Publicidade

Lula enfrenta primeira manifestação de policiais federais

Movimento pede aumento e reestruturação da carreira na PF; ministérios da Justiça e da Gestão e Inovação são alvos

Lula enfrenta primeira manifestação de policiais federais
pfs
Publicidade

Os policiais federais elevaram o tom nas negociações com o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por aumento salarial e mudanças nos planos de carreira, e marcaram para esta 5ª feira (16.nov) uma manifestação nacional.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Na sede da PF em Brasília e na frente das superintendências nos estados, o sindicato organizou protestos, para a manhã desta 5ª feira. Na data é comemorado o Dia do Policial Federal. Em Brasília, o protesto começa na frente da PF e segue até o Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

"Esperamos com isso chamar a atenção para uma situação que se arrasta sem uma razão convincente, visto que a proposta foi chancelada pelo próprio governo federal. Entretanto, mesmo diante desse fato histórico, o Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos ainda não apresentou os meios necessários à sua execução", informou o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcus Firme dos Reis, em nota da entidade.

Greve branca

Segundo a Fenapef, "várias atividades da PF em todo o país serão afetadas" com a greve branca da categoria.

Os policiais federais e servidores da PF pedem reestruturação das carreiras e atualização salarial. A categoria acusa o governo federal de "falta de compromisso" com a carreira. O alvo principal é a ministra Esther Dweck, da Gestão e da Inovação. 

O ministério informou à categoria que ainda não teria encontrado uma solução para a implementação da reestruturação das carreiras, policial e administrativa, da PF.

fenqapef
Marcus Firme, presidente da Fenapef | Divulgação

Para as entidades de classe, o aumento de trabalho da PF reforça a necessidade de um acordo. A Fenapef cita o aumento "da demanda de atividades da Polícia Federal, como o lançamento do Programa de Ação na Segurança (PAS), que inclui um decreto de regulamentação de armas de fogo que transfere a competência de fiscalização dessa atividade do Exército para a PF, e, mais recentemente, a realização da segurança presidencial e o Decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO)".

Segundo a categoria, essas medidas "têm exigido o máximo dos policiais federais sem qualquer contrapartida que promova a manutenção da excelência dos serviços prestados à população".

Crise política

A greve branca (quando os serviços são mantidos, mas o ritmo é reduzido) da PF é a primeira queda de braço entre a categoria e o atual governo Lula. A paralisação chega em momento crucial para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. 

Candidato a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), ele é alvo da mais nova crise do governo: o episódio da visita da mulher de uma liderança de facção criminosa ao ministério, com viagem paga pelo governo.

Desde o início da semana, a Fenapef pagou por inserções na TV, no rádio e em outdoors para chamar a atenção das pessoas para a campanha da categoria e para pressionar o governo Lula. 

No fim do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), os policiais federais também realizaram protestos contra o governo e acusaram o ex-presidente de traição. Chamado de "Dia D", no final de outubro -- véspera das eleições --, cerca de 200 policiais e servidores fizeram manifestações como a desta 5ª feira.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbt news
noticias
ricardo-brandt
pf
categoria
mjsp
dino
lula
carreira
fenapef

Últimas notícias

Joseli Camelo, do STM, diz que militares cometeram excessos na ditadura

Joseli Camelo, do STM, diz que militares cometeram excessos na ditadura

Ministro também condenou militares que estão se candidatando a cargos políticos ao falar das eleições municipais
Machado de Assis: após 'Brás Cubas' viralizar com tiktoker, conheça outros livros do escritor

Machado de Assis: após 'Brás Cubas' viralizar com tiktoker, conheça outros livros do escritor

Livro do "defunto-autor" é o mais vendido na Amazon americana na categoria Literatura Caribenha e Latino-Americana
MG: Ex-paciente e stalker de médico tem pedido de liberdade negado

MG: Ex-paciente e stalker de médico tem pedido de liberdade negado

Kawara Welch teria enviado 1,3 mil mensagens e feito 500 ligações telefônicas para a vítima
Médico nega atestado para mãe que precisa cuidar do filho doente

Médico nega atestado para mãe que precisa cuidar do filho doente

Profissional estava na lista de pediatras de unidade, mas não tem a especialidade; mulher afirma que fará um boletim de ocorrência
Lula recebe presidente do Benim em visita oficial no Palácio do Planalto nesta quinta (23)

Lula recebe presidente do Benim em visita oficial no Palácio do Planalto nesta quinta (23)

Presidentes vão tratar da relação comercial entre os dois países e celebrar reabertura da embaixada do país africano no Brasil
VÍDEO: Mariachis e “engolidor de fogo” brigam no meio da rua

VÍDEO: Mariachis e “engolidor de fogo” brigam no meio da rua

Confusão foi registrada no México; artistas estariam disputando espaço para apresentações
Haddad: "Queremos que a economia do RS volte e se recupere o mais rapidamente possível"

Haddad: "Queremos que a economia do RS volte e se recupere o mais rapidamente possível"

Ministro da Fazenda agradeceu ao Congresso por pactuar com projetos para a recuperação do estado na crise climática
Peixe de 100 quilos é encontrado morto na Praia da Boa Viagem, em Niterói

Peixe de 100 quilos é encontrado morto na Praia da Boa Viagem, em Niterói

O animal é da espécie Cherne e foi carregado por garis em uma maca improvisada; veja o vídeo
Anatel confirma criação de novo sistema de alerta de emergências até dezembro para Sul e Sudeste

Anatel confirma criação de novo sistema de alerta de emergências até dezembro para Sul e Sudeste

Atualmente em fase de testes pela Defesa Civil, procedimento deve começar a funcionar justamente quando chuvas de verão atingem regiões
Ex-jogador de beisebol é preso após marcar encontro com adolescente

Ex-jogador de beisebol é preso após marcar encontro com adolescente

Austin Maddox foi flagrado pela polícia quando chegava na casa da suposta vítima, na Flórida (EUA)
Publicidade
Publicidade