Publicidade

Deputados governistas voltam a sondar Tereza Cristina para presidente da Câmara

Ministra da Agricultura teria vantagem na disputa por não ter as mesmas acusações que Arthur Lira (PP-AL) e ser do mesmo partido que Rodrigo Maia

Deputados governistas voltam a sondar Tereza Cristina para presidente da Câmara
A ministra Tereza Cristina, nome cogitado para disputar a Presidência da Câmara. Foto: Sandro Pereira/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Publicidade
A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, voltou a ser procurada por deputados próximos ao governo para que avalie a possibilidade de concorrer à Presidência da Câmara. Tereza é deputada e licenciou-se do cargo para assumir o ministério; em tese, pode voltar à Câmara para assumir o mandato de congressista.

O nome de Tereza já vinha sendo especulado, mas perdeu força depois de um aceno do presidente Jair Bolsonaro a Arthur Lira (PP-AL), um dos pré-candidatos à sucessão de Rodrigo Maia. Em viagem a Alagoas, Bolsonaro citou Lira em um compromisso público, dizendo que ele só não estava presente porque havia sido contaminado pelo coronavírus. Também lhe fez um elogio público, dizendo que ele sempre trabalhou e ajudou o Planalto na articulação dentro da Câmara.

Lira segue como nome cotado para a Presidência da Câmara. Disputa espaço com o atual presidente Rodrigo Maia, que busca articular a própria sucessão - talvez se reelegendo, se o Supremo Tribunal Federal (STF) o permitir.

O nome de Tereza Cristina voltou a ser considerado porque os parlamentares que apoiam o governo acreditam que é importante ter mais de um nome e saber qual o mais viável para derrotar o grupo de Rodrigo Maia.

O argumento é que a ministra enfrentaria menos resistência, porque Arthur Lira é réu em dois processos no STF, incluindo uma ação sobre o desvio de recursos da Petrobras, o que causaria um constrangimento para os aliados incisivos no discurso contra a corrupção. Também pesa a favor de Tereza Cristina o fato de ela ser do Democratas, mesmo partido de Maia, o que a habilitaria para conquistar apoios que hoje são do atual presidente da Casa.

As articulações passam também pelo STF. A Corte começou a julgar nesta 6ª feira (4.dez) se Maia e Davi Alcolumbre, presidente do Senado, podem concorrer à reeleição. Até agora, pelo plenário virtual, o placar é de 4 votos a 2 para autorizar a reeleição de Maia.
Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
congresso
nathalia-fruet
tereza cristina
rodrigo maia
camara
presidencia da camara
democratas
arthur lira

Últimas notícias

Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio chega a R$ 47 milhões

Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio chega a R$ 47 milhões

Prêmio acumulado será sorteado no sábado (15)
Brasília tem manifestação contra PL que equipara aborto ao crime de homicídio

Brasília tem manifestação contra PL que equipara aborto ao crime de homicídio

Grupo se reuniu em frente ao Museu Nacional da República, na Esplanada dos Ministérios, na noite desta quinta (13)
Mulher fica sem roupa em aeroporto após ser impedida de embarcar; veja vídeo

Mulher fica sem roupa em aeroporto após ser impedida de embarcar; veja vídeo

Ela estava prestes a pegar um voo de volta para o Vietnã quando se revoltou e tirou as roupas
Vítimas de violência doméstica serão prioridade em cirurgia reparadora no SUS

Vítimas de violência doméstica serão prioridade em cirurgia reparadora no SUS

A atualização na Lei Maria da Penha já garantia o direito ao procedimento e, agora, assegura a preferência na fila de espera
Na contagem regressiva para as Olimpíadas, atletas revelam ansiedade para as competições

Na contagem regressiva para as Olimpíadas, atletas revelam ansiedade para as competições

São 241 vagas garantidas para o Brasil e 219 atletas já estão classificados, sendo 127 mulheres, 85 homens e sete pessoas do hipismo, com gênero a definir
Yasmin Aparecida: família cai em golpe e perde R$ 2 milhões arrecadados para tratamento

Yasmin Aparecida: família cai em golpe e perde R$ 2 milhões arrecadados para tratamento

Menina de 11 anos foi diagnosticada com neuroblastoma -- um tipo de câncer raro, que cresce em partes do sistema nervoso ou nas glândulas adrenais
Número de refugiados no Brasil mais que dobrou em um ano, diz Ministério da Justiça

Número de refugiados no Brasil mais que dobrou em um ano, diz Ministério da Justiça

Segundo o órgão, a maioria é de origem venezuelana
Pacheco diz que aborto é diferente de homicídio e defende discussão longa no Senado

Pacheco diz que aborto é diferente de homicídio e defende discussão longa no Senado

Presidente da Casa negou possibilidade de que projeto passe com urgência, se chegar para análise dos senadores
Críticas contra PL que iguala aborto a homicídio invadem redes sociais

Críticas contra PL que iguala aborto a homicídio invadem redes sociais

Hashtags #PLdoEstuproNão e #CriançaNãoÉMãe ficaram entre os assuntos mais comentados do X nesta quinta (13)
Deputadas de esquerda e de direita debatem aborto após estupro

Deputadas de esquerda e de direita debatem aborto após estupro

Discussão entre Sâmia Bomfim (PSOL-SP) e Franciane Bayer (Republicanos-RS) ocorre em meio a aprovação da urgência de projeto de lei na Câmara sobre o tema
Publicidade
Publicidade