Publicidade

Casa Branca detalha medidas restritivas contra a Rússia

Estados Unidos querem prejudicar capacidade de refino de petróleo dos russos

Casa Branca detalha medidas restritivas contra a Rússia
Casa Branca (Wally Gobetz/Flickr)
Publicidade

Um conjunto de medidas restritivas que serão adotadas pelo governo americano contra a Rússia e Belarus -- a Bielorússia --, por causa da guerra na Ucrânia, foi detalhado nesta 4ª feira (2.mar) pela Casa Branca. Ele inclui por exemplo o fechamento do espaço aéreo dos Estados Unidos para voos russos -- anunciado pelo presidente Joe Biden na 3ª feira (2.mar) --, sanções de bloqueio total voltadas às entidades de defesa russas e "rigorosas políticas de controle de exportação" de bens tecnológicos para a Bielorússia.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Nesse último caso, caberá ao Departamento de Comércio implementar as restrições, que já são praticadas contra a Rússia. O objetivo é evitar que itens, tecnologias e softwares de Belarus sejam enviados para o território russo e, assim, prejudicar o poderio militar dos dois países. De acordo com a Casa Branca, a medida "limitará severamente a capacidade da Rússia e da Bielorússia de obter os materiais necessários para apoiar sua agressão militar contra a Ucrânia, projetar poder de maneiras que ameaçam a estabilidade regional e prejudicam a paz e a segurança globais".

Já as sanções de bloqueio total serão impostas pelo Departamento de Estado e visam a "restringir ainda mais a máquina de guerra de [Vladimir] Putin". "Essa ação imporá custos significativos às empresas russas de desenvolvimento e produção de armas", acrescenta o governo americano. De forma mais específica, os alvos serão 22 entidades da Rússia, entre as quais empresas fabricantes de aeronaves de combate, veículos de combate de infantaria, sistema de guerra eletrônica, mísseis e veículos aéreos não tripulados.

Em relação ao fechamento do espaço aéreo, a Casa Branca explica que aeronaves certificadas, operadas, registradas ou controladas por qualquer indivíduo ligado à Rússia estarão proibidas de entrar nos Estados Unidos. Há ainda outras duas medidas restritivas detalhadas nesta 4ª: controle de exportação de equipamento de extração de petróleo e gás, a ser implementado pelo Departamento de Comércio para prejudicar a capacidade de refino dos russos - atividade considerada uma fonte de receita importante que ajuda as Forças Armadas russas; e inclusão na chamada Lista de Entidades -- do Departamento de Comércio -- daquelas que estiveram envolvidas com militares russos ou de Belarus, ou contribuíram ou apoiaram, entre outras coisas, os serviços de seguranças de algum desses países, para impedir a obtenção de bens de tecnologia dos Estados Unidos por setores militar, aeroespacial, marítimo e de alta tecnologia.

Anúncio do Canadá

Ainda nesta 4ª feira, a ministra das Relações Exteriores do Canadá, Mélanie Joly, disse que, com o objetivo de pressionar ainda mais os líderes russos a pararem com a guerra contra a Ucrânia, o governo canadense imporá "restrições a 10 indivíduos-chave de duas importantes empresas do setor de energia da Rússia, Rosneft e Gazprom".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
mundo
guerranaucania
restrições
sanções
tecnologia
exportações
refino
capacidade
espaço aéreo
fechamento
bloqueio
militar
defesa
departamento de comércio
belarus
rússia
economia

Últimas notícias

Passageiro de carro envolvido em acidente em SP comprou três garrafas de bebida em bar

Passageiro de carro envolvido em acidente em SP comprou três garrafas de bebida em bar

Comanda do bar mostra que Felipe Gambeta Malheiro, que inicialmente se apresentou como condutor do veículo, comprou duas garrafas de vodka e uma de licor
Vídeo: Idoso de 84 anos é agredido por homem na zona sul de São Paulo

Vídeo: Idoso de 84 anos é agredido por homem na zona sul de São Paulo

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento da discussão e das agressões
Ramagem deixa a Polícia Federal após seis horas de depoimento sobre "Abin paralela"

Ramagem deixa a Polícia Federal após seis horas de depoimento sobre "Abin paralela"

Ex-diretor da Abin é apontado com um dos supostos chefes do núcleo político montado na agência para espionar ilegalmente desafetos do governo Bolsonaro
Procurador de Minas Gerais pede desculpas em vídeo por agressão a funcionária em cinema

Procurador de Minas Gerais pede desculpas em vídeo por agressão a funcionária em cinema

A gravação é parte de um acordo extrajudicial firmado entre o agressor e a vítima, de 25 anos
Lula se reúne com INSS e PF para tratar de ‘pente-fino’ nos benefícios sociais

Lula se reúne com INSS e PF para tratar de ‘pente-fino’ nos benefícios sociais

Encontro será realizado nesta quinta-feira (18), às 9h30, e terá ainda a presença de seis ministros
Senado aprova uso de vale-cultura para pagar ingressos esportivos

Senado aprova uso de vale-cultura para pagar ingressos esportivos

Projeto permite novo fim para benefício de R$ 50 a trabalhadores que ganham até cinco salários mínimos
Rei Charles III realiza o tradicional discurso no Parlamento

Rei Charles III realiza o tradicional discurso no Parlamento

Monarca leu as principais propostas redigidas pelo novo governo trabalhista
TSE vai enviar representantes para acompanhar eleições na Venezuela

TSE vai enviar representantes para acompanhar eleições na Venezuela

Pleito presidencial acontece no dia 28 de julho e é alvo de preocupação do Brasil
Para analista político, eleitor de Bolsonaro não vê Ramagem como traidor

Para analista político, eleitor de Bolsonaro não vê Ramagem como traidor

Aryell Calmon falou ao Poder Expresso sobre o apoio bolsonarista ao candidato à prefeitura do Rio de Janeiro (RJ). Deputado gravou conversa com ex-presidente
Dólar fecha em alta de 1,02% com impacto de falas de Lula e juros nos EUA

Dólar fecha em alta de 1,02% com impacto de falas de Lula e juros nos EUA

Moeda americana encerrou o pregão desta quarta-feira (17) cotada a R$ 5,48
Publicidade
Publicidade