Publicidade

Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias

Segundo a empresa, a suspensão é "para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação" do caso

Após morte de Joca, Gol suspende transporte de cães e gatos por 30 dias
Publicidade

A companhia aérea Gol anunciou, nesta terça-feira (23), a suspensão do transporte de cães e gatos nos porões das aeronaves por 30 dias. A medida decorre da morte do cachorro Joca, da raça Golden Retriever, que embarcou para o destino errado devido a uma falha operacional da empresa. Segundo a Gol, o transporte na nas cabines dos aviões continua em funcionamento.

"Para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação deste evento, a Gol suspendeu por 30 dias (a partir desta quarta-feira, 24/04, até 23/05) a venda do serviço de transporte de cães e gatos pela GOLLOG Animais e pelo produto Dog&Cat + Espaço, para viagens realizadas no porão da aeronave", declarou a empresa, em nota publicada em seu site. "O serviço Dog&Cat Cabine, para clientes que levam seus pets na cabine do avião, não sofrerá nenhuma alteração", complementou a Gol.

A empresa informa que, para quem contratou o serviço de transporte nos porões entre 24 de abril e 23 de maio, haverá restituição total do valor. De acordo com a Gol, o reembolso é garantido também para passageiros que contrataram o serviço "Dog&Cat + Espaço", não abrangido pela suspensão. Essa modalidade destina-se ao transporte, na cabine, de cães e gatos com peso entre 10kg e 30kg. Nesse caso, o passageiro pode optar, inclusive, pela devolução da passagem e restituição integral do valor.

Se o passageiro preferir, afirma a Gol, é possível ainda postergar a viagem para depois de 23 de maio, em voos até 31 de dezembro de 2023. "Aqueles clientes que se encontram no destino de sua viagem e possuem um dos serviços restritos contratados para a volta serão atendidos se assim desejarem", conclui a Gol, na nota.

O caso

O cão Joca morreu após "uma falha operacional" da Gollog, empresa de transporte de carga da Gol, nessa segunda-feira (22). O cachorro deveria ter sido levado do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) para Sinop, em Mato Grosso, onde encontraria com o tutor, mas foi parar em Fortaleza, Ceará.

+ Cachorro morre após ser enviado para destino errado pela Gol

Segundo a companhia aérea, o tutor foi notificado do ocorrido assim que chegou a Sinop e decidiu voltar para Guarulhos para reencontrar o cachorro, que foi enviado de volta em outro voo. Contudo, o animal de estimação chegou morto ao aeroporto internacional.

Os tutores de Joca acusam a companhia aérea de negligência. Em vídeo publicado no Instagram, Giovanna Fantazzini, irmã de João Fantazzini, tutor do animal, afirmou que o Golden, ao chegar em Fortaleza, foi deixado dentro da caixa de transporte, na pista, sob o sol.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Cachorro
Gol
Avião
Morte
Aeroporto

Últimas notícias

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

JBS deverá indenizar família de funcionário morto após sair do trabalho, decide TST

Para a corte, a empresa negligenciou condições adequadas de transporte a trabalhador assassinado enquanto pedalava para casa de madrugada
VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

VÍDEO: clientes têm celulares roubados durante arrastão em restaurante de Pinheiros (SP)

Imagens da câmera de segurança registraram o momento em que um criminoso, armado, abordou um funcionário na rua e entrou com ele no estabelecimento
VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

VÍDEO: Tornados deixam 25 mortos em dois dias nos EUA

Americanos registraram chegada dos ventos e estragos deixados nas cidades. Novas tempestades devem ocorrer na noite desta terça (28)
Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Frente Nacional de Prefeitos se mobiliza para a compra de medicamentos no RS

Secretário da Frente Nacional dos Prefeitos fala ao programa Perspectivas do SBT News
Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Novo ataque de Israel a acampamento de refugiados em Rafah deixa ao menos 21 mortos

Ataque aconteceu enquanto manifestantes, em várias partes do mundo, ainda protestavam contra as 45 mortes provocadas por bombardeio no domingo
Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Covid-19 já matou mais que a dengue no Brasil em 2024

Principais vítimas da covid-19, segundo o Ministério da Saúde, são pessoas que não se vacinaram ou que não completaram o ciclo de imunização
Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Presidente da Câmara disse que decisão foi confirmada pelas empresas Amil e Unimed
Publicidade
Publicidade