Publicidade

Eleições: saiba como os famosos se saíram nas urnas

Irmão do ator Bruno Gagliasso, o ex-jogador Romário e Tiririca foram alguns dos que disputaram o pleito

Eleições: saiba como os famosos se saíram nas urnas
Sarah Poncio, Tiririca e Thiago Gagliasso
Publicidade

Artistas, cantores, influenciadores e ex-atletas concorreram a vagas no Executivo e Legislativo nas eleições deste ano. O ex-jogador de futebol Romário (PL) foi reeleito como senador pelo Rio de Janeiro com 2.384.331 votos, o que equivale a 29,19% dos votos válidos. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Assim como ele, outros ex-atletas também lançaram candidaturas. Entre os que conseguiram garantir uma cadeira estão Maurício do Vôlei (PL), que ficou bastante conhecido ao tecer comentários preconceituosos que resultaram na sua demissão do Minas Tênis Clube, em outubro do ano passado. Ele foi eleito deputado federal por Minas Gerais, com 83.396 votos. 

O ex-jogador de futebol Danrlei também concorreu e foi reeleito pelo PSD para seu quarto mandato como deputado federal pelo Rio Grande do Sul.

Maurício do Vôlei (PL) | Reprodução

Entre os que concorreram ao pleito, mas não conseguiram se eleger ou reeleger, estão Leila do Vôlei (PDT), que se candidatou ao governo do Distrito Federal.

Leila do Vôlei (PDT) | Reprodução

O ex-goleiro Bebeto Tetra (PSD) e o ex-técnico da seleção brasileira Joel Santana (Pros), que tentaram se candidatar como deputado federal no Rio; o técnico do Brusque Futebol Clube, Gilson Kleina (Progressistas), que lançou candidatura para deputado federal pelo Paraná e a medalhista Maurren Maggi (Republicanos), que tentava uma vaga como deputada federal por São Paulo, também ficaram de fora.

Maurren Maggi (Republicanos) | Reprodução

Vanderlei Cordeiro de Lima (Progressista), ex-maratonista que conquistou bronze nas Olímpiadas de Atenas, e o bicampeão mundial de judô João Derly, do Republicanos, também não conseguiram se eleger. O lutador Wanderlei Silva (Progressistas) e a ex-jogadora de vôlei Márcia Fu, do União Brasil, também não conseguiram votos suficientes.

Entre artistas e influenciadores que se lançaram nas eleições deste ano estão nomes bastante conhecidos na internet e televisão. Mário Frias (PL), o ex-secretário especial da cultura do Brasil, foi eleito deputado federal por São Paulo com 122.562 mil votos.

Mário Frias| Reprodução

Thiago Gagliasso (PL), irmão do ator Bruno Gagliasso, foi eleito deputado estadual pelo Rio de Janeiro; A cantora Leci Brandão, do PCdoB, reeleita ao cargo de deputada estadual por São Paulo; e o cantor e deputado federal Tiririca (PL), reeleito para o seu quarto mandato na Câmara. 

Leci Brandão | Reprodução

Alexandre Frota (PSDB), Antônia Fontenelle (Republicanos), o cantor Netinho da Bahia (PL), foram alguns dos artistas que não conseguiram convencer os eleitores. Além deles, os ex-participantes do reality show Big Brother Ariadna (PSB), Adrilles Jorge (PTB) e Marcos Harter (Podemos) também não foram eleitos. 

Adrilles Jorge | Reprodução

A influenciadora Sarah Poncio (Pros), que se aventurou na política pela primeira vez, não conseguiu se eleger deputada estadual pelo Rio de Janeiro. Assim como a filha, o pastor e influenciador Márcio Poncio também não garantiu uma cadeira na Câmara pelo Pros.

Márcio Poncio e Sarah Poncio | Reprodução

 O cirurgião plástico e apresentador brasileiro Roberto Miguel Rey Júnior, também conhecido como Dr. Rey, tentou se eleger deputado estadual em São Paulo e não conseguiu. Como ele, o ator Felipe Folgosi (PL), que se candidatou a vaga de deputado federal por São Paulo, a atriz Lucélia Santos (PSB), candidata da deputada federal pelo RJ, e o ator André Gonçalves, do PV, candidato a deputado estadual pelo Rio, não conseguiram se eleger.

Atores conseguiram poucos votos e não foram eleitos | Reprodução

A ex-paquita da Xuxa, Andréia Sorvetão (Republicanos), também viu adiado o sonho de conseguir uma vaga na Câmara pelo Rio. O cantor do hit Caneta Azul, Manoel Gomes, tentou concorrer a deputado estadual pelo PL no Maranhão, mas obteve poucos votos. Como ele, Joice Hasselmann (PSDB), mulher mais votada em 2018, perdeu o cargo na Câmara por São Paulo, obtendo um pouco mais de 13 mil votos.  

Joice Hasselmann | Reprodução

A jornalista Léo Aquilla (MDB); Kid Bengala (União), famoso pela carreira como ator pornô; e Renata Banhara (Republicanos), conhecida por participar do quadro 'Banheira do Gugu' no passado, não foram eleitores deputados federais por São Paulo. O humorista Pedro Manso tentou o cargo de deputado federal pelo Rio de Janeiro, mas também não alcançou votos suficientes para se eleger. 

Léo Aquilla, Kid Bengala, Renata Banhara e Pedro Manso | Reprodução
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
eleicoes
famosos
ex-atletas
candidatos
câmara
senado
governo
2022

Últimas notícias

Brasil busca recorde de pódios nas Olimpíadas de Paris

Brasil busca recorde de pódios nas Olimpíadas de Paris

Rayssa Leal, Rebeca Andrade, Gabriel Medina e outros atletas podem contribuir para o país a garantir ainda mais medalhas na competição
Vídeo: Parque de Yellowstone nos EUA tem explosão hidrotérmica; entenda

Vídeo: Parque de Yellowstone nos EUA tem explosão hidrotérmica; entenda

Apesar do susto, não houve relatos de feridos no parque, que foi fechado temporariamente
Programa Voa Brasil será lançado nesta quarta, com foco em aposentados do INSS

Programa Voa Brasil será lançado nesta quarta, com foco em aposentados do INSS

Objetivo é oferecer passagens por até R$ 200 cada trecho para “público que atualmente não voa”
Ministério da Justiça arquiva investigação contra Netflix por cobrar por assinante extra

Ministério da Justiça arquiva investigação contra Netflix por cobrar por assinante extra

Secretaria Nacional do Consumidor considerou que os clientes foram devidamente informados sobre cobrança adicional para dividir senha
Agente da Força Nacional é baleado após entrar por engano em comunidade no Rio

Agente da Força Nacional é baleado após entrar por engano em comunidade no Rio

Washington Carlos foi atingido na cabeça na comunidade de Vigário Geral, na zona norte
Boulos diz que Nunes o chamou de "vagabundo" para "agradar padrinho Bolsonaro"

Boulos diz que Nunes o chamou de "vagabundo" para "agradar padrinho Bolsonaro"

Falas do prefeito aconteceram durante convenção do PL que confirmou indicação de coronel da Rota como vice na chapa que busca a reeleição
Justiça extingue ação que contestava escolas cívico-militares em São Paulo

Justiça extingue ação que contestava escolas cívico-militares em São Paulo

Ministério Público e Defensoria Pública alegaram irregularidades em resolução da Secretaria de Educação
Oi, Vivo e TIM são multadas pelo Ministério da Justiça por propaganda enganosa sobre 5G

Oi, Vivo e TIM são multadas pelo Ministério da Justiça por propaganda enganosa sobre 5G

Multas somam quase R$ 5 milhões
União Europeia se compromete a doar R$ 120 milhões ao Fundo Amazônia

União Europeia se compromete a doar R$ 120 milhões ao Fundo Amazônia

Carta de intenções com o BNDES foi assinada nesta terça-feira (23)
Polícia prende vizinho que confessou assassinato de menina de 8 anos em Salvador

Polícia prende vizinho que confessou assassinato de menina de 8 anos em Salvador

Corpo de Aysha Vitória foi encontrado na madrugada desta terça (23); homem quase foi linchado por moradores
Publicidade
Publicidade