Publicidade

Moraes vota para condenar mais 15 réus por atos do 8 de janeiro

Acusados respondem por crimes como golpe de Estado e dano qualificado; penas podem ir de 14 a 17 anos de prisão

Moraes vota para condenar mais 15 réus por atos do 8 de janeiro
Publicidade

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou, nesta sexta-feira (9), para condenar mais 15 acusados pela invasão e depredação dos prédios dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro de 2023. O magistrado, relator do caso, propôs penas que variam de 14 a 17 anos de prisão.

+ PF aponta indícios de que assessores de Bolsonaro coordenaram ataques do 8/1

O caso será julgado em plenário virtual, ou seja, sem debates, até 20 de fevereiro. Todos os réus foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que listou cinco crimes: associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado pela violência e deterioração de patrimônio tombado.

"Os atos criminosos, golpistas e atentatórios das instituições republicanas em 08/01/2023 desbordaram para depredação e vandalismo que ocasionaram prejuízos de ordem financeira que alcança cifras nas dezenas de milhões, para além das perdas de viés social, político, histórico – alguns, inclusive, irreparáveis –, a serem suportados por toda a sociedade brasileira", defendeu Moraes.

Ao todo, 2 mil pessoas foram detidas no dia da invasão. Destes, 1,3 mil foram denunciados pela PGR, sendo julgados pelo STF.

Até o momento, 59 pessoas foram condenadas, entre executores e financiadores da tentativa de golpe de Estado, com penas que vão de três a 17 anos de prisão. Outros 1,1 mil processos foram suspensos para acordos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

STF
Alexandre de Moraes
8 de janeiro
Atos golpistas

Últimas notícias

Torcedora flagra criança chamando Vinicius Jr de macaco durante jogo

Torcedora flagra criança chamando Vinicius Jr de macaco durante jogo

Ofensa racista aconteceu durante jogo entre Valencia x Real Madrid; mãe da criança tentou impedir gravação
Esquerda convoca ato para se contrapor ao de Bolsonaro, mas descarta pedido de prisão

Esquerda convoca ato para se contrapor ao de Bolsonaro, mas descarta pedido de prisão

Diferentes cidades deverão ter manifestações em 23 de março; divulgação de que atos exigiriam prisão de Bolsonaro foi criticada
Morre o jornalista Claudio Tognolli, aos 60 anos

Morre o jornalista Claudio Tognolli, aos 60 anos

Também músico e escritor, o profissional venceu os prêmios Esso e Jabuti
Fiocruz indica que vacina BCG é ineficaz quando aplicada em adultos

Fiocruz indica que vacina BCG é ineficaz quando aplicada em adultos

Segundo uma pesquisa conduzida pela fundação, o imunizante é mais eficaz quando aplicado em crianças de até 5 anos
FALSO: Vídeo é editado para insinuar falsamente que Magno Malta estava bêbado em ato pró-Bolsonaro

FALSO: Vídeo é editado para insinuar falsamente que Magno Malta estava bêbado em ato pró-Bolsonaro

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Paciente com câncer consegue congelamento de óvulos pelo plano de saúde

Paciente com câncer consegue congelamento de óvulos pelo plano de saúde

Mulher do Rio Grande do Sul ganhou na justiça o direito de tratamento pago pelo plano de saúde
Papa volta a suplicar por fim de guerras e por desarmamento

Papa volta a suplicar por fim de guerras e por desarmamento

Em reflexão na Praça São Pedro, o pontífice falou sobre o conflito entre Israel e o Hamas e pediu a libertação dos reféns
Apenas 1 em 4 pacientes recebem tratamento adequado contra o câncer

Apenas 1 em 4 pacientes recebem tratamento adequado contra o câncer

Levantamento global aponta para a importância de exames preventivos
2 milhões de árvores nativas foram replantadas na Amazônia

2 milhões de árvores nativas foram replantadas na Amazônia

Venda de crédito de carbono ajuda a manter floresta em pé
Terremoto volta a aterrorizar sul da Itália

Terremoto volta a aterrorizar sul da Itália

Abalo sísmico aconteceu nesta manhã de domingo e foi claramente sentido em Nápoles
Publicidade
Publicidade