Publicidade

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"
Publicidade

Quase 50 mil gaúchos obrigados a abandonar as casas por causa das inundações permanecem em abrigos no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, a maior parte dos locais improvisados são mantidos com doações e o trabalho de centenas de voluntários.

A presidente da ONG Corrente do Bem, Jessica Almeida, conta que não deu tempo de planejar nada para os abrigos, só de acolher quem perdeu tudo. “Quando a gente abriu a escola, 30 minutos depois, já chegou o primeiro casal de idosos molhados, todos encharcados. E duas horas depois, um ônibus cheio de gente”, revela.

A escola estadual usada pela ONG é um dos 140 abrigos em Porto Alegre. “Eu teria pra onde ir, mas não quero incomodar e também não gasta nada”, diz o vigilante Luís Roberto da Costa, um dos abrigados do local.

Os colchões, cobertores, roupas, alimentos dos locais vieram de doações. Diante do improviso, também surgiram situações difíceis: são apenas dois chuveiros elétricos para o banho de 270 pessoas. Além disso, de vez em quando, eles param de funcionar pelo uso em excesso, exatamente como aconteceu nesta terça-feira (28), dia em que fez apenas 10º na cidade.

A Mari Mercanti, vice-presidente da Corrente do Bem, é uma das voluntárias que coordena o trabalho. Segundo ela, só há poucos dias, a prefeitura passou a fornecer marmitas e atendimento médico. “Nós temos duas veterinárias que foram contratadas pela prefeitura, mas ainda é muito pouco comparado ao que a gente precisa, assim”, relata.

Dos abrigos da cidade, 80% são mantidos por instituições e por voluntários. Com o recuo da enchente, aos poucos, o número de pessoas dispostas a trabalhar de maneira voluntária diminuiu.

“A gente precisa de mais pessoas, a gente precisa de mais braços para conseguir tocar essa ação, para a gente conseguir seguir ajudando o próximo, porque a gente já está exausto, estamos esgotados”, reforça Jessica Almeida.

Em Canoas, na região metropolitana, mais de 20 mil pessoas permanecem nos abrigos. A cidade ainda tem 12 moradores desaparecidos, o maior número no estado.

Na casa da Rejane Bum, é difícil até identificar os móveis. Ela conta que tudo está fora do lugar. A marca na parede da sala de TV revela a força da água. “Gente que já tem uma certa idade, já viu muita coisa, né? Vai ficar calejado, mas enfim... Se não tivesse, nem estaria aqui. Mas eu ainda tenho casa, né? E isso já fortalece muito a gente”, conta a aposentada.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Rio Grande do Sul
Chuva
Temporal
Alagamento
Porto Alegre
ajuda humanitária
Doação

Últimas notícias

Rio Grande do Sul deve enfrentar novos temporais ao longo desta semana

Rio Grande do Sul deve enfrentar novos temporais ao longo desta semana

Bloqueio atmosférico ainda impede o avanço de frentes frias pelo interior do país
Criança argentina está em estado grave após acidente no Autódromo de Interlagos

Criança argentina está em estado grave após acidente no Autódromo de Interlagos

Lorenzo Somaschini participava de treino de um dos campeonatos de motociclismo mais importantes da América do Sul quando caiu
Brasil não assina manifesto que defende “integridade territorial” da Ucrânia como base para paz

Brasil não assina manifesto que defende “integridade territorial” da Ucrânia como base para paz

Oitenta países concordaram com o documento após negociações durante Cúpula da Paz, realizada neste fim de semana, na Suíça
Tempestade destelha casas, escolas e secretaria de Saúde no RS

Tempestade destelha casas, escolas e secretaria de Saúde no RS

Defesa Civil do estado classificou o fenômeno na cidade de São Luiz Gonzaga como uma "microexplosão"
Atirador fere nove pessoas e deixa criança em estado crítico após ataque nos EUA

Atirador fere nove pessoas e deixa criança em estado crítico após ataque nos EUA

Suspeito, de 42 anos, foi encontrado morto dentro de casa
Receita Federal organiza leilão de iPhone e produtos Apple com lance a partir de R$ 20 mil

Receita Federal organiza leilão de iPhone e produtos Apple com lance a partir de R$ 20 mil

No lote tem vários modelos de iPhone, iPad, Apple Watch, além de videogames PlayStation 5 e celulares da Xiaomi; saiba como dar seu lance
Polícia faz busca e apreensão contra motorista que atirou em carro por briga de trânsito em Boituva

Polícia faz busca e apreensão contra motorista que atirou em carro por briga de trânsito em Boituva

Discussão começou após uma ultrapassagem entre os veículos, seguida de uma colisão, na rodovia Castelo Branco, no interior de SP
Incêndio no Parque do Itatiaia: Corpo de Bombeiros não tem previsão para controle das chamas

Incêndio no Parque do Itatiaia: Corpo de Bombeiros não tem previsão para controle das chamas

Semana seria de comemorações já que, na quinta-feira (13), o local completou 87 anos; combate ao fogo chega a 48 horas
Após post de Elon Musk, rumor aponta para criação de um "celular X" em parceria com a Samsung

Após post de Elon Musk, rumor aponta para criação de um "celular X" em parceria com a Samsung

Rumores surgiram após bilionário dono da Tesla e SpaceX responder a uma publicação nas redes sociais; empresa coreana não se manifestou
Enem 2024: inscrição é reaberta para moradores do Rio Grande do Sul

Enem 2024: inscrição é reaberta para moradores do Rio Grande do Sul

Estudantes do estado não vão precisar pagar a taxa de inscrição; governo estudo nova data para a aplicação da prova
Publicidade
Publicidade