Publicidade

Portela ganha Estandarte de Ouro como melhor escola do carnaval 2024

Estácio da Sá conquistou o título na Série Ouro e o abre-alas da escola Arranco do Engenho de Dentro levou o prêmio Fernando Pamplona

Portela ganha Estandarte de Ouro como melhor escola do carnaval 2024
Publicidade

Segunda escola a desfilar na segunda-feira (12), a Portela foi eleita a melhor escola do Grupo Especial pelo júri do Estandarte de Ouro 2024. A agremiação levou para a Avenida o enredo "Um defeito de cor", a partir do romance homônimo de Ana Maria Gonçalves.

O tema é uma reflexão sobre a história das "negras mães de todos nós", através da trajetória de uma matriarca negra. As perguntas que o enredo faz são: "Por que somos? Por que assim fazemos? Por quem lutamos? Em memória do que?"

Todas as escolas do Grupo Especial podem concorrer as 15 categorias, que são: escola, bateria, ala de passistas, samba-enredo, enredo, comissão de frente, inovação, personalidade, ala, baianas, puxador, revelação, mestre-sala, porta-bandeira e destaque do público. 

Uma nova categoria passou a integrar a premiação da Série Ouro neste ano, a categoria Fernando Pamplona. Anteriormente, as 16 agremiações concorriam apenas a melhor escola e melhor samba-enredo. O principal objetivo da mudança é privilegiar as agremiações com menos recursos e estimular a criatividade dos artistas do acesso.

Com objetivo de valorizar os novos compositores, samba-enredo reeditado não entra na disputa da categoria. Por isso, esse ano, fica de fora o da Vila Isabel "Gbalá, Viagem ao templo da criação", de Martinho da Vila.

Já houve caso de um samba reeditado levar o prêmio, como em 2004, com "Aquarela Brasileira", de Silas de Oliveira, no Império Serrano.

Premiação na Série Ouro

Após a segunda noite de desfiles da Série Ouro, a Estácio de Sá conquistou o Estandarte de Ouro nas categorias mais cobiçadas do grupo. Os avaliadores afirmaram que o samba-enredo contribuiu muito para os prêmios. Na categoria Fernando Pamplona, entregue às escolas que fazem melhor uso de material barato e com bom efeito foi para o abre-alas da escola Arranco do Engenho de Dentro.

A Estácio passou por tensão nos últimos minutos do desfile, no domingo (11). O portão fechou aos 56 minutos, um a mais do que o máximo estipulado pelo regulamento. Além do atraso, a escola enfrentou uma falha no sistema de som, por alguns segundos, nos 15 minutos iniciais. A agremiação, mesmo penalizada no dia da apresentação, não deu falta dos pontos para conquistar os prêmios.

A Arranco do Engenho de Dentro foi condecorada na categoria Fernando Pamplona pelo uso criativo de caixas e bulas de remédio na decoração, coletadas dos Centros de Atendimento Psicossocial da Prefeitura do Rio de Janeiro. Os juradores justificaram que o alinhamento entre a utilização dos produtos reciclados com o enredo fez com que a escola se destacasse na Avenida.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Carnaval
Escola de Samba
Rio de Janeiro

Últimas notícias

Google oferece vagas de trabalho no Brasil; saiba como se inscrever

Google oferece vagas de trabalho no Brasil; saiba como se inscrever

Postos estão nos escritórios de São Paulo (SP), no novo Centro de Engenharia que abre em 2026, e em Belo Horizonte (MG)
Navios de guerra e submarino nuclear da Rússia chegam a Cuba para exercícios navais

Navios de guerra e submarino nuclear da Rússia chegam a Cuba para exercícios navais

Incursão militar acontece pouco depois dos EUA autorizarem a Ucrânia a usar armas fornecidas pelo país para atacar territórios russos
Complexo da Maré: Fachin determina que Castro explique operação

Complexo da Maré: Fachin determina que Castro explique operação

Ação para localizar envolvidos em roubos nas vias expressas da cidade terminou com três mortos, entres eles, um policial
O que é coqueluche, doença que voltou apresentar casos no Brasil?

O que é coqueluche, doença que voltou apresentar casos no Brasil?

Conhecida também como tosse convulsa, é uma doença respiratória altamente contagiosa
Presidente da Anatel fala ao Perspectivas sobre combate a ligações abusivas e ações contra pirataria; assista

Presidente da Anatel fala ao Perspectivas sobre combate a ligações abusivas e ações contra pirataria; assista

Carlos Baigorri também conversa com a jornalista Paola Cuenca sobre 5G, apoio à Justiça em ações e desinformação sobre papel da agência
Maquiadora de Djidja Cardoso diz à polícia que não faz parte de "seita"

Maquiadora de Djidja Cardoso diz à polícia que não faz parte de "seita"

Suspeita prestou depoimento em delegacia de Manaus; ela já havia sido presa em maio, mas foi solta para cuidar do filho
STF retoma julgamento da revisão do FGTS nesta quarta (12); entenda

STF retoma julgamento da revisão do FGTS nesta quarta (12); entenda

A ação tem importância fiscal para o governo; placar está 3 a 0 pelo cálculo de rendimentos equiparável ao da poupança
RJ: Professora é presa em flagrante por racismo contra aluna

RJ: Professora é presa em flagrante por racismo contra aluna

Menina tem apenas 8 anos de idade e, segundo a família, a docente já cometeu outros ataques
Setor de serviços cresce 0,5% em abril e tem segunda alta mensal seguida, diz IBGE

Setor de serviços cresce 0,5% em abril e tem segunda alta mensal seguida, diz IBGE

Responsável pela maior parte do PIB brasileiro, avanço ocorreu em 19 estados e no Distrito Federal
Marcelinho Carioca tem apartamento de mais de R$ 1 milhão leiloado por R$ 672 mil

Marcelinho Carioca tem apartamento de mais de R$ 1 milhão leiloado por R$ 672 mil

Dívidas do ex-jogador de futebol com o condomínio, em São Paulo, passa de R$ 2 milhões
Publicidade
Publicidade