Publicidade

Lula: Quem ama a democracia não pode perder de vista a importância da independência do Judiciário

Presidente discursou na sessão solene de abertura do Ano Judiciário de 2024, no Supremo Tribunal Federal

Lula: Quem ama a democracia não pode perder de vista a importância da independência do Judiciário
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, nesta quinta-feira (1º), que as pessoas que amam e defendem a democracia "não podem perder de vista a importância da independência do Judiciário". A declaração foi feita em discurso na sessão solene de abertura do Ano Judiciário, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Aqueles que atacam o Judiciário, disse Lula, "se julgam acima de tudo e de todos".

"Tentam a todo custo deslegitimar e constranger os responsáveis pelo cumprimento da lei com o claro objetivo de escaparem impunes."

Ainda de acordo com o presidente, "a relação entre os Três Poderes deve ser pautada pelo equilíbrio. O sistema de freios e contrapesos foi criado para que nenhum Poder se sobreponha ao outro. Nosso futuro será tanto melhor quanto mais baseado na cooperação entre instituições comprometidas com a paz, o crescimento econômico e a redução de todas as formas de desigualdade".

No início do discurso, Lula afirmou que "as pessoas que dão vida" ao Supremo "sentiram na pele o peso do ódio que se abateu sobre o Brasil nesses últimos anos".

"Sofreram perseguições, ofensas, campanha de difamação e até mesmo ameaça de morte, inclusive contra os seus parentes. Mas vocês não estavam sozinhos."

As demais instituições e os democratas do Brasil, acrescentou, estiveram e estarão sempre ao lado da Corte.

"Juntos enfrentamos uma ameaça que conhecíamos apenas das páginas mais trágicas da história da humanidade, o fascismo. Diziam que para fechar o STF bastava um cabo e um soldado. Pois vieram milhares de golpistas, armados de paus, pedras, barras de ferro e muito ódio, e não fecharam nem o Supremo, nem o Congresso, nem a presidência da República", prosseguiu, se referindo aos ataques às sedes dos Três Poderes em 8 de janeiro de 2023.

Da "tentativa de golpe" na data, pontuou, "as instituições e a própria democracia saíram fortalecidas".

Há um ano, segundo Lula, ainda era visível no Supremo as marcas da destruição deixadas pelo ataque, mas hoje celebra-se "a restauração da harmonia entre as instituição e do respeito à democracia". "O STF segue cumprindo o seu dever punindo os executores, financiadores, autores intelectuais e autoridades envolvidas no atentando contra o regime democrático".

Liberdade de expressão

Em determinado momento do discurso, o presidente afirmou que é preciso defender a liberdade de expressão -- a qual chamou de "conquista civilizatória" da Constituição de 1988 --, mas ao mesmo tempo "combater os discursos de ódio contra adversários e grupos minoritários historicamente vítimas de preconceito e de descriminação".

Em suas palavras ainda, "é preciso desmantelar a criminosa máquina de fake news, que durante a pandemia espalhou suspeitas infundadas sobre vacinas, causando a morte de centenas de milhares de brasileiros e brasileiras".

Conforme Lula, é preciso construir uma "regulação democrática" das plataformas digitais, da inteligência articial e das novas formas de trabalho em ambiente digital.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Governo
Governo Lula
Lula
STF
Ataque
8 de janeiro
Atos golpistas
Redes Sociais

Últimas notícias

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Mulher havia quebrado a perna na Pedra do Telégrafo; local é de difícil acesso
Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Polícia Civil investiga homicídio do integrante da dupla 'Wesley e Gustavo'; suspeito foi capturado em Minas Gerais
Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Anuncio aconteceu em meio a uma onda de desinformação contra o serviço de mensagens do Google
Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Ele afirma que a menina foi mordida e machucada por pelo menos dois colegas e monitora não prestou socorro
Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann fez duras críticas ao ex-presidente; já Coronel Telhada chamou Bolsonaro de estadista
Convidados jogam lixo em modelos durante desfile da marca Avavav, em Milão

Convidados jogam lixo em modelos durante desfile da marca Avavav, em Milão

Diretora criativa Beate Karlsson convocou a plateia para jogar papel, copos, latas, plástico, café, suco e até comida na passarela durante a apresentação da nova coleção
Navalny estava prestes a ser libertado em troca de prisioneiros, diz aliada

Navalny estava prestes a ser libertado em troca de prisioneiros, diz aliada

Negociações estavam em fase final um dia antes do opositor russo ser encontrado morto na prisão
Publicidade
Publicidade