Publicidade

"Ditadura nunca mais", diz Gilmar Mendes sobre tuítes de Villas Bôas

Trata-se do 2º ministro do STF que se manifesta contra declarações do ex-comandante do Exército em 2018

"Ditadura nunca mais", diz Gilmar Mendes sobre tuítes de Villas Bôas
O ministro do STF, Gilmar Mendes
Publicidade
Depois de Edson Fachin, o também ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes se manifestou nesta terça-feira (16.fev) sobre tuítes feitos pelo ex-comandante do Exército Eduardo Villas Bôas em 2018.

No Twitter, Mendes afirmou que o respeito à separação dos poderes é fundamental na República e rebateu o que chamou de deboche feito por quem deveria dar exemplo: "Ditadura nunca mais". 

"A harmonia institucional e o respeito à separação dos poderes são valores fundamentais da nossa República", escreveu. "Ao deboche daqueles que deveriam dar o exemplo responda-se com firmeza e senso histórico: Ditadura nunca mais!". 

 
Na segunda-feira, Fachin afirmou que pressionar o Judiciário é "intolerável e inaceitável" ao criticar declarações do ex-comandante do Exército. 

Em 2018, Villas Bôas postou no Twitter mensagens em que pressionava o STF no dia do julgamento de recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a prisão do petista no âmbito da Operação Lava Jato. 

Na época, Villas Bôas escreveu: "Asseguro à Nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à Democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais".

Em livro recém publicado, Villas Boas relatou que redigiu o texto dos tuítes com ajuda de integrantes do Exército. Reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo revelou que ministros do governo Jair Bolsonaro também participaram do processo de produção do conteúdo. 
 
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
justica
stf
gilmar mendes
eduardo villas boas
pressao
ditadura
edson fachin
lula

Últimas notícias

Lula volta a criticar ausência de Tarcísio durante evento em SP

Lula volta a criticar ausência de Tarcísio durante evento em SP

Presidente de República esteve em São José dos Campos para anúncios do BNDES
Apagão global já causou o cancelamento de 3,8 mil voos no mundo

Apagão global já causou o cancelamento de 3,8 mil voos no mundo

Apagão cibernético global também causou o atraso de 33.805 voos, segundo a plataforma FlightAware
Aplicativo da Uber apresenta instabilidade, aponta site de monitoramento

Aplicativo da Uber apresenta instabilidade, aponta site de monitoramento

Clientes fizeram reclamações nas redes sociais: "mds o fim do mundo n consigo pedir um uber" (sic)
Apagão cibernético não afetou sistemas do Congresso

Apagão cibernético não afetou sistemas do Congresso

Câmara e Senado disseram que não registraram qualquer problema; recesso parlamentar teve início na quinta-feira
PSDB antecipa convenção partidária para anunciar candidatura de Datena em SP

PSDB antecipa convenção partidária para anunciar candidatura de Datena em SP

Apresentador já desistiu quatro vezes de concorrer a cargos políticos; evento ocorre no mesmo dia do lançamento da candidatura de Tabata Amaral
Assalto com granada deixa dois feridos em Copacabana, no Rio

Assalto com granada deixa dois feridos em Copacabana, no Rio

Bandido que estava com o explosivo conseguiu fugir; vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Miguel Couto
Atleta australiano amputa parte do dedo para participar das Olimpíadas de Paris

Atleta australiano amputa parte do dedo para participar das Olimpíadas de Paris

O jogador de hóquei Matt Dawson quebrou o dedo semanas antes do início dos Jogos Olímpicos
SP: Feira busca tutores para cães resgatados no Rio Grande do Sul

SP: Feira busca tutores para cães resgatados no Rio Grande do Sul

Pets foram castrados e receberam tratamento após as enchentes
Eleições municipais 2024: partidos poderão realizar convenções a partir de sábado

Eleições municipais 2024: partidos poderão realizar convenções a partir de sábado

Reuniões são necessárias para que legendas e federações possam lançar políticos na disputa e seguem calendário oficial da Justiça Eleitoral
Filha de deputado é encontrada morta no Mato Grosso

Filha de deputado é encontrada morta no Mato Grosso

Polícia Civil ainda apura as circunstâncias da morte da jovem de 26 anos na zona rural da cidade de Nova Mutum
Publicidade
Publicidade