Publicidade

México e Argentina anunciam distribuição de vacina feita em conjunto

Primeiro lote com 1,6 milhão de doses do imunizante da AstraZeneca será dividido entre os dois países

México e Argentina anunciam distribuição de vacina feita em conjunto
presidente mexicano durante coletiva de imprensa
Publicidade

O México vai entregar as primeiras doses fabricadas em parceria com a Argentina no próximo fim de semana, após nove meses do lançamento do projeto. O anúncio foi feito pelo presidente mexicano Andrés Manuel López Obrador, em evento que contou com a participação virtual do presidente argentino Alberto Fernández. Os dois países firmaram um acordo, em agosto de 2020, que prevê a fabricação conjunta de 150 milhões de doses do imunizante da AstraZeneca. 

As unidades de vacina inicialmente são produzidas na Argentina e, depois, enviadas ao México para serem envazadas. Ao final do processo, os mexicanos devolvem metade do que foi produzido para os argentinos e ficam com a outra metade. Deste primeiro lote, cada país ficará com 800 mil doses.

A meta inicial era a de começar a produção no primeiro trimestre de 2021, mas o México atrasou a fabricação por falta de insumos e por problemas burocráticos. Os dois países estão com a vacinação em ritmo lento, segundo dados de pesquisadores da universidade britânica de Oxford compilados no projeto Our World in Data: 19,3% dos argentinos receberam ao menos uma dose até agora e apenas 5,3% foram completamente imunizados. No México, 14,2% da população tomaram a primeira dose, enquanto 9,2% receberam as duas unidades de vacina. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

vacina
covid19
astrazeneca
méxico
argentina
vacinação
doses
mundo
coronavírus
portalnews
thiago-ferreira

Últimas notícias

BMW blindada de ex-jogador de Palmeiras e Vasco é atingida por tiro no Rio

BMW blindada de ex-jogador de Palmeiras e Vasco é atingida por tiro no Rio

Cunhado do atleta dirigia o carro; zagueiro Luan foi transferido para o Toluca, do México, em junho deste ano
Fóssil de dinossauro com mais de 233 milhões de anos é encontrado após enchente no RS

Fóssil de dinossauro com mais de 233 milhões de anos é encontrado após enchente no RS

Ossada foi achada parcialmente exposta em São João do Polêsine, no Rio Grande do Sul
Em protesto contra o uso de IA, Disney sofre ataque hacker e dados são vazados

Em protesto contra o uso de IA, Disney sofre ataque hacker e dados são vazados

Ação foi manifestação contra arte produzida com inteligência artificial na empresa; informações foram roubadas
MDB x PT nas eleições: Lula não cobra de estarmos contra candidato do nosso partido, diz Jader Filho

MDB x PT nas eleições: Lula não cobra de estarmos contra candidato do nosso partido, diz Jader Filho

Ministro das Cidades defende pragmatismo em campanhas municipais e disse que não estará "em palanque de alguém que faça oposição radical a Lula"
Meta retira restrições das redes sociais de Trump

Meta retira restrições das redes sociais de Trump

Em 2023, os perfis do republicano foram restabelecidos no Instagram e no Facebook
Lula defende regulação das redes sociais e diz que big techs ganham dinheiro com mentiras

Lula defende regulação das redes sociais e diz que big techs ganham dinheiro com mentiras

Com o PL das fake news travado, presidente disse que governo pode enviar ao Congresso outro projeto para regular a atuação de big techs
Google pode comprar startup de cibersegurança por R$ 124 bilhões

Google pode comprar startup de cibersegurança por R$ 124 bilhões

Aquisição da Wiz pode ser a maior aquisição da história da empresa de tecnologia, segundo jornal Wall Street Journal
Turista que estava na Bahia pode ter morrido por picada de aranha-marrom

Turista que estava na Bahia pode ter morrido por picada de aranha-marrom

Suspeita é que jornalista paulista tenha sido picado em restaurante
Astros de "Wolverine" e "Deadpool" estão no Rio de Janeiro

Astros de "Wolverine" e "Deadpool" estão no Rio de Janeiro

Chegada do elenco faz parte da divulgação de novo filme
PF mira extração ilegal de madeira em terra indígena no Maranhão e investiga envolvimento de povos originários

PF mira extração ilegal de madeira em terra indígena no Maranhão e investiga envolvimento de povos originários

Um indígena da TI Geralda/Toco Preta foi preso; um dos alvos de mandado de prisão está foragido
Publicidade
Publicidade