publicidade

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, desembarca, nesta 5ª feira (3.nov), na Turquia para discutir a adesão da Finlândia e Suécia à aliança militar. O país foi um dos únicos a se opor à candidatura das nações e, mesmo após anunciar um acordo, ainda não validou a integração dos governos.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A visita de Stoltenberg ao território turco deve durar três dias e contará com uma reunião com o presidente Recep Tayyip Erdogan, além de altos funcionários do governo. Dos 30 aliados da Otan, apenas a Turquia e a Hungria ainda não ratificaram a adesão dos países nórdicos, assinada no início de julho.

Na data, o governo turco anunciou um acordo com a Finlândia e Suécia, que incluiu um endurecimento das leis sobre abrigar separatistas curdos - considerados uma ameaça para o país -, bem como sobre o fornecimento de armas para o grupo.

+ Rússia volta a falar sobre uso de "bomba suja" pela Ucrânia e cita Ocidente

O ingresso dos países à Otan acontece em meio à ofensiva russa na Ucrânia, uma vez que Moscou começou a ser visto como ameaça pelos países vizinhos. Apesar de não expressar preocupação, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou que se contingentes e infraestruturas militares fossem mobilizados para as fronteiras, o país seria "obrigado a responder de forma simétrica".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
mundo
chefe
otan
visita
turquia
discutir
adesao
finlandia
suecia
ratificaçao
jens stoltenberg
russia
ucrania

Últimas notícias

Fila de espera no INSS para concessão de benefícios cai em 2024, diz relatório da Previdência Social

Fila de espera no INSS para concessão de benefícios cai em 2024, diz relatório da Previdência Social

Ao todo, os processos a espera de resposta inicial somam quase 1 milhão e 400, diminuição de 600 mil em relação a 2023
Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 67 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 52 mil cada
Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Imagens mostram correria no local; estado de saúde da criança é grave
Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Trabalhadores da área acusam Javier Milei de ter um plano para prejudicar o setor
Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

SBT Brasil visitou os estúdios da Pixar, em Los Angeles, para mostrar como a continuação foi produzida
Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Último inverno rigoroso que garantiu boas vendas foi em 2022. No ano passado, houve queda de 20%
Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Juliana Silva, conhecida como Nega Juh, foi morta em Nova Iguaçu, na noite deste sábado (15)
Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Só no ano passado, foram mais de 65 mil casos, três mil a mais do que em 2022
Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Marinha montou base de operações na região das ilhas de Porto Alegre para auxiliar rapidamente a população
Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Ministros da 1ª Turma decidem na terça (18) se irmãos Brazão, delegado do Rio e dois ligados à milícia do Rio sentam no banco dos réus como mandantes do crime
Publicidade
Publicidade