Publicidade

Eletrobras: transição não descarta rever privatização, mas decisão cabe a Lula

GT de Minas e Energia aponta que desestatização contribui para alta de custos do setor de energia

Eletrobras: transição não descarta rever privatização, mas decisão cabe a Lula
Torres de transmissão
Publicidade

O gabinete de transição avalia que a privatização da Eletrobras foi realizada sem levar em consideração uma série de impactos no mercado de energia nacional, e não descarta que o futuro governo atue para rever a medida. A decisão, no entanto, ficará a cargo do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e do futuro ministro de Minas e Energia, afirmou nesta 5ª feira (8.dez) o coordenador executivo do grupo de Minas e Energia da equipe de transição, Mauricio Tolmasquim. Durante a campanha eleitoral, o então candidato Lula chegou a falar em rediscutir as privatizações no setor de energia. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"No relatório, nós estamos apontando todas as consequências da privatização da Eletrobras, que tem impactos em tarifa, porque tem o processo de descotização, tem a questão de poder de mercado, tem uma série de questões estratégicas que a gente está alertando. Agora, o que vai ser feito é decisão do novo ministro, com o presidente da República. Não cabe ao grupo que está fazendo esse diagnóstico tomar essa decisão", declarou Tolmasquim, após ser questionado sobre a possibilidade de reversão da privatização, em entrevista coletiva no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o gabinete de transição em Brasília. 

Uma das medidas previstas na lei que autorizou a desestatização da companhia -- a exigência da instalação de usinas térmicas em regiões que não possuam ponto de suprimento gás natural -- é responsável pela maior parte da "conta" de R$ 500 bilhões que vai ser deixada pelo atual governo, a ser paga pelos consumidores de energia do país, segundo o GT de Minas e Energia. 

+ Equipe de Lula diz que governo vai deixar rombo no setor de energia

"As famosas consequências da privatização da Eletrobras, que foram as emendas colocadas no processo de privatização, que têm um impacto muito grande. Uma delas é a obrigação de contratar termoelétricas inflexíveis, ou seja, termoelétricas que funcionam o tempo todo, em lugares distantes do mercado, e aonde não tem gás, o que soma cerca de R$ 368 bilhões", afirmou Tolmasquim.  

O grupo de trabalho indicou que o futuro governo vai trabalhar para reverter essa previsão específica da lei. "É nossa obrigação fazer toda ação possível, claro que isso vai passar passar pelo Congresso, mas nós acreditamos que o novo Congresso será sensível a essa questão do consumidor, e que a gente possa reverter esse processo tão danoso para o meio ambiente e para o consumidor", concluiu Tolmasquim.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
economia
eletrobras
transição
energia
minas e energia
lula

Últimas notícias

Governo faz proposta de aumento médio de 28% em quatro anos para técnicos em educação

Governo faz proposta de aumento médio de 28% em quatro anos para técnicos em educação

Entre pontos principais da solução apresentada, estão parcelas de reajuste de 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026
Governo precisa confirmar fonte de receita para incluir municípios na reoneração, diz líder

Governo precisa confirmar fonte de receita para incluir municípios na reoneração, diz líder

Segundo relator, líder Jaques Wagner, proposta deve ser atualizada e votação sai na próxima semana
Governo federal suspende leilão para a compra de arroz importado

Governo federal suspende leilão para a compra de arroz importado

Pregão havia sido autorizado para evitar a alta de preços do produto depois das enchentes no Rio Grande do Sul
Tragédia no RS: Morte por leptospirose é confirmada em Venâncio Aires, segunda no estado

Tragédia no RS: Morte por leptospirose é confirmada em Venâncio Aires, segunda no estado

Vítima tinha 33 anos e teve contato com água de inundação
Lira vai criar dois grupos de deputados para avaliar regras da reforma tributária

Lira vai criar dois grupos de deputados para avaliar regras da reforma tributária

Na expectativa do parlamentar, novo formato deve permitir conclusão de votações na Câmara antes do fim do primeiro semestre
Milionário, cantor sertanejo, está internado após AVC

Milionário, cantor sertanejo, está internado após AVC

Artista da dupla com José Rico está consciente e se comunica com familiares
Comissão aprova proibição de recursos públicos a eventos esportivos sem igualdade entre gêneros

Comissão aprova proibição de recursos públicos a eventos esportivos sem igualdade entre gêneros

Projeto de Lei recebeu parecer favorável da senadora Janaína Farias (PT-CE) e segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)
Alexandre de Moraes usa o termo “burrice” durante julgamento de Zambelli e do hacker Delgatti

Alexandre de Moraes usa o termo “burrice” durante julgamento de Zambelli e do hacker Delgatti

Por unanimidade, a Primeira Turma do STF aceitou, nesta terça-feira (21), a denúncia do MPF contra os dois acusados de invasão a sistemas do Judiciário
STF livra José Dirceu de cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro

STF livra José Dirceu de cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro

Por 3 votos a 2, ministros da 2ª Turma consideraram que a possibilidade de punição pelos crimes prescreveu
Espanha retira embaixadora em Buenos Aires após atrito com Milei

Espanha retira embaixadora em Buenos Aires após atrito com Milei

Desentendimento começou após presidente argentino dizer que o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, tem uma esposa corrupta
Publicidade
Publicidade