Publicidade

Após 49 dias, Pazuello registra primeiro compromisso oficial em 2022

O secretário especial de Bolsonaro não havia publicado nenhum afazer desde o início do ano

Após 49 dias, Pazuello registra primeiro compromisso oficial em 2022
Governo
Publicidade

O general Eduardo Pazuello, atualmente assessor especial da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos (SAE) no governo Jair Bolsonaro (PL), registrou o primeiro compromisso em sua agenda pública nesta 5ª feira (17.fev), após 49 dias "sem compromisso oficial".

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O ex-ministro da Saúde descreveu a primeira atividade do novo ano como "despachos internos" -- uma referência às atividades administrativas de rotina --, com duração de oito horas, das 10h às 18h. No dia seguinte, 6ª feira (18.fev), não computou nenhuma informação no documento. 

No fim do ano passado, Pazuello passou os 10 últimos dias úteis de 2021 sem nenhuma obrigação publicada -- cumprindo "recesso" entre os dias 20 e 24 de dezembro.

O cargo ocupado pelo general da ativa é enquadrado na Direção e Assessoramento Superior (DAS) no nível 6, a mais alta das disponíveis. A remuneração é de R$ 16.944,90. A nomeação passou por aprovação do ministro Luiz Eduardo Ramos, da Casa Civil da Presidência da República.

Quem deve divulgar?

O registro diário de todos os compromissos públicos, realizados de forma presencial ou não, deve ser realizado pelos agentes públicos do Executivo, ministros de Estado, ou servidores com DAS 5 e 6 ou equivalentes.

Bem como presidente, vice-presidente e diretor (ou equivalentes) de autarquias, fundações públicas, empresas públicas ou sociedades de economia mista.

Segundo a Resolução nº 11/2017 da Comissão de Ética Pública, que normatiza quais informações devem ser divulgadas -- e de que forma --, quando não houver compromisso público, o servidor deve indicar "sem compromissos oficiais" ou informar os períodos de despachos internos. Quando houver questões de sigilo, deve-se apontar que informação é sigilosa e dar publicidade à parte não sigilosa. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

eduardo pazuello
secretaria especial de assuntos estratégicos
jair bolsonaro
planalto
governo
cezar-camilo
portalnews

Últimas notícias

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Passageiros passam horas presos em avião sem refrigeração na Grécia; veja vídeo

Temperatura na aeronave da Qatar Airways ultrapassou os 40º C
Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Jovem é morto após marcar encontro por aplicativo de relacionamento gay em SP

Leonardo Rodrigues Nunes, de 24 anos, chegou a ser socorrido Pronto Socorro do Hospital Ipiranga, porém não resistiu aos ferimentos
Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Temporais provocam inundações e ameaçam prédios no Chile

Erosão causada pela chuva coloca em risco um complexo de edifícios de luxo em Viña del Mar
Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Por falta de segurança, nem todos caminhões de ajuda humanitária são recebidos em Gaza

Bombardeios israelenses no extremo sul, em Rafah fazem ser inviável a passagem dos caminhões
Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Mercado Público de Porto Alegre volta a funcionar parcialmente após 41 dias fechado por inundação

Os restaurantes do segundo piso e as lojas com acesso direto para a rua voltam a operar das 10h às 15h, nesta sexta (14) e sábado (15)
VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

VaideBet e Corinthians: polícia tenta localizar testemunha chave do caso

Segundo a polícia, Adriana Ramuno, de 53 anos, esteve na casa da mulher, usada como laranja no repasse de comissão da VaideBet, antes do caso ir à imprensa
Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Ministério Público do RS prende 26 em operação contra grupo criminoso que atuava na serra gaúcha

Segundo o MP-RS, o grupo é um dos mais ativos e violentos na serra gaúcha
STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

STF forma maioria para tornar Janones réu por ofensas contra Jair Bolsonaro

Nas redes sociais, o deputado chamou o presidente de “assassino”, “miliciano” e “ladrãozinho de joias”
Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Thiago Brennand é condenado a indenizar advogada por danos morais

Gabriela Manssur entrou com uma ação por calúnia contra o empresário depois que ele ser referiu a ela como "bandida", "maloqueira" e "canalha" nas redes sociais
Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Rio Grande do Sul recebe destinação recorde do Imposto de Renda

Ao todo, foram R$ 101 milhões, quase três vezes mais do que o valor registrado em 2023
Publicidade
Publicidade