Publicidade

Congresso derruba veto de Lula ao marco temporal das terras indígenas

Presidente havia vetado trechos de projeto que dispõe sobre reconhecimento, a demarcação, o uso e a gestão de terras indígenas

Congresso derruba veto de Lula ao marco temporal das terras indígenas
Publicidade

O Congresso Nacional derrubou, nesta quinta-feira (14.dez), o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à adoção do marco temporal das terras indígenas no Brasil.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A derrubada foi promovida por deputados e senadores, em sessão conjunta. No total, houve 374 votos a favor e 156 contrários ao veto.

Segundo o governo, este era necessário por causa da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que considerou inconstitucional a tese do marco temporal.

A tese estabelece que a demarcação dos territórios indígenas deve respeitar apenas a área ocupada pelos povos originários até a data da promulgação da Constituição, em 5 de outubro de 1988.

De forma mais específica, Lula havia vetado um trecho da Lei 2903/2023 que promove a adoção do marco temporal. A norma trata do reconhecimento, da demarcação, do uso e da gestão de terras indígenas. Em relação a outros trechos dela que o presidente também tinha vetado, o veto foi mantido pelo Congresso - devido a um acordo firmado entre governo e oposição.

Na sessão do Congresso, antes da conclusão da votação sobre o trecho do marco temporal, o líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (AP), afirmou que o tema do marco já havia sido "pacificado" pela Constituição de 1988.

"O direito dos povos originários e o direito à posse da terra foi consolidado há 35 anos no texto constitucional. Isso foi consagrado pela Suprema Corte, recentemente, em julgamento com o voto da ampla maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Há uma insistência em um tema recorrente que não há dúvida sobre a temporalidade da demarcação dos territórios indígenas", acrescentou.

Randolfe ainda alertou que a retirada do veto poderá ser revertida pelo Judiciário: "Não há dúvida sobre o que está consagrado e resolvido sob o STF. Esse é um tema que nós estamos decidindo após o Supremo já ter tomado uma decisão. Que por óbvio a decisão daqui virá por obra de qualquer ação, de qualquer uma das entidades representativas dos povos originários, será derrubada".

Veja também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
congresso
derrubada
veto
lula
marco temporal
projeto
trechos
lei

Últimas notícias

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Morre integrante da Força Aérea americana que ateou fogo ao próprio corpo

Ato foi realizado em crítica à ofensiva israelense na Faixa de Gaza, iniciada em outubro de 2023, dizem autoridades
Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Galaxy Ring deve ser lançado no fim do ano, diz Samsung

Dispositivo vestível consegue analisar dados de saúde, como sono, frequência cardíaca e precisa funcionar integrado ao smartphone Galaxy S24
RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

RJ: Acidente com ônibus deixa 25 feridos na Baixada Fluminense

Bombeiros afirmam que cinco pessoas estão em estado grave; Vítimas foram levadas para unidades municipais em Itaguaí
Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Crise Americanas: Empresa tem prejuízo de R$ 4,6 bi em nove meses de 2023

Apesar dos resultados negativos, companhia disse que superou o momento mais difícil desde que entrou em recuperação judicial. Relembre o caso
Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Policiais são investigados por tráfico de armas em Salvador

Eles apreenderam quatro fuzis que estavam de posse de criminosos, mas não apresentaram os armamentos em unidade da Polícia Civil
Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Helicóptero faz resgate cinematográfico no Rio; veja

Mulher havia quebrado a perna na Pedra do Telégrafo; local é de difícil acesso
Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Cantor sertanejo é assassinado a tiros após ter casa invadida no interior de São Paulo

Polícia Civil investiga homicídio do integrante da dupla 'Wesley e Gustavo'; suspeito foi capturado em Minas Gerais
Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Musk quer concorrer com serviço de email Gmail e sugere Xmail

Anuncio aconteceu em meio a uma onda de desinformação contra o serviço de mensagens do Google
Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Pai acusa creche de omissão após bebê voltar para casa com marcas de mordida no Rio

Ele afirma que a menina foi mordida e machucada por pelo menos dois colegas e monitora não prestou socorro
Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

Aliados de Bolsonaro chamam ato na Paulista de “momento histórico”; Base de Lula avalia como afronta à democracia

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann fez duras críticas ao ex-presidente; já Coronel Telhada chamou Bolsonaro de estadista
Publicidade
Publicidade