Publicidade

Lula viaja ao Egito para reforçar laços em meio à tensão com Israel

Presidente deve participar de debates sobre guerra na Faixa de Gaza e defender medidas de paz

Lula viaja ao Egito para reforçar laços em meio à tensão com Israel
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) embarca, nesta semana, para o Egito, onde terá compromissos oficiais entre os dias 14 e 15 de fevereiro. A viagem acontece para ampliar as relações com o governo egípcio, que, em 2023, auxiliou as negociações para a saída de brasileiros que estavam na Faixa de Gaza - palco da guerra entre Israel e Hamas.

Essa será a primeira viagem internacional oficial de Lula em 2024. O passeio, no entanto, ocorre em meio à tensão entre Egito e Israel. Isso porque, na última semana, o governo de Benjamin Netanyahu rejeitou um acordo de cessar-fogo com o Hamas - mediado pelo Egito e Catar - e avançou na ofensiva em Rafah, último refúgio dos palestinos em Gaza.

Como a região de Rafah faz fronteira com o Egito, o temor é que as ações israelenses forcem os mais de 1,5 milhão de civis a entrar no território egípcio, provocando uma nova crise humanitária no país. O cenário, segundo o presidente Abdul Fatah al-Sisi, pode levar ao rompimento do tratado de paz israelo-egípcio, formado em 1979.

A ação, além de impactar a estabilidade regional, resultará no fechamento da fronteira com Rafah, suspendendo qualquer entrada de ajuda humanitária em Gaza, o que pioraria a crise humanitária na região. Atualmente, quase todos os residentes dependem de auxílio de entidades internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU).

+ Israel faz operação com 67 mortos e libera dois reféns do Hamas

A expectativa é que Lula participe dos debates sobre a guerra. Desde o início do conflito, o líder brasileiro vem apoiando a construção de medidas de paz entre Israel e Hamas para acabar com a guerra. Nas últimas declarações, ele comparou os ataques israelenses em Gaza com terrorismo, uma vez que os bombardeios já deixaram mais de 27 mil mortos.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Governo
Lula
Egito
Israel
Hamas

Últimas notícias

Casos de feminicídio registram aumento de 33% em janeiro no RJ

Casos de feminicídio registram aumento de 33% em janeiro no RJ

Em 2023, ligações para o 180 receberam 23% a mais de denúncias de violência doméstica
Governo nega reajuste de 7% e diz que vai aguardar arrecadação para definir aumento para servidores

Governo nega reajuste de 7% e diz que vai aguardar arrecadação para definir aumento para servidores

Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado, centrais sindicais e o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais cobram recomposição salarial
STF derruba regras sobre distribuição de vagas na Câmara

STF derruba regras sobre distribuição de vagas na Câmara

Se aprovada a regra, sete deputados federais perderiam os mandatos, mas a decisão só valerá a partir de 2024
Ministro da Educação defende aprovação do Novo Ensino Médio no 1º semestre

Ministro da Educação defende aprovação do Novo Ensino Médio no 1º semestre

Camilo Santana defende avanço rápido de proposta para aplicação em 2025, e atribui medida à melhoria do ensino
Assinar impeachment de Lula e participar do governo é "bizarro", diz Padilha

Assinar impeachment de Lula e participar do governo é "bizarro", diz Padilha

Ministro das Relações Institucionais disse que caso algum parlamentar da base tenha assinado a lista, é sinal de que não quer participar do governo
STJ decide no dia 20 se Robinho cumprirá pena no Brasil por estupro

STJ decide no dia 20 se Robinho cumprirá pena no Brasil por estupro

Ex-jogador da seleção foi condenado a noves anos de prisão por delito cometido na Itália
Ministro da Educação assume erros na divulgação de resultados do Sisu: "Está sendo avaliado"

Ministro da Educação assume erros na divulgação de resultados do Sisu: "Está sendo avaliado"

Camilo Santana citou adequações da nova lei de cotas e disse que a pasta apura internamente as causas da falha
Chuvas fortes devem atingir o Brasil até 4 de março

Chuvas fortes devem atingir o Brasil até 4 de março

Dados do Inmet mostram que grandes acumulados de chuva devem afetar 19 Estados brasileiros, sendo os principais Minas Gerais e os das regiões Norte e Nordeste
Bolsonaro diz que estado de sítio não é crime ao falar sobre "minutas do golpe"

Bolsonaro diz que estado de sítio não é crime ao falar sobre "minutas do golpe"

Ex-presidente voltou a negar que tenha sido dado o primeiro passo, em seu governo, para instauração de um estado de sítio no país
Poder Expresso: Fugitivos de Mossoró despistam há 14 dias o governo federal

Poder Expresso: Fugitivos de Mossoró despistam há 14 dias o governo federal

A força-tarefa que busca os detentos é formada por 540 agentes federais, drones, helicópteros e cães farejadores
Publicidade
Publicidade