Publicidade

Relator aponta discurso "alarmista" de Bolsonaro sobre fraude nas eleições

Ex-presidente é julgado pelo TSE por suposto abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação

Relator aponta discurso "alarmista" de Bolsonaro sobre fraude nas eleições
Ministro Benedito Gonçalves
Publicidade

O corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Benedito Gonçalves, realizou a leitura do relatório da investigação solicitada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) contra o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A ação acusa o ex-titular do Palácio do Planalto de suposto abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação em reunião com embaixadores, no Palácio da Alvorada, ocorrida em 18 de julho de 2022. Na ocasião, o então presidente questionou a lisura do sistema eleitoral brasileiro. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

No relatório, o ministro afirma que Bolsonaro adotou um "arco narrativo alarmista de que as eleições de 2022 fossem ?limpas, transparentes, onde o eleito realmente reflita a vontade da sua população?". Em decisão anexa às provas, ele destacou também a existência de "um clima de articulação golpista" em torno das eleições federais de 2022. 

"É central à consolidação dos resultados das Eleições 2022 averiguar se esse desolador cenário é, ou não, desdobramento de condutas em apuração nas diversas ações. Esse debate não pode ser silenciado ou inibido por uma artificial separação entre as causas de pedir e a realidade fenomênica em que se inserem", destaca, na decisão. 

O relatório foi disponibilizado ainda em 1º de junho e ainda não traz o voto do corregedor, que só é dado após a manifestação de todas as partes. O documento resume a tramitação da ação na Corte Eleitoral, acrescentando os depoimentos colhidos, perícias e diligências realizadas. Há, ainda, informações sobre as provas obtidas, como a chamada "minuta do golpe", apreendida pela Polícia Federal em operação na casa do ex-ministro da Justiça Anderson Torres. 

Além de Torres, os ex-ministros de Bolsonaro Ciro Nogueira, da Casa Civil, e Carlos França, das Relações Exteriores, também foram ouvidos ao longo da apuração. 

Próximos passos

Após a leitura do relatório da ação, o presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, concede a palavra, na tribuna, aos advogados de acusação e aos de defesa, nesta ordem. 

Em seguida, será dada pelo presidente a palavra ao representante do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) para que emita o parecer do órgão sobre a ação.

Finalizadas essas etapas, o ministro Benedito Gonçalves apresentará o seu voto na ação.

Na sequência, votam os ministros Raul Araújo, Floriano de Azevedo Marques, André Ramos Tavares, a vice-presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, o ministro Nunes Marques e, por último, o presidente do Tribunal, ministro Alexandre de Moraes.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
tse
jair bolsonaro
alexandre de moraes
inelegibilidade

Últimas notícias

Minha Casa, Minha Vida: meta de 2 milhões de unidades até 2026 será superada, diz Jader Filho

Minha Casa, Minha Vida: meta de 2 milhões de unidades até 2026 será superada, diz Jader Filho

Ministro das Cidades informou que edital para escolha de famílias do Rio Grande do Sul que vão receber casas novas deve ser finalizado na próxima semana
Motorista de BMW que matou recém-casado no Rio de Janeiro segue foragido

Motorista de BMW que matou recém-casado no Rio de Janeiro segue foragido

Vitor Vieira Belarmino é influenciador e desativou as redes sociais após o acidente; cinco mulheres estavam no veículo com ele
Chega a mil o número de operações contra garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami

Chega a mil o número de operações contra garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami

A milésima ação foi realizada na região de Palimiú e contou com participação de Censipam, Força Nacional e Funai
Sargento da PM morto em latrocínio é sepultado em Sorocaba

Sargento da PM morto em latrocínio é sepultado em Sorocaba

Agente baleado em Carapicuíba, foi abordado por homens armados durante a tentativa de roubo
Morre Bella Brave, influencer com doenças raras, aos 10 anos

Morre Bella Brave, influencer com doenças raras, aos 10 anos

Criança e mãe compartilhavam rotina nas redes sociais e contavam com mais de 7,2 milhões de seguidores no TikTok
Quadrilha invade mercado na zona sul de SP e tenta roubar balanças de precisão

Quadrilha invade mercado na zona sul de SP e tenta roubar balanças de precisão

A mesma quadrilha já havia realizado outros roubos e um dos integrantes tem vasta ficha criminal
Motorista deixa placa do veículo para trás ao fugir de colisão

Motorista deixa placa do veículo para trás ao fugir de colisão

Carro bateu contra barracas de ambulantes que estavam no local
"Prevenção tem que estar no orçamento público", diz ministro das Cidades sobre tragédias climáticas

"Prevenção tem que estar no orçamento público", diz ministro das Cidades sobre tragédias climáticas

Jader Filho afirma que pasta conversa com Casa Civil para tratamento específico ao Rio Grande do Sul no âmbito dos investimentos do Novo PAC em drenagem
Sobe para 31 o número de presos na megaoperação no Rio de Janeiro

Sobe para 31 o número de presos na megaoperação no Rio de Janeiro

Somente na segunda (15), foram cumpridos cinco mandados de prisão em aberto e quatro adolescentes foram apreendidos
Centro-Oeste do país e sul do Tocantins têm alerta de baixa umidade nesta terça (16)

Centro-Oeste do país e sul do Tocantins têm alerta de baixa umidade nesta terça (16)

Instituto Nacional de Meteorologia diz que há riscos de incêndios florestais e à saúde das populações nas áreas mais afetadas
Publicidade
Publicidade