Publicidade

Lula se reúne com ministra Rosa Weber, no STF, após atos golpistas

Mais cedo, presidente assinou decreto de intervenção federal na segurança do Distrito Federal

Lula se reúne com ministra Rosa Weber, no STF, após atos golpistas
Presidente Lula
Publicidade

Após chegar em Brasília (DF), na noite deste domingo (8.jan), o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, foi até a sede do Supremo Tribunal Federal (STF) para conversar com a presidente da corte, ministra Rosa Weber. O encontro aconteceu após a realização dos atos golpistas que deixaram as sedes dos Três Poderes depredadas.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Lula estava em Araraquara, no interior de São Paulo, para avaliar os danos causados pela chuva quando o ataque golpista aconteceu. Ainda na cidade paulista, Lula assinou o decreto de intervenção federal na segurança do Distrito Federal, válido até 31 de janeiro. 

De acordo com o presidente, o que aconteceu na tarde deste domingo foi uma "barbárie", com vândalos destruindo "o que viram pela frente".

Ele ainda classificou os golpistas de "vândalos" e afirmou que todos eles serão identificados e punidos. O petista disse que o governo também vai descobrir quem são os financiadores por trás da invasão.

Interventor
Em seu pronunciamento, Lula falou que a democracia garante a liberdade de expressão e manifestação, mas também exige que "as pessoas respeitem as instituições criadas para fortalecer a democracia".

A justificativa para a intervenção, segundo o decreto, é pôr fim ao grave comprometimento da ordem pública que ameaça os prédios do Congresso, do STF e do Planalto.

Lula anunciou que o interventor responsável será Ricardo Cappelli, secretário executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

intervenção
lula
portalnews
brasil
golpistas
stf
supremo
rosaweber

Últimas notícias

Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

Barroso vota contra abertura de processos disciplinares de magistrados da Lava Jato

O presidente do CNJ discorda do corregedor nacional de justiça, Luis Felipe Salomão, que chegou a determinar o afastamento cautelar dos envolvidos
Poder Expresso: militares relatam drama de doenças associadas às chuvas no RS

Poder Expresso: militares relatam drama de doenças associadas às chuvas no RS

Ministério da Saúde (MS) se prepara para aumento significativo nos casos de leptospirose no Rio Grande do Sul
Senado aprova reajuste salarial para servidores federais

Senado aprova reajuste salarial para servidores federais

Projeto de Lei vai à sanção presidencial; os maiores reajustes previstos são para os policiais penais
Prejuízo com as chuvas no Rio Grande do Sul sobe para R$ 11 bilhões

Prejuízo com as chuvas no Rio Grande do Sul sobe para R$ 11 bilhões

Tragédia climática no estado já causou 169 mortes; 44 pessoas estão desaparecidas e mais de 97 mil desabrigadas
Tiroteio termina com criança e policial penal mortos em Senador Camará, no RJ

Tiroteio termina com criança e policial penal mortos em Senador Camará, no RJ

Motociclista que passava pelo local ficou ferido na ação
Eleição em São Paulo: Boulos e Nunes estão tecnicamente empatados, diz Datafolha

Eleição em São Paulo: Boulos e Nunes estão tecnicamente empatados, diz Datafolha

Pesquisa realizada entre segunda (27) e terça-feira (28) ouviu 1.092 eleitores da capital paulista
Pessoa morre após ser engolida por motor de avião em aeroporto de Amsterdam

Pessoa morre após ser engolida por motor de avião em aeroporto de Amsterdam

Identidade da vítima não foi divulgada; Polícia holandesa fará investigação sobre o acidente
Senado adia votar taxação de comprinhas de até US$ 50 em 20%

Senado adia votar taxação de comprinhas de até US$ 50 em 20%

Projeto Mover, que inclui trecho para compras internacionais, ficou para a próxima terça-feira (4)
Vídeo: viatura da PM capota após colidir com ônibus articulado no Rio de Janeiro

Vídeo: viatura da PM capota após colidir com ônibus articulado no Rio de Janeiro

Acidente aconteceu na manhã desta quarta-feira (29), na Barra da Tijuca
Governo comemora números da economia em meio a derrotas no Congresso

Governo comemora números da economia em meio a derrotas no Congresso

Foram apresentados dados da criação de vagas de empregos formais e da taxa de desemprego no trimestre encerrado em abril
Publicidade
Publicidade