Publicidade

Biden mantém pequena vantagem sobre Trump nas eleições dos EUA

Candidato democrata tem, até agora, 119 delegados a seu favor, enquanto o presidente republicano conta com 93

Biden mantém pequena vantagem sobre Trump nas eleições dos EUA
Os candidatos à presidência dos EUA, Joe Biden e Donald Trump
Publicidade
A disputa pela presidência dos Estados Unidos segue apertada. O candidato democrata, Joe Biden, já tem 119 delegados assegurados, enquanto o presidente Donald Trump, rival republicado, conta com 93. 

Até às 23h30 desta 3ª feira (3), Biden tinha vencido em 10 estados americanos, como Vermont, Nova York, Connectcut, New Jersey, Delaware, Maryland, Virginia, Illinois e Novo México. 

Trump, por outro lado, conquistou mais votos em 14 estados, mas que possuem representatividade menor em número de delegados. O presidente venceu a disputa em Wyoming, Nebraska, Dakota do Sul, Dakota do Norte, Oklahoma, Arkansas, Louisiana, Mississipi, Alabama, Tennessee, Kentucky, Indiana, West Virginia e Carolina do Sul. 

A disputa se mostrou acirrada na Flórida, um dos estados considerados chave nas eleições de 2020. Um dos maiores colégios eleitorais do país, com 29 delegados, a Flórida é considerado um estado-pêndulo. Neste ano, a Flórida deve ser um dos estados que pode definir o vencedor da corrida presidencial de 2020.
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
mundo
donald trump
joe biden
eua
eleicoes

Últimas notícias

Recém-chegado da Bahia é morto durante assalto em SP

Recém-chegado da Bahia é morto durante assalto em SP

Jovem foi cercado por quatro criminosos; vítima usava calça de empresa semelhante à de policiais, provável motivo para disparos
ENGANOSO: É enganoso que fundação de Bill Gates tenha financiado pesquisa para tornar gripe aviária transmissível para humanos

ENGANOSO: É enganoso que fundação de Bill Gates tenha financiado pesquisa para tornar gripe aviária transmissível para humanos

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: "Abin paralela" e Bolsonaro no alvo da PF; as gafes de Biden

Brasil Agora: "Abin paralela" e Bolsonaro no alvo da PF; as gafes de Biden

Confira essas e outras notícias desta sexta-feira (12) nas primeiras horas da manhã, com apresentação de Murilo Fagundes e comentários de Iasmin Costa
Sexting: o que é a prática que pode ter levado ao fim namoro de Iza

Sexting: o que é a prática que pode ter levado ao fim namoro de Iza

Pivô da separação diz que não houve encontro, só troca de mensagens entre os dois
Eleições EUA: Trump aparece na frente em relação a Joe Biden nas casas de apostas

Eleições EUA: Trump aparece na frente em relação a Joe Biden nas casas de apostas

Mesmo sendo voltadas, em sua maioria, para apostas esportivas, a disputa entre presidentes tem despertado o interesse de diversos apostadores
Das deepfakes à cobertura colaborativa: desafios do jornalismo na era digital são destaques em Congresso da Abraji

Das deepfakes à cobertura colaborativa: desafios do jornalismo na era digital são destaques em Congresso da Abraji

19º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo começou nesta quinta-feira (11), em São Paulo, com presença do SBT News
Incêndios no Pantanal foram zerados e continuarão sob monitoramento, diz governo no MS

Incêndios no Pantanal foram zerados e continuarão sob monitoramento, diz governo no MS

Satélites do Inpe não registraram novos focos durante as últimas 24 horas
Biden diz que vai concorrer para evitar 'desastre' e confunde própria vice com Trump

Biden diz que vai concorrer para evitar 'desastre' e confunde própria vice com Trump

Em entrevista para reduzir pressão por renúncia, democrata comete nova gafe e mostra convicção sobre ser o mais capacitado na disputa
"Abin paralela": Moraes é citado em mensagens que sugerem tiro na cabeça do ministro

"Abin paralela": Moraes é citado em mensagens que sugerem tiro na cabeça do ministro

Operação que investiga esquema criminoso na Abin cumpriu cinco mandados de prisão nesta quinta
Mulher é resgatada a 80 km da costa do Japão, após 36 horas à deriva no mar

Mulher é resgatada a 80 km da costa do Japão, após 36 horas à deriva no mar

Turista chinesa de 21 anos nadava na praia de Shirahama Ohama quando foi levada pela correnteza; ela foi encontrada duas noites depois
Publicidade
Publicidade