Publicidade

Governo federal prorroga duração do Desenrola Brasil até março de 2024

Programa de renegociação de dívidas promete parcelamento de até 60 vezes e descontos médios de 83%

Governo federal prorroga duração do Desenrola Brasil até março de 2024
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prorrogou, até 31 de março de 2024, a duração do programa Desenrola Brasil. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta 3ª feira (12.dez), ampliando o prazo do programa de renegociação de dívidas em três meses. Inicialmente, o Desenrola estava programado para acabar em dezembro deste ano.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Podem ser renegociadas as dívidas que tenham sido negativadas de 2019 a 2022, cujo valor seja entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. Também estão incluídos débitos bancários e contas atrasadas de outros setores, como energia, água e comércio varejista. As dívidas podem ser parceladas em até 60 vezes, com juros de até 1,99% ao mês.

O programa oferece ainda desconto médio de 83% nas dívidas -- percentual que pode chegar a 99% em alguns casos. Nas renegociação, o cliente pode optar por quitar as dívidas sem entrada imediata, assim como utilizar a primeira parcela do 13º salário para solucionar pendências e começar a pagar os débitos a partir de dois meses.

Segundo o Ministério da Fazenda, o objetivo é "limpar o nome" e recuperar a capacidade de crédito dos brasileiros endividados. Até o início de dezembro, o Desenrola contabilizou 10,7 milhões de brasileiros atendidos e um valor de R$ 29 bilhões em dívidas renegociadas. 

+ Motoristas das categorias C, D ou E têm até 28 de dezembro para regularizar exame toxicológico

Além da prorrogação do programa, o governo federal alterou as regras referentes ao acesso ao Desenrola por meio das contas Gov.br. Agora, as contas de nível bronze também poderão acessar a plataforma, mas apenas para pagamento da dívida à vista. Contas ouro e prata, por sua vez, continuam contando com a opção de parcelamento.

Confira como elevar a conta gov.br para nível prata ou ouro:

Pelo celular 

- Abra o aplicativo gov.br no celular e faça o login na sua conta;
- Já na página inicial do aplicativo, vá em "Aumentar nível";
- O aplicativo te direcionará para as formas de validação disponíveis para o seu perfil.

Pelo computador

- Faça login na sua conta no site gov.br;
- No menu lateral esquerdo, vá em "Privacidade"  ;
- Depois, clique em "Selos de Confiabilidade" e, depois, na opção "Gerenciar lista de selos de confiabilidade";
- Clique em "Autorizar";
- Você será direcionado a uma página para completar as informações necessárias para subir de nível.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
governo
governo federal
prorroa
desenrola brasil
março 2024
renegociaçao de dividas
desconto
parcelamento
conta gov
bronze
ministerio da fazenda

Últimas notícias

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Mulher havia quebrado a perna na Pedra do Telégrafo; local é de difícil acesso
Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Polícia Civil investiga homicídio do integrante da dupla 'Wesley e Gustavo'; suspeito foi capturado em Minas Gerais
Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Anuncio aconteceu em meio a uma onda de desinformação contra o serviço de mensagens do Google
Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Ele afirma que a menina foi mordida e machucada por pelo menos dois colegas e monitora não prestou socorro
Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann fez duras críticas ao ex-presidente; já Coronel Telhada chamou Bolsonaro de estadista
Publicidade
Publicidade