Publicidade

Caixa lança curso sobre parcerias público-privadas e concessões

O banco também abriu chamada pública para projetos no setor de iluminação pública

Caixa lança curso sobre parcerias público-privadas e concessões
fachada caixa econômica federal
Publicidade

A CAIXA lançou nesta 5ª feira (29.set) um curso gratuito de capacitação sobre parcerias pública-privadas (PPPs) e também concessões. Podem participar servidores públicos municipais e estaduais de todo o país.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O curso está disponível na plataforma da Escola Virtual de Governo da ENAP e tem quatro módulos. Além disso, a carga horária é de 30 horas e os aprovados na avaliação de aprendizagem vão receber o certificado de conclusão.

Na prática

A CAIXA informou que o curso utiliza casos de projetos "desenvolvidos no Brasil e no mundo para apresentar, de forma técnica, didática e dinâmica, experiências reais que demonstram e reforçam o papel das parcerias público-privadas como instrumento de solução para os desafios de criação e operação de infraestruturas enfrentados pela gestão pública".

E ainda, os participantes vão conhecer "todo o processo de estruturação de uma PPP, desde a fase inicial de identificação de oportunidades, avaliação de projetos, aprovação de estudos técnicos, jurídicos e fiscais até etapas como consulta e audiência pública, aprovação dos órgãos de controle, desenvolvimento do edital, realização do leilão e assinatura do contrato".

O servidor público interessado em fazer o curso deve acessar o portal da Escola Virtual de Governo da ENAP.

Iluminação pública

Também nesta 5ª feira (29.set), a CAIXA abriu chamada pública para projetos no setor de iluminação pública. O prazo de inscrição vai até o dia 11 de novembro. De acordo com a CAIXA, os projetos para parcerias público-privadas "tem como público-alvo os municípios com mais de 80 mil habitantes e consórcios intermunicipais, que podem fazer propostas que contemplem de dois a 30 municípios, cuja população somada supere 100 mil habitantes", explicou em nota.

Terão prioridade "as propostas que beneficiem aglomerações urbanas interligadas, com maior população beneficiada, maior consumo de energia por ponto de luz e maiores taxas de mortes violentas na atualidade", informou o banco.

Outra orientação da CAIXA é que "o município ou consórcio de municípios deverá enviar a proposta pelo portal www.concessoes.caixa.gov.br e a CAIXA, após análise, divulgará a lista de habilitados".

Por fim, ressalta que as PPPs deverão trocar as atuais lâmpadas por LED nos dois primeiros anos de vigência do contrato. A mudança pode resultar em uma redução de mais de 50% no valor da conta de energia elétrica com iluminação pública do município.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
caixa
servidor público
parceria público-privada
iluminação pública
capacitação profissional
energia elétrica
chamada pública
concessões

Últimas notícias

Suas publicações do Instagram, WhatsApp e Facebook vão treinar a inteligência artificial da Meta; saiba como evitar

Suas publicações do Instagram, WhatsApp e Facebook vão treinar a inteligência artificial da Meta; saiba como evitar

A inteligência artificial generativa Meta AI terá acesso as fotos e legendas compartilhados publicamente nas redes sociais da big tech
Senador do MS cobra rapidez contra incêndios no Pantanal: "Do contrário, o tempo vai nos vencer"

Senador do MS cobra rapidez contra incêndios no Pantanal: "Do contrário, o tempo vai nos vencer"

Nelsinho Trad (PSD-MS) disse que trabalha para acelerar tramitação de projeto de lei que institui Política Nacional de Manejo Integrado do Fogo
Fogo destrói ônibus e caminhão-baú na zona oeste de SP

Fogo destrói ônibus e caminhão-baú na zona oeste de SP

Veículos estavam no estacionamento de empresa na Barra Funda; ninguém se feriu
SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

Fernando Sastre Filho está preso pela morte de condutor de aplicativo após colisão na zona leste da capital paulista, em março
WikiLeaks posta foto de Julian Assange antes de assinar acordo com EUA

WikiLeaks posta foto de Julian Assange antes de assinar acordo com EUA

Jornalista australiano fundou plataforma que publicou milhares de documentos confidenciais dos Estados Unidos e estava preso na Inglaterra desde 2019
Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Mulher estava desaparecida há oito dias; ela saiu de Piracicaba, no interior de SP, e foi para o Mato Grosso do Sul
Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Policial foi morto com tiros da própria arma durante briga na zona leste de SP; dono do local também foi detido
Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Mendonça Filho (União Brasil-PE) quer reverter mudanças feitas pelo Senado no texto e que votação ocorra antes do recesso parlamentar
André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

O ministro, que já compõe a corte eleitoral como substituto, ocupará a cadeira deixada por Alexandre de Moraes
Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Foram necessárias 16 equipes do Corpo de Bombeiros para combater as chamas; ninguém se feriu na tragédia
Publicidade
Publicidade