Publicidade

Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Região do Rio Grande do Sul lida com dificuldades por aumento do nível das águas. Em outros locais, população enfrenta situação de frio

Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”
Cidades do Rio Grande do Sul lidam com impacto da elevação das águas por chuvas | Comunicação/MPA
Publicidade

A tragédia climática provocada pelas chuvas no Rio Grande do Sul segue em impacto para diferentes cidades gaúchas. Em Pelotas, os ventos diminuíram e houve elevação do nível das águas, com situações adversas para os pescadores que vivem na colônia banhada pela Lagoa dos Patos e não conseguiram salvar nada.

+ Campanha do SBT 'Juntos pelo Rio Grande do Sul' bate recorde em volume de doações

Cláudia Rodrigues conta que a pesca é a forma de sobrevivência da comunidade e que a situação é inédita no local. “Nós vivemos da pesca há muito tempo, e nós nunca havíamos visto [um impacto dessa forma]. .Claro que não é só a gente que está sofrendo, metade do povo gaúcho está sofrendo com isso, mas é uma imensidão horrível de água”, relata a pescadora.

A quase 500 km, moradores de Santa Maria lidam com o frio. Neste sábado (25), a mínima da cidade marcou 8ºC, fazendo com que moradores busquem o calor do fogo dentro de casa e saiam apenas com muito agasalho. “O cara tem que sair bem encasacado, com chimarrão. Não adianta, o gaúcho tem que andar com isso mesmo. O mate é aliado”, afirma o pedreiro Henrique dos Santos.

Na mesma cidade, a agricultora Marilucia Puchale destaca a convivência com dias mais frios, mas afirma que a condição climática é melhor do que enfremtaram nos dias chuvosos: “A temperatura caiu bastante, mas é melhor o frio do que a chuva”.

Com temperatura mais intensa, uma das necessidades das pessoas que perderam casas está ligada à doações de agasalhos. Mais de 55 mil pessoas estão em abrigos em todo o Rio Grande do Sul, entre crianças e idosos.

“Roupa de inverno, principalmente masculina e em tamanhos maiores é uma dificuldade. Assim como calçados, a partir do número 38. Para os homens é o que mais falta. Além de comidas perecíveis, carne, que a gente está chamando de proteína. Tem dias que a marmita tem, e tem dias que não”, explica Carla Floriano, coordenadora de um abrigo em Santa Maria.

Na cidade de Canoas, na região metropolitana, a água começou a baixar e houve liberação do acesso ao dique da Mathias Velho - um dos bairros mais afetados. Uma aeronave da Força Aérea Brasileira chegou na cidade neste sábado, com 75 purificadores de água doados pelo governo japonês.

Em meio aos desafios, a população lida ainda com a preocupação por contaminação da água. O laboratório central do Rio Grande do Sul analisa mais de 800 casos suspeitos de leptospirose. Ao todo, foram mais de mil notificações pela doença no estado, com 54 casos e quatro mortes confirmadas.

+ Mais duas mortes por leptospirose são confirmadas no RS

A doença é transmitida principalmente pelo contato com águas contaminadas. Em situações de possibilidade da doença, é necessário ficar atento aos sintomas como diarreia, dores em articulação, tosse e até hemorragia.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Brasil
Rio Grande do Sul
Chuva

Últimas notícias

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Dez trabalhadores são regatados pela PF em situação análoga a escravidão no Mato Grosso do Sul

Ação durou pouco mais de duas semanas em propriedades rurais na região do Pantanal
Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Deputada cassada por fazer harmonização com dinheiro público diz que provas foram forjadas

Silvia Waiãpi é acusada de utilizar recursos do Fundo Campanha para pagar o procedimento. Confira entrevista ao Poder Expresso
Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Governo define regras mais rígidas para distribuidoras de energia

Segundo as novas normas, a satisfação do consumidor será um dos critérios de avaliação
Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Polícia do DF prende suspeitos de chefiar quadrilha que realizava falsos sequestros

Segundo as investigações, o grupo atuava em 15 estados
Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

Vídeo: deputada é flagrada derramando água dentro da bolsa de colega nos EUA

"Por cinco meses, passei por isso", desabafou parlamentar que teve a bolsa encharcada
Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Polícia Federal prende quadrilha suspeita de fraudes bancárias

Prisões foram em cinco diferentes cidades do estado de São Paulo
Dólar atinge R$ 5,46, maior valor em um ano e meio

Dólar atinge R$ 5,46, maior valor em um ano e meio

Alta acontece após críticas do presidente Lula à decisão do Copom de manter taxa de juros
Idosa de 105 anos recebe seu diploma de mestrado 83 anos após iniciar os estudos

Idosa de 105 anos recebe seu diploma de mestrado 83 anos após iniciar os estudos

Virginia precisou largar os estudos para casar com seu namorado da época, que foi chamado para servir na Segunda Guerra Mundial
Ronnie Lessa passa 1ª noite em presídio de SP, onde será monitorado dia e noite

Ronnie Lessa passa 1ª noite em presídio de SP, onde será monitorado dia e noite

Assassino confesso de Marielle Franco, em 2018, foi transferido de presídio federal em MS, como benefício da delação
Toffoli abre terceira via e STF adia decisão sobre descriminalização da maconha

Toffoli abre terceira via e STF adia decisão sobre descriminalização da maconha

Para o ministro, o porte da erva para consumo próprio já não tem natureza criminal. Julgamento continua na próxima terça (26)
Publicidade
Publicidade