Publicidade

Pfizer pede uso emergencial de pílula contra covid à Anvisa

Medicamento possui quase 90% de eficácia

Pfizer pede uso emergencial de pílula contra covid à Anvisa
Prazo total de avaliação para o uso emergencial e temporário do medicamento é de até 30 dias | Unsplash
Publicidade

A farmacêutica Pfizer enviou, nesta 4ª feira (16.fev), o pedido de uso emergencial do medicamento contra covid-19, denominado Paxlovid, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O tratamento, que consiste na administração combinada dos comprimidos nirmatrelvir + ritonavir, tem como objetivo reduzir sintomas graves da doença e possíveis hospitalizações.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo a Anvisa, as primeiras 24 horas de análise serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e verificar se os documentos necessários estão disponíveis. Caso haja informações importantes faltando, a agência pode solicitá-las à farmacêutica. O prazo total de avaliação para o uso emergencial e temporário do medicamento é de até 30 dias.

+ EUA aprova remédio contra a covid-19 da farmacêutica MSD

Anunciado no fim do ano passado, o Paxlovid é um medicamento do tipo antiviral e de uso oral. Os estudos demonstram que esse medicamento, quando administrado no início da infecção pela doença, tem a capacidade de reduzir em até 89% o risco de hospitalização ou morte pela doença em adultos, além de ser um "inibidor potente" da variante ômicron. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnew
coronavirus
pfizer
envia
pedido
uso emergencial
pilula
covid-19
paxlovid
tratamento
pandemia

Últimas notícias

Brasil Agora: Professores das universidades federais encerram greve após 69 dias

Brasil Agora: Professores das universidades federais encerram greve após 69 dias

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta segunda-feira (24)
INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

Pagamentos serão feitos conforme o número final do cartão de pagamento; moradores do RS terão depósitos antecipados
No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

Dança típica foi considerada relevante para a identificação regional nas apresentações juninas
"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

Combates paralelos e contínuo deslocamento forçado de civis dificultam a entrega de ajuda na região
Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Resultado foi influenciado pelo acesso ao crédito e pelo aquecimento do mercado de trabalho
Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Publicidade
Publicidade