Publicidade

Twitter entra na mira da Justiça: plataforma terá que fazer mudanças

Contra ataques em escolas, Ministério definiu que rede que não cumprir regras poderá sair do ar

Twitter entra na mira da Justiça: plataforma terá que fazer mudanças
Twitter
Publicidade

O Ministério da Justiça poderá obrigar mudanças no Twitter, caso a plataforma queira seguir em funcionamento no Brasil. Entre as ações para frear ataques em escolas, o ministro Flávio Dino afirmou, nesta 4ª feira (12.abr), que redes sociais que não removerem conteúdos relacionados a ataques - conforme o entendimento da pasta - poderão ser bloqueadas no país. 

Dino não citou nominalmente o Twitter, mas a plataforma desponta como a que não atende aos pedidos de segurança definidos pelo ministério. O entendimento de representantes da rede, em reunião na última 2ª feira (10.abr), em relação às recomendações, também causou incômodo entre as autoridades brasileiras.

Uma advogada da rede comprada pelo bilionário Elon Musk teria causado perplexidade ao afirmar que um perfil no Twitter com foto de assassinos de crianças envolvidos em massacres em escolas não fere a política de uso da rede. A profissional também teria dito, que esses casos sob análise da equipe do ministro Flávio Dino não se tratavam de apologia ao crime. As informações foram obtidas pelo portal G1.

A rede também se recusou a retirar todos os perfis indicados pelo Ministério da Justiça. Em coletiva na 2ª, Dino relatou o caso, sem citar qual plataforma se tratava, e disse que as negociações continuariam. Mais cedo, em uma nova apresentação à imprensa, o ministro disse que as plataformas que não passarem por mudanças poderão deixar de funcionar no país.

"Nós estamos vendo que há uma situação emergencial que tem gerado uma epidemia de ataques, ameaças de ataques, assim como também difusão e pânico no seio das famílias e das escolas, comunidades escolares. E quando você vive um desafio, é claro que você deve agir proporcionalmente, foi nesse contexto que resolvemos editar uma portaria que traz medidas práticas, concretas, a fim de que haja uma regulação desse serviço prestado à sociedade, especificamente no que se refere à prevenção de violência contra escolas, afirmou Dino.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
governo
flavio dino
flávio dino
twitter
lis-cappi

Últimas notícias

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Marido é sequestrado um dia depois do casamento

Padrinho e testemunha do casamento também foram raptados; crime foi cometido enquanto mulher entregava buquê para pintura
Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Implosão do submersível Titan completa 1 ano: relembre a tragédia

Cinco pessoas morreram no acidente; investigações sobre a expedição continuam nos Estados Unidos
Justin Timberlake é preso em Nova York

Justin Timberlake é preso em Nova York

Cantor foi detido por estar dirigindo embriagado e está sob custódia da polícia local
Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Brasil registrou 127 homicídios por dia em 2022, diz Atlas da Violência

Estudo também destaca mais de cinco mil mortes classificadas como "ocultas", quando a causa não foi esclarecida
Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Comerciante é vítima de fake news após assalto em joalheria

Homem teve fotos e vídeos divulgados nas redes sociais como se fosse assaltante
Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Lula critica "taxa das blusinhas", mas sinaliza que não deve vetar medida: "Assumi compromisso"

Presidente admitiu acordo para cobrar 20% de PIS/Cofins em projeto do Mover; petista também falou sobre derrota no PL das "saidinhas"
Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Bill Gates aposta em startup para construir usina nuclear nos Estados Unidos

Projeto visa construir unidade energética em uma antiga usina de carvão em Wyoming para atender a crescente demanda por eletricidade do país
Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Pauta de costumes "não tem nada a ver com realidade que estamos vivendo", comenta Lula sobre PL do aborto

Para presidente, debate é "cru" e assunto deveria ser razões que motivam necessidade do procedimento: "Estamos retrocedendo nesta pauta"
Lula diz que presidente do Banco Central tem lado político e trabalha para prejudicar o Brasil

Lula diz que presidente do Banco Central tem lado político e trabalha para prejudicar o Brasil

Presidente da República afirmou que Roberto Campos Neto pode se tornar um "novo Sergio Moro"
Danilo Forte fala ao Perspectivas sobre Reforma Tributária e PL do "devedor contumaz"; assista ao vivo

Danilo Forte fala ao Perspectivas sobre Reforma Tributária e PL do "devedor contumaz"; assista ao vivo

Deputado dá detalhes sobre evento em que participou com Bernard Appy, secretário extraordinário da Reforma Tributária
Publicidade
Publicidade