Publicidade

Lula 'puxa orelha' de ministros e diz que não quer surpresas

Para presidente, programas devem ser discutidos para que não sejam anunciadas políticas que podem não ser cumpridas

Lula 'puxa orelha' de ministros e diz que não quer surpresas
Publicidade

Em reunião com ministros no Palácio do Planalto nesta 3ª (14.mar), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chamou a atenção dos ministros para que não seja anunciada publicamente nenhuma política pública que ainda não tenha passado pela Casa Civil, comandada por Rui Costa, e pela Presidência da República. De acordo com Lula, a medida mantém a unidade do governo e diminui as chances de serem prometidas políticas que não podem ser cumpridas. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo Lula, o governo iria dizer aos ministros quais medidas foram anunciadas ao público, antes de passarem pela Casa Civil, em parte da reunião fechada à imprensa, e que isso "não pode se repetir". No puxão de orelha, o presidente ainda disse que até mesmo "genialidade" que um ministro possa ter, não deve ser anunciada sem a anuência dele. 

"Nós não queremos propostas de ministros. Todas as propostas de ministros deverão ser transformadas em propostas de governo e só serão transformadas em proposta de governo quando todo mundo souber o que vai ser decidido. Por isso que é importante toda e qualquer posição, qualquer genialidade que alguem possa ter, é importante que antes de anunciar, faça uma reunião com a Casa Civil, para que a Casa Civil discuta com a Presidência da República, para que a gente possa chamar o autor da genialidade pra anunciar publicamente, para que seja uma coisa do governo, para que esteja de acordo com os Ministérios, que esteja de acordo a Fazenda, com o Planejamento, porque assim é que a gente cria as condições motivadoras de todo mundo concordar com a política que foi anunciada", disse. 

Para Lula, a dinâmica é fundamental para que o governo tenha o controle financeiro dos programas, porque, para ele, é importante que o governo não prometa o que não pode cumprir. 

"Eu queria que vocês tivessem certeza que, do ponto de vista da Presidência e da Casa Civil, vocês terão todo o apoio, combinando com o Haddad e com a Simone, que cuidam do caixa, para que a gente não erre, para que a gente não prometa o que não possa cumprir, para que a gente faça só o que está dentro da nossa possibilidade", afirmou. E que "se tiver que arriscar alguma cosa, a gente tem que arriscar com viés de acerto acima de 80%, porque a gente não pode correr o risco de anunciar algo que não vai acontecer".
 

Lula quer que ministros não anunciem programas sem sua anuência | EBC

Anúncios futuros

O presidente diz estar certo de fazer mais anúncios de programas em breve.

"Já anunciamos o Pnae (Programa Nacional de Alimentação Escolar), a merenda escolar, estamos trabalhando na perspectiva de anunciar o grande programa de escola integral com as crianças brasileiras. Eu pretendo viajar com o ministro da Educação (Camilo Santana) por alguns estados do país para fazer anúncios, retomar escola técnica, retomar algumas universidades que estão paralisadas", afirmou.

O presidente ainda criticou o formato atual de escolas públicas, que classificou como"caixotes" e disse que vai buscar criar unidades maiores para que as crianças consigam ter mais atividades durante o dia, no formato integral. Para Lula, gastar mais não significa prejuízo.

x
Lula diz que medida para mostrar unidade do governo | Agência Brasil

"Eu acho que o povo merece essas coisas de qualidade. Ela (escola) vai custar um puco mais caro do ponto de vista econômico, mas vai ser mais barato do ponto de vista do lucro que nós vamos ter com o aprendizado da meninada e da qualidade da educação que eles vão ter", falou.

Desativar verificaçãoSugestões PremiumDesativar verificaçãoSugestões Premium
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
lula
programas
sbt
sbtnews
educação
sbtnews
sbt
governo
reuniao
ministerial
ministros
presidente
republica
palacio
planalto

Últimas notícias

Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Aedes aegypti pode transmitir aos pets doença conhecida como 'verme do coração'; conheça sintomas e tratamento
José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

Político está internado desde o dia 25 de fevereiro por causa de uma pneumonia
Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

País ocupa atualmente a 9ª colocação, à frente de Canadá, Rússia e Austrália. Confira lista
Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Dois ministros do STM consideraram homicídio culposo a ação do Exército que teve 257 tiros de fuzil e resultou em duas mortes
Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Combinação evita a emissão de 5 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera
Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

País pode fechar o ano com mais de quatro milhões de infectados por arboviroses
Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Minas Gerais é o estado com o maior número de casos prováveis da doença
Polícia prende 23 pessoas que aplicavam golpes em comerciantes de sete estados

Polícia prende 23 pessoas que aplicavam golpes em comerciantes de sete estados

"Central de telemarketing do crime" funcionava em São Paulo; idosos eram vítimas preferidas
Associações médicas do Brasil vão enviar manifesto sobre péssima qualidade do ar para Marina Silva e Conama

Associações médicas do Brasil vão enviar manifesto sobre péssima qualidade do ar para Marina Silva e Conama

No Brasil, a poluição atmosférica mata mais de 50 mil pessoas por ano, eleva o número de internações hospitalares e gera custos ao sistema público de saúde, diz pesquisa
Crioterapia: banho de gelo ativa circulação e reduz estresse

Crioterapia: banho de gelo ativa circulação e reduz estresse

Técnica se popularizou com vídeos de celebridades e influenciadores nas redes sociais
Publicidade
Publicidade