Publicidade

Usina de Zaporizhzhia é desconectada de rede elétrica após ataques russos

Apagão é o sétimo registrado desde o início da guerra e coloca segurança nuclear em xeque

Usina de Zaporizhzhia é desconectada de rede elétrica após ataques russos
Cenário da usina foi classificado como "extremamente vulnerável" pelo diretor-geral da AIEA, Rafael Grossi | Reprodução
Publicidade

A usina nuclear de Zaporizhzhia, na Ucrânia, foi desconectada da rede elétrica após ataques russos atingirem o local na madrugada desta 2ª feira (22.mai). Em comunicado, a operadora Energoatom informou que os bombardeios cortaram a conexão à última linha de alta tensão que ligava a central à rede elétrica ucraniana.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Após a perda de energia externa, que é vitalmente necessária para garantir o funcionamento das bombas de resfriamento de combustível nuclear, todos os geradores a diesel da usina começaram a operar automaticamente. Restam 10 dias de estoque de combustível para sua operação", informou a Energoatom.

Segundo a entidade, esta é a sétima vez que a usina nuclear, hoje ocupada por forças russas, sofre um apagão desde o início da guerra. O cenário foi classificado como "extremamente vulnerável" pelo diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, que alertou para um possível desastre nuclear.

"É muito simples: não atire na usina e não use a planta como base militar. Deve ser do interesse de todos chegar a um acordo sobre um conjunto de princípios para proteger a planta durante o conflito", disse Grossi, acrescentando que continua trabalhando para instalar uma zona neutra ao entorno da usina de Zaporizhzhia.

+ G7 pede que China pressione Rússia para encerrar guerra na Ucrânia

Além dos bombeiros, o diretor da AIEA enfatizou que a usina está abrigando cada vez menos funcionários, mesmo com o envio de equipes ao local, aumentando os riscos de erro humano. "Quanto mais tempo a usina tiver esse tipo de equipe reduzida, maiores serão os riscos à segurança nuclear. A situação continua insustentável", frisou.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
guerra-na-ucrania
usina nuclear
zaporizhzhia
desconectada
rede eletrica
ataque russo
energoatom
aiea
rafael grossi
segurança nuclear
camila-stucaluc

Últimas notícias

Em cinco anos, deputados apresentaram 14 propostas para restringir ou dificultar aborto legal

Em cinco anos, deputados apresentaram 14 propostas para restringir ou dificultar aborto legal

Entre os projetos, está o que cria o Estatuto do Nascituro e um que obriga a apresentação de boletim de ocorrência para fazer aborto em caso de estupro
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 53 milhões nesta terça-feira (18)

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 53 milhões nesta terça-feira (18)

Apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até as 19h
Brasil Agora: Idealizadores de plano de sequestro de Moro são mortos na prisão

Brasil Agora: Idealizadores de plano de sequestro de Moro são mortos na prisão

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta terça-feira (18)
Mauro Cid e pai prestam novo depoimento à PF sobre caso das joias sauditas

Mauro Cid e pai prestam novo depoimento à PF sobre caso das joias sauditas

Agentes identificaram mais um item que teria sido colocada à venda ilegalmente pelos auxiliares de Bolsonaro
Putin elogia Coreia do Norte por apoio em guerra contra Ucrânia

Putin elogia Coreia do Norte por apoio em guerra contra Ucrânia

Presidente russo também alfinetou países ocidentais, dizendo que o plano de isolar Moscou não funcionou
Corpo de Jacqueline Laurence será velado no Teatro Tablado, no RJ, nesta terça-feira (18)

Corpo de Jacqueline Laurence será velado no Teatro Tablado, no RJ, nesta terça-feira (18)

Cerimônia ocorrerá das 10h e 14h e será aberta ao público; crematório será reservado aos familiares
Nota Fiscal Paulista libera R$ 34,7 milhões em créditos; veja como resgatar

Nota Fiscal Paulista libera R$ 34,7 milhões em créditos; veja como resgatar

Valor é referente às compras realizadas em fevereiro de 2024 e ficará disponível para transferência por um ano
Coreia do Sul volta a fazer disparos de advertência após norte-coreanos cruzarem fronteira

Coreia do Sul volta a fazer disparos de advertência após norte-coreanos cruzarem fronteira

Militares recuaram após os tiros; Seul acredita que violação não foi intencional
SBT News na TV: chuvas voltam ao RS e provocam novos alagamentos

SBT News na TV: chuvas voltam ao RS e provocam novos alagamentos

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta terça-feira (18); assista!
Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Brasil se aproxima de 6 milhões de casos e 4 mil mortes por dengue em 2024

Números são maiores que os registrados em todo o ano de 2023
Publicidade
Publicidade